Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Seleção brasileira

Quais ensinamentos podemos tirar desta Copa do Mundo

Copa do Mundo no Brasil

Copa do Mundo 2014

A cada quatro anos é a mesma história, os brasileiros ficam ansiosos por mais um título da nossa seleção brasileira. Não importa se o time é excelente ou meia boca, o brasileiro sempre quer o título. No entanto, apesar de o Brasil ser o maior campeão até o momento com cinco títulos, está é a vigésima Copa do Mundo, e o Brasil só ganhou cinco. Isso quer dizer a cada quatro Copas disputadas o Brasil ganha apenas uma, se esta média prosseguir nas próximas quatro Copas o Brasil vai ganhar apenas uma. A Itália já ganhou a Copa quatro vezes, com mais um título já se iguala ao Brasil e se a Alemanha ganhar esta já se igualará a Itália também. Existem outras seleções que podem ganhar, o Brasil não é o único favorito, além disso, novos campeões surgiram nas últimas Copas, França em 1998 e Espanha em 2010.

Nossa seleção passou vinte e quatro anos sem ganhar a Copa até o título de 1994 nos Estados Unidos, a mesma coisa aconteceu com a Itália que ficou vinte e quatro anos até ganhar novamente em 2006 na Copa da Alemanha. A própria Alemanha está a vinte e quatro anos sem vencer, sua última conquista foi em 1990 e a Argentina não ganha desde 1986, qualquer que seja a vencedora sairá de um longo jejum sem título. O próprio Brasil já estará a dezesseis anos sem ganhar a Copa em 2018 na Rússia.

Não é de hoje que a maioria dos jogadores brasileiros convocados para a seleção brasileira atuam no futebol europeu, os clubes não conseguem segurar seus craques e cada vez mais cedo eles são vendidos para os clubes do velho continente. Prova disso foi nossa seleção nesta Copa, dois goleiros reservas e dois atacantes que atuam no Brasil foram convocados, por sinal os dois atacantes já passaram pelo futebol europeu e apenas um foi titular. Analisando os convocados para a seleção alemã, dezesseis jogadores atuam no futebol alemão, dos que entraram em campo contra o Brasil seis jogam no Bayern de Munich. Isso mostra a incapacidade do futebol brasileiro em manter seus jogadores atuando no país, eles só voltam quando não estão bem na Europa, o sonho de todos é jogar na Europa e esse tem sido um critério para atuar pela seleção brasileira em Copas do Mundo. Outro detalhe foi a utilização de um atacante de 36 anos pela seleção alemã, Klose mesmo com seus 36 anos foi titular contra o Brasil e já marcou dois gols nesta Copa se tornando o maior artilheiro de todas as Copas. Os técnicos brasileiros não gostam de jogadores veteranos, exemplo disso que Rivaldo ficou fora da Copa de 2006 quando tinha plena forma aos 34 anos, Kaká ficou fora desta Copa com 32 anos. O próprio Romário ficou fora da Copa de 2002 por indiferenças com Felipão, apesar de estar com 36 anos Romário estava em seu melhor momento na carreira, foi a época que marcou mais gols e era o maior artilheiro da seleção brasileira em atividade, ainda bem que tínhamos Rivaldo, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo e o Brasil foi campeão assim mesmo.

Torcida não ganha jogo. Se torcida ganhasse jogo a seleção da China ganharia todas as Copas. É muito bonito a torcida cantando o Hino Nacional Brasileiro nos estádios, mas não passa disso, aliás o Hino Nacional deveria ser cantado nas escolas e em todo e qualquer tipo de evento, afinal é o Hino Nacional Brasileiro e não o Hino da seleção brasileira.

Um técnico brasileiro não ganha a Copa duas vezes com a seleção brasileira, Zagallo ganhou em 1970 e não conseguiu em 1998, Parreira foi campeão em 1994 e tentou em 2006 e Felipão venceu em 2002 e não conseguiu em 2014, o único a conseguir tal feito foi Vittorio Pozzo com a Itália em 1934 e 1938.

Ganhar a Copa das Confederações não serve de parâmetro para a Copa do Mundo. Felipão disse que a seleção ganhou a Copa das Confederações e o time estava pronto para a Copa do Mundo. No entanto, nunca uma seleção campeã da Copa das Confederações conseguiu ganhar a Copa do Mundo no ano seguinte e isso se confirmou mais uma vez. Além disso, nenhum dos participantes da Copa das Confederações conseguiu passar para as quartas de final desta Copa do Mundo com exceção do Brasil. Isso mostra que os adversários não eram tão bons assim e que o Brasil não estava com esta bola toda.

E se o Brasil não ganhar a Copa?

Copa do Brasil

Copa do Mundo Brasil

Muitos acreditam que o Brasil ganha e dizem isso com certeza. Outros dizem que o Brasil tem obrigação de ganhar por sediar a Copa do Mundo. Mas o que pode acontecer se o Brasil não for o campeão nesta Copa do Mundo?

Sempre dizem que o Brasil tem o melhor futebol do mundo, mas isto não é certeza alguma de título, caso contrário a seleção brasileira ganharia todas as Copas do Mundo, coisa que não aconteceu. Favoritismo não ganha Copa, é preciso jogar e ganhar em campo, olhem o exemplo de Espanha e Inglaterra, muito provável que não passam da primeira fase após duas derrotas em dois jogos, por outro lado seleções que ninguém dava a mínima já estão classificadas para a próxima fase, caso de Colômbia e Costa Rica. A seleção brasileira apesar de ser considerada favorita ainda não mostrou futebol convincente nesta Copa, já a Holanda atual vice campeã mostra que tem forças para brigar pelo título.

Caso o Brasil não ganhe esta Copa, a seleção brasileira seria a única campeã mundial a nunca ter ganho a Copa do Mundo jogando em casa. Uruguai ganhou a Copa de 1930 em casa, Itália ganhou a Copa de 1934 jogando em casa, Inglaterra ganhou a Copa de 1966 jogando em casa, Alemanha ganhou a Copa de 1974 jogando em casa, Argentina ganhou a Copa de 1978 jogando em casa e a França ganhou a Copa de 1998 jogando em casa. O Brasil seria o único a não ganhar em casa mesmo tendo duas chances para conquistar a Copa em casa, a Espanha também não ganhou em casa, porém quando foi realizada a Copa da Espanha em 1982 o país ainda não era campeão mundial de futebol, por isso fica fora desta lista. Uma nova chance poderá ocorrer daqui a 50 ou 60 anos, ou mais, realmente seria lastimável para o qual dizem ser o país do futebol.

Desde o primeiro título da seleção em 1958 o maior período sem ganhar a Copa foi de 24 anos entre 1970 e 1994, caso o Brasil não ganhe em 2014, em 2018 já serão 16 anos sem ganhar a Copa do Mundo.

Economicamente falando seria ruim para o país, certamente uma eliminação do Brasil antes da final traria prejuízos para o comércio brasileiro, a derrota na final já não seria tão terrível, pois tudo o que seria comercializado com a expectativa do Brasil ser campeão já teria fim.

Politicamente falando seria terrível, o Governo foi muito criticado pelos gastos e pelos atrasos nas obras da Copa do Mundo, a vitória seria uma forma de compensar a população por tudo isso. A derrota pode ter reflexos negativos para o Governo.

Como brasileiro torço pelo meu país, mas pelo menos na minha vida nada irá mudar se o Brasil ganhar ou perder. Acredito que tem que melhorar muito para ser campeão, vamos esperar os próximos jogos para ver o resultado.

Copa 2014

Com a eliminação do Brasil da Copa da África do Sul, já é hora do Brasil levar a sério a Copa 2014 que será realizada em nosso país, faltando apenas 4 anos para o mundial, ainda não está definido onde será a abertura da Copa, a FIFA vetou o Morumbi, pois o São Paulo FC se nega a investir mais de 600 milhões na reforma de seu estádio para poder realizar a abertura da Copa, mesmo assim garante que a reforma acontecerá, mas custará pouco mais de 200 milhões de reais, o Morumbi é o único estádio do Estado com capacidade para abrigar a abertura da Copa, se o Morumbi não for utilizado a única possibilidade da cidade ter a abertura seria a construção de um novo estádio, segundo especialistas esta obra custaria em torno de 1 bilhão de reais. Quem pagaria a conta, depois da Copa quem seria responsável pela manutenção do estádio, afinal a cidade já tem um estádio público que é o Pacaembu, fazer um estádio desses para depois dar para algum time sem estádio, como fizeram com o Engenhão que agora é utilizado pelo Botafogo. O Brasil tem muitos problemas sociais, nã pode se dar ao luxo de gastar dinheiro público para construção de estádios.

Brasil na Copa 2010- parte final

Infelismente o Brasil está fora das finais de mais uma Copa do Mundo, desde o primeiro jogo eu não estava confiante por causa da horrosa estréia da seleção, mas com o passar dos jogos o Brasil mostrou um pouco de qualidade. No jogo contra o Chile foi a melhor apresentação, mas um dos jogadores responsáveis pela melhora, Ramires levou o segundo cartão amarelo e ficou de fora do jogo contra a Holanda, isso por causa que nosso técnico não tirou ele do jogo antes de isso acontecer, afinal já estava 3 x 0 para o Brasil. O mesmo que aconteceu com Kaká que acabou sendo espulso contra Costa do Marfim. Infelismente Ramires fez falta contra a Holanda, e o jogador que todos temiam que pudesse ser expulso, por não saber se contralar, provou que estava certo, antes deu um belo passe para Robinho fazer um belo gol, mas no segundo tempo antes de ser expulso fez um gol contra, pois a bola esbarrou na sua cabeça e tirou as chances de Julio Cesar fazer a defesa. Infelismente o Brasil mais uma vez não soube aproveitar os excelentes jogadores que possui, um país penta-campeão perder para um seleção que é bi-vice, que não chega a final desde 1978, é muito chato. Na era Dunga o Brasil fez 23 gols contra o Chile e sofreu apenas 2, mas na única vez que enfrentou a Holanda perdeu, porque a Holanda é seleção de tradição. Agora temos que torcer para a Argentina não ganhar a Copa, mas ela é favorita juntamente com a Holanda, pois venceram todos seus jogos, já a Alemanha perdeu na primeira fase, portanto não é favorita. Ainda a favor da Argentina está a história, nunca uma seleção européia ganhou uma Copa fora da Europa.
Agora vamos ver se o Brasil se prepara de verdade para a próxima Copa, pois ela será no Brasil. Perder duas vezes uma Copa realizada no Brasil será demais para o povo brasileiro, vamos esperar para ver.

Brasil na Copa 2010 – parte III

No jogo contra a seleção chilena o Brasil fez sua melhor apresentação até aqui nesta Copa, é óbvio que a seleção chilena não é um teste para avaliar o futebol de nossa seleção, mas o Brasil mostrou que tem qualidade e que possui um contra-ataque muito rápido, tem dificuldade de jogar contra seleções que jogam muito atrás, mas quando dão espaço o Brasil parte para cima. Agora é a vez da Holanda, em três confrontos em Copas está 2 x 1 a favor do Brasil, espero que a vantagem possa aumentar, afinal o Brasil tem os melhores e mais habilidosos jogadores, só precisa jogar aquilo que sabe, vamos torcer por mais uma grande apresentação de nossa seleção.

 

Brasil na Copa 2010 – parte II

Mais uma vez o Brasil não apresentou um bom futebol, mas se classificou em primeiro no grupo, pelo menos vai enfrentar um adversário mais fraco na próxima fase, mas se continuar com esse futebol acredito que não tem condições de ser campeão, precisa melhorar muito.

 

Brasil na Copa 2010

Estou torçendo pelo Brasil como devem estar todos os brasileiros, mas o primeiro jogo do Brasil na copa foi horrível, para ser campeão precisa jogar muito mais do que aquele futebol horroroso do primeiro tempo contra a Coréia do Norte, no segundo tempo jogou um pouco melhor, é verdade, mas os Coreanos tiveram apenas uma chance clara de gol e não desperdiçaram, sem falar na bola que o zagueiro Juan tirou dos pés do atancante coreano na hora que ele iria chutar a gol, poderia ter sido um resultado pior. Vamos torcer para que o Brasil mostre o futebol de melhor seleção do mundo e vença com mais facilidade, se a vitória não vier amanhã, vai ficar difícil para o Brasil no jogo contra Portugal.