Respeitando as Leis

Lombada

Leis foram feitas para serem cumpridas, muitos dos problemas de nosso país seriam resolvidos apenas se as leis fossem respeitas, não me refiro apenas aos governantes, mas a população em geral. Esta semana a Rede Globo levou ao ar no programa a Grande Família um episódio que mostrou o que acontece quando um quebra-molas (lombada) é instalado irregularmente em algum local, pena que se esqueceram de mostrar por que motivo ele estava irregular. Em primeiro lugar um quebra-molas só deve ser instalado onde existe grande fluxo de pedestres, em segundo lugar não deve ser instalado em subidas ou descidas, em terceiro lugar deve ficar em local que seja visível para o motorista e deve ser bem sinalizado através de placas, portanto não deve ficar logo após uma curva, em quarto lugar os quebra-molas devem ter no máximo 0,8 cm de altura e 1,50 metros de comprimento e largura da pista, nas rodovias os quebra-molas devem ter 0,10 cm de altura, 3,70 metros de comprimento e largura da pista, ambos devem permitir o escoamento da água em suas laterais. Além disso aquelas famosas tartarugas que também são utilizadas como redutores de velocidade, já estão proibidas desde o ano 2009 pela resolução 336/2009 do CONTRAN, pois segunda a mesma, as tachas ou tachões como são chamadas as tartarugas, causam danos aos veículos e danificam o pavimento.

Quando tive conhecimento desta resolução fiquei indignado, pois desde essa época (2009) não foi retirado nenhuma dessas tartarugas das ruas da cidade, tem uma que fica bem numa curva e começo de subida, a mesma já causou acidentes, pois possui uma falha, os motoristas preferem passar pela falha para diminuir a pancada e acabam batendo de frente com outro veículo, realmente é um absurdo. Os quebra-molas então nem se fala, a resolução 39/1998 do CONTRAN citada acima está em vigor desde 1998, mas em minha cidade não existe nenhum quebra-molas que esteja dentro destas especificações, e olha que grande parte deles foi construída após o ano de 1998. Nunca cheguei a medir, mas certamente existem alguns quebra-molas na cidade que ultrapassam 20 cm. Querem quebrar os carros, pois é isso que acontece quando passamos por elas, quando o carro está cheio de passageiros é inevitável que o assoalho seja atingido, os quebra-molas servem para mostrar que a velocidade naquele local deve ser menor, desrespeitam a lei e fazem verdadeiros obstáculos nas ruas da cidade. O pior é que aqueles motociclistas que não respeitam a velocidade não são prejudicados, pois eles saltam o quebra-molas tranquilamente. Muitos acidentes graves acontecem por causa desses quebra-molas irregulares e mal sinalizados. Uma simples lei como essa não é cumprida e não existe ninguém para fiscalizar. Se o poder executivo que tem acesso a todas as leis não as cumpre, como exigir que os cidadãos façam isso?

Publicidade

Um comentário sobre “Respeitando as Leis

  1. Um problemão que venho acompanhando sobre o assunto QUEBRA-MOLAS são as placas de aviso que são colocadas bem pertinho do quebra-molas, quando deveria ter,no minimo, duas placas sinalizatórias e preventivas avisando da existencia deste tipo de saliência. Exemplifico: na estrada que segue para CAETITÉ-Bahia existem 4 QUEBRA-MOLAS dividido pela linha ferrea que surpreendem o motorista de carro e de moto que voam literalmente,eu já fui vítima; outro exemplo é chegando na cidade de Prado-Bahia o quebra-mola não tem aviso prventivo….! Neste universo de Quebra-molas sem avisos adequados as motocicletas é que levam desvantagens e o tombo é garantido!

    Curtir

Gostou, faça um comentário ou dê alguma dica e não esqueça de curtir nossa página no Facebook

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s