Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Relacionamento interpessoal

Relacionamento interpessoal no trabalho

Estamos a todo momento em contato com pessoas no contexto familiar, na rua, no shopping, na igreja e em algumas ocasiões podemos escolher com qual pessoas queremos nos relacionar. No entanto, existe um local onde não é possível escolhermos com quem iremos ter o relacionamento interpessoal, e este lugar é o trabalho.

Relacionamento interpessoal

Relacionamento interpessoal na empresa

Em nosso trabalho somos simplesmente colocados junto a outras pessoas que muitas vezes são desconhecidas e não temos a opção de escolha. Temos que nos adaptar ao ambiente e as outras pessoas mantendo um bom relacionamento interpessoal. Não apenas em nosso setor de trabalho, mas em toda a empresa. De nada adianta manter um ótimo relacionamento com as pessoas do meu setor e não dar a atenção necessária para as outras pessoas da instituição.

Como disse, quando escolhemos as pessoas é fácil, mas na empresa somos colocados frente a frente a pessoas com diferenças de comportamento, religião, humor, idade, sexo, costumes, etc.

Precisamos saber lidar com as diferenças e algumas atitudes podem ajudar a você fazer isso:

Diga bom dia aos seus colegas, não apenas aos do setor, se alguém não lhe deu a resposta não fique chateado, persista na sua atitude;

Evite a fofoca, se soube de alguma coisa que pode prejudicar seu colega, não espalhe, faça uma reflexão. Siga as três lições de Sócrates. Isso é verdade? Isso é bom para o meu colega? Isso vai ter alguma utilidade? Se a resposta para as perguntas for não, então não espalhe nada;

Fez algo errado? Assuma seu erro, nunca tente colocar a culpa nos colegas;

Esteja disposto a ajudar sempre que possível;

Ouça o que os outros tem a lhe dizer mesmo que você discorde da ideia;

Se você não gosta de ofensas, então não ofenda. Se for ofendido procure ficar calmo, na hora do acontecido podemos dizer um monte de coisas que não gostaríamos e isso só vai piorar as coisas;

Diga não sempre que necessário. Se você disser sim sempre irá se sobrecarregar e dizer não ficará cada vez mais difícil;

Pense no sentimento dos outros, da mesma maneira que você gostaria de ser tratado, trate as pessoas.

Isso não é uma regra e nem são as únicas dicas, mas são dicas que podem ajudar você a melhorar seu relacionamento interpessoal na empresa.

Dicas Para Melhorar Nossos Relacionamentos na Empresa

Relacionamentos na empresa

Clima organizacional

Nosso relacionamento com as pessoas muitas vezes não é bom, mas alguns gestos simples e um pouco de boa vontade podem mudar esta situação.

Vamos ver 14 dicas para melhorar nossos relacionamentos na empresa:

– Cumprimente os outros: é agradável receber a saudação de alguém que nos conhece. Por outro lado é muito desagradável quando alguém que conhecemos passa por nós sem notar-nos, como se fôssemos um estranho. Quando chegar na empresa não esqueça de dar bom dia, boa tarde, etc.

– Sorria para as pessoas: o esforço para dar um sorriso é muito menor do que o necessário para manter a cara fechada. É lógico que devemos saber a hora de sorrir, se não as pessoas podem confundir com deboche.

– Chame os outros pelo nome: você já prestou atenção em como é bom ouvir os outros lhe chamando pelo nome. É claro que existem as exceções, alguns gostam de serem chamados por apelido, mas só faça isso se a pessoa disser que prefere ser chamada assim.

– Seja amigo e prestativo: se você quer ter amigos, seja amigo.

– Seja cordial, fale e haja com toda sinceridade.

– Interesse-se sinceramente pelos outros: Se você não tiver interesse pelos outros, por que motivo eles vão se interessar por você ou pelo que você faz.

– Seja generoso ao elogiar, cauteloso ao criticar: É importante saber elogiar as pessoas quando elas merecerem, também é importante saber a hora certa de criticar uma pessoa. A crítica deve ser de forma construtiva, a fim de auxiliar a pessoa a melhorar no ponto que errou.

– Considere o sentimento dos outros. A contradição quase sempre existe, porém nem sempre somos nós que estamos certos.

– Ouça, aprenda e saiba reconhecer o valor dos outros.

– Preste favores sem esperar nada em troca: Se você fizer um favor esperando receber outro em troca, isso quer dizer que você agiu simplesmente por interesse próprio, sem intenção de ajudar o próximo.

– A dizer não, faça-o com delicadeza: muitas vezes em nossa vida somos obrigados a dizer não, precisamos agir com delicadeza para que os outros não pensem que estamos levando para o lado pessoal.

– Nunca devolva um ataque verbal: Se você for agredido verbalmente é melhor se controlar e ficar calado. Nessas horas podemos dizer um monte de bobagens e piorar mais ainda as coisas.

– Você não foi chamado, então não se intrometa, a menos que seja sua responsabilidade e você seja obrigado a isso.

– Não passe comentários negativos: Pense positivamente que assim as chances de as coisas darem certa aumentam.

Adaptado de Gestão Prática de Recursos Humanos – Autor Desconhecido

Preconceito na Empresa

Mesmo quando falamos que não temos preconceitos em relação a certas pessoas, sabemos que na verdade temos sim, os preconceitos existem e podem prejudicar muito a vida das pessoas que os sofrem.
Na hora de contratar uma pessoa na empresa, muitas vezes na hora da seleção são excluídas pessoas apenas por questão de preconceitos, não por motivos de falta de qualificação para a função. Mas quais seriam os motivos para não contratar uma pessoa sem utilizar preconceitos?
Na hora de contratar uma pessoa para secretária, as empresas preferem as jovens, bonitas e simpáticas de preferência, pois são elas que recebem as pessoas antes de encaminhá-las para o atendimento, ou para a direção, a aparência causa uma boa impressão e principalmente o comportamento da pessoa na hora de atender o cliente. Portanto, dificilmente a empresa irá contratar para secretária uma pessoa que não atende certos pré-requisitos.
Na hora de contratar uma pessoa para trabalhar em um açougue ou frigorífico, não é permissível que a empresa contrate uma pessoa para trabalhar sem que se saiba se ela possui alguma doença que pode ser transmissível através de algum ferimento.
Uma prostituta por exemplo pode ser uma excelente funcionária, mas aquilo que ela faz fora da empresa não pode influenciar no seu trabalho, o cliente da empresa pode ser seu cliente também, então deve haver descrição por parte da pessoa para que na empresa o seu visual, o seu comportamento não atrapalhem a sua imagem e a imagem da empresa. Se isso começar a acontecer certamente será demitida.
São muitos os casos que podem acontecer, então é preciso que se tenha cuidado na hora de fazer a seleção, explicar aquilo se espera da pessoa, e quando não for possível contratá-la, se a pessoa quiser saber o motivo deve-se esclarecer que o perfil não se encaixa as necessidades da empresa. Portanto nunca se diz a uma pessoa que não irá contratá-la porque é feia, ou gorda, ou velha, ou prostituta, ou aidética, ou homossexual, etc. Isso é preconceito, e preconceito é crime.

Administração e Sucesso