Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Planejamento

O ano está terminando: foi bom ou ruim para você?

fim de ano está chegando

final de ano

Faltam menos de 2 meses para o fim do ano, podemos dizer que este ano está chegando ao fim. Mas e as suas metas, estão sendo alcançadas?

Embora ainda exista tempo, já e possível saber se seus objetivos serão ou não alcançados até o fim do ano.

Talvez uma coisa ou outra não deu certo, mas a maioria dos objetivos foram alcançados, então você pode ficar satisfeito. No entanto, se a maioria dos objetivos não se concretizou, então existe alguma coisa errada. Ou você planejou mal, ou superestimou sua capacidade de concluí-las. Uma coisa é certa, aquilo que fizemos durante um ano serve como base para o próximo ano. Os erros e acertos servem de exemplo para que façamos a coisa certa.

Assim como o ano está terminando, já é hora de começarmos a planejar nossos objetivos para o próximo ano. Afinal, sem planejamento dificilmente conseguimos colocar em prática alguma coisa. Pode dar certo, mas a chance de dar errado é grande.

Embora seja um novo ano que está por vir, o ano que termina pode ter reflexos negativos no ano que está chegando. Principalmente quando falamos em questões financeiras. Começar o ano cheio de dívidas e sem dinheiro para quitá-las é um péssimo começo. Se você tem algumas sobras de final de ano, o ideal é guardá-las para o momento que irá precisar. O ano novo chega com o IPVA, IPTU, IRPF, material escolar, etc. Muitos usam o valor do 13º salário para quitar dívidas e entrar o ano com o caixa em dia. Essa não é a função do 13º, mas é uma solução. A função do 13º salário é dar um final de ano melhor para o cidadão, é chamado também de gratificação natalina. O trabalhador recebe um salário extra para ter condições de passar o fim de ano com fartura.

Por outro lado, muitos abusam no final do ano e fazem dívidas além da capacidade que possuem de pagar. Afinal são muitos presentes, Natal, amigo secreto, ano novo, etc.

Então o ano chega e as dívidas começam a vencer e junto com elas chegam as outras que eu citei acima. Aí é que mora o perigo. Começar o ano endividado pode comprometer seu ano inteiro. Portanto, é preciso ter responsabilidade e gastar de acordo com suas possibilidades. De que adianta fazer festa no final de ano e passar o próximo ano inteiro endividado. Fica a dica.

Qual é o seu principal objetivo na vida?

Objetivo na vida

Objetivos na vida

Vivemos uma correria no dia-a-dia, muitos vezes não temos para nada, estamos sempre ocupados e constantemente estressados. Mas para que tanta correria? Você sabe por que está fazendo tudo isso, quais são os objetivos de sua vida.

Isso mesmo, nossa vida deve ter objetivos, alguns simples e outros mais difíceis de serem concretizados, e para alcançá-los precisamos de planejamento. Muitas vezes não paramos para pensar nisso, vamos vivendo da maneira que dá. Passamos meses planejando uma festa de formatura que irá durar apenas uma noite, mas não dispomos de algumas míseras horas para planejar nossa vida, ou seja, nosso futuro.

Pode até ser que consiga alguma coisa sem planejar, mas aí vai depender mais da sorte.

Primeiramente pense quais são os objetivos para sua vida. Agora por ordem separe quais são de curto prazo, médio prazo e de longo prazo. Veja o exemplo a seguir:

Objetivos de curto prazo: comprar um carro, fazer uma graduação, casar.

Objetivos de médio prazo: ter filhos, comprar a casa própria, conseguir um emprego estável.

Objetivos de longo prazo: abrir uma empresa, aposentadoria.

Agora que já tem em mente quais são seus objetivos é preciso delimitar o tempo para alcançar cada um deles, ou seja, qual é a sua meta.

Com quantos anos você pretende conseguir comprar um carro, qual o tempo que levará para concluir a graduação e com que idade pretende se casar, conforme os objetivos de curto prazo.

Com que idade pretende ter filhos e quantos pretende ter, quando pretende comprar a casa própria e qual o limite de tempo para que consiga um emprego estável, conforme os objetivos de médio prazo.

Com que idade pretende ter uma empresa própria e com quantos anos deverá se aposentar.

Agora você já tem os objetivos e o tempo que pretende demorar para alcançá-los. Só isso, não agora é que vem a parte mais difícil, colocar a mão na massa. Com seus objetivos escolhidos agora é preciso trabalhar para que eles virem realidade e que isso aconteça dentro do tempo esperado. Não adianta ter objetivos e ficar de braços cruzados. O seu comprometimento será o responsável pelas suas conquistas. Avalie periodicamente se os seus objetivos estão andando conforme o planejado, faça tudo o que for preciso “dentro da lei” para obter sucesso.

Pode parecer bobagem pensar no seu futuro daqui a 20 anos, como será sua vida. Porém se você não pensar o futuro vai chegar da mesma maneira, e pode ser que não seja dos melhores dependendo das escolhas que você fez em sua vida, em sua juventude.

Dicas básicas para quem quer administrar um negócio

administrar um negócio

Dicas básicas de como administrar um negócio

Administrar um negócio de sucesso não é de longe uma tarefa fácil, exige preparo, planejamento, investimento, liderança e diversos outros fatores dignos de um bom chefe. Administrar um negócio vai muito além do que aprendemos em teoria na sala de aula, aqui precisamos tomar decisões que irão afetar diretamente o nosso negócio, seja para o bem ou mal.
É certo dizer que para certas coisas apenas aprendemos verdadeiramente com a pratica e administrar um negócio é uma delas. Como foi mencionado anteriormente, administrar qualquer tipo de negócio exige o preenchimento de certos fatores de quem o administra, como planejamento, preparo, segurança em tomar decisões, firmeza, liderança, investimento e, principalmente, não ter medo de errar e continuar tentando, mesmo com o aparecimento
inevitável de problemas.
A administração de restaurante, por exemplo, vai muito além do que apenas montar os pratos e servir a clientela, o encarregado deve estar ciente de montar um planejamento e controle de tudo que será colocado em prática, deve ser bom com tudo que entra e sai, sabendo exatamente o que deve ser controlado. Ter uma planilha financeira, com os gastos e lucros fixos e variáveis do restaurante, oferecer um treinamento para toda a equipe de cozinha, a criação de um cardápio, controle de desperdícios e rendimentos, organização das mesas, local, cozinha e estoque, tudo faz parte da administração de um restaurante.

administracao-e-negocios

planejamento

A ideia básica de administrar um negócio pode ser resumida em algumas dicas, depois disso, depende apenas de você conseguir ou não colocá-las em prática da melhor maneira possível:

      • Comece com um planejamento estratégico, são essas estratégias que serão a base para você conseguir alcançar os objetivos do negócio.
      • Promova melhorias contínuas, isto é, procure sempre uma oportunidade para inovar e melhorar seus produtos, serviços, métodos e processos, mostre ao seu público que sua empresa/negócio é capaz de manter um bom crescimento.
      • Organize informações, pois elas são necessárias para a execução das atividades.
      • Um olho no negócio, outro na concorrência, sem deixar que o seu negócio esfrie, mantenha-se sempre atento e bem informado sobre seus concorrentes, tantos os antigos quanto os que estão para surgir.

Promovendo qualidade de vida é algo sempre bem visto e aceito por todo tipo de público, garantindo ainda o bem-estar e a satisfação dos colaboradores.

Com a base do seu negócio bem planejada e firme, é possível crescer no mercado sem restrições, tomando sempre cuidado com imprevistos.

Escrito por: Bruno Silva  da Agencia St

A Importância do Planejamento das Cidades

Planejamento

As cidades deveriam ser planejadas antes de surgirem, mas como se sabe, a maioria das cidades começou sem qualquer tipo de planejamento. Apesar de existirem cidades brasileiras que teoricamente foram planejadas, percebe-se que este planejamento foi muito mal elaborado e principalmente não levou em consideração o desenvolvimento futuro destas cidades.

Uma cidade precisa de água, portanto, a sua localização deve ser próximo a um reservatório capaz de atender as necessidades de abastecimento da cidade. No entanto, caso a cidade se desenvolva muito é preciso avaliar se este reservatório será suficiente e se existam outras alternativas de abastecimento, ou a cidade enfrentará problemas de racionamento de água. Citando como exemplo Alta Floresta-MT, todos os anos é feita a conscientização da população para economizar água no período de estiagem, pois os reservatórios que abastecem a cidade praticamente secam. Caso estes reservatórios sejam exauridos, a única solução é captar água no Rio Teles Pires, porém dizem que não seria viável economicamente por causa da distância da cidade. No ano de 2011 o consumo diário de água em Alta Floresta chegou a 8 milhões de litros diariamente com uma população de aproximadamente 50.000 habitantes. E se a população chegar a 80.000 habitantes, por exemplo. Certamente a única solução será buscar água no Rio Teles Pires, o aumento do custo do tratamento tem que ser revertido ao consumidor, hoje se paga R$ 16,80 pela taxa mínima, ou seja, até 10.000 litros de água. Um valor irrizório pelo benefício que a água tratada nos dá.

Outro problema das cidades é a falta de coleta de esgoto, aqueles que têm consciência fazem fossas onde são depositados os resíduos, no entanto o solo acaba contaminado e consequentemente a água tamém é contaminada, aqueles que utilizam água de poço podem ter problemas de saúde ocasionados pela contaminação. Aqueles que moram nas proximidades de córregos nem se dão ao trabalho de abrir fossas e despejam os dejetos diretamente na natureza.

Ruas sem asfalto são outro problema para a população, a poeira na época de estiagem ocasiona problemas respiratórios e aumenta o número de atendimentos nos hospitais. Para resolver este problema a prefeitura utiliza caminhões pipa para molhar as ruas. Simplesmente um trabalho inútil e dinheiro jogado fora. A implantação da pavimentação asfáltica tem um custo relativamente alto, mas vamos imaginar que uma rua já possui 20 anos e ainda não está pavimentada. Durante o período de estiagem a prefeitura terá que disponibilizar um caminhão e um motorista para molhar a rua todos os dias, supondo pelo menos 60 dias por ano, em 20 anos são 1200 dias molhando a rua. Além de molhar a rua, no período de chuva, a água irá deteriorar a rua, então a prefeitura irá precisar de uma caçamba, uma pá-carregadeira e uma motoniveladora, além de 3 trabalhadores para restaurar a rua. Se analisarmos todos os gastos para manutenção da rua sem asfalto, mais os problemas de saúde que ela causa, certamente vamos perceber que a implantação do asfalto seria mais viável, se o asfalto for de qualidade todos os gastos citados anteriormente desaparecerão.

O problema é que muitas vezes o asfalto é de baixa qualidade, e a prefeitura precisa constantemente fazer o tapa buracos, além disso, na maioria dos casos primeiro é feito o asfalto, depois é instalado o sistema de esgoto, então é preciso quebrar o asfalto para fazer a obra.

Os erros do passado até podem ser aceitos, mas o que não pode é continuar cometendo os mesmos erros. Em Alta Floresta-MT continuam abrindo novos bairros sem a implantação da rede de esgoto, porém agora a pavimentação asfáltica é obrigatória, assim a prefeitura não terá gastos com a pavimentação nos loteamentos novos.

Saber o que precisa ser feito todos sabem, o que falta é planejamento e interesse por parte daqueles que estão no poder.

A Produção de Combústíveis e a Falta de Planejamento

Falta de combustível

Estamos em plena safra de cana-de-açucar e mesmo assim os preços do álcool “etanol” não param de subir, coisa que não deveria acontecer. No entanto mesmo estando em plena produção de álcool, a demanda pelo combustível aumentou mais do que a sua produção. A expectativa é de que a produção dos próximos anos não seja suficiente para suprir a demanda do produto. O resultado disso é que os preços estão subindo acima da inflação, na maioria dos Estados não é vantajoso abastecer com álcool, pois o seu preço deve ser de no máximo 70% do valor da gasolina, portanto aqueles que sabem disso migram para a gasolina, pois hoje em dia isso é possível com os veículos Flex, porém o consumo de gasolina também aumentou nos últimos anos, a Petrobrás diz que a capacidade de suas refinarias está no limite, para suprir a demanda será necessária a importação do produto. O resultado de tudo isso é que o consumidor está no prejuízo, a falta de planejamento dos orgãos responsáveis que não foram capazes de prever esse aumento de consumo é extremamente preocupante. Hoje em dia praticamente todos os veículos possuem motores Flex, a produção em massa desses motores começou em 2003, portanto era óbvio que o consumo aumentaria, por outro lado a Petrobrás também errou em seus planejamentos, aquele blá blá blá de auto-suficiência em Petróleo não deu em nada, e a grande descoberta da camada Pré-sal ainda não modificou em nada a disponibilidade de combustíveis. Querem aumentar as vendas de veículos, mas esquecem de que eles precisam de combustíveis para andar.

Falta de Planejamento

Greves e insatisfação com as condições de trabalho, isso é reflexo da expansão desenfreada das instituições federais de ensino, o Governo expandiu o número de instituições federais de ensino para levar o ensino superior gratuito para um maior número de pessoas. A idéia é boa, mas o custo de manutenção dessas instituições é muito alto, o correto é que os professores sejam mestres e doutores, e os salários destes são muito elevados, muitas vezes por falta de orçamento as universidades são obrigadas a contratar professores sem essa titulação, nesse caso os salários são bem inferiores, mas a qualidade do ensino também diminui. Além das questões salariais existe também a questão infra-estrutura, o valor para abrir um novo Campus e para manter a infra-estrutura necessária é muito alto, principalmente quando essas instituições oferecem cursos nas áreas de ciências e medicina. Congelamento de salários e redução de investimentos na manutenção dessas instituições podem colocar em risco a qualidade da educação oferecida. Para se chegar a universidade primeiro é preciso passar pela educação básica, ensino fundamental e ensino médio, porém grande parte dos alunos não conclui o ensino médio, a sucateação das escolas públicas e a desvalorização dos professores da educação básica deveria ser resolvida antes da expansão do ensino superior. No entanto cada vez mais inventam artimanhas para que alunos sem a mínima condição, sem saber ler corretamente, sem saber interpretar um texto, passam de ano tranquilamente. Para o Governo o que importa é a quantidade de alunos concluíntes, quanto mais melhor, a qualidade é deixada de lado e o Brasil continua péssimo no ranking mundial de educação.

Antes de Abrir uma Empresa Faça um Planejamento

Está provado que a maioria das empresas fecham suas portas com poucos anos de funcionamento, nem sempre o negócio não era viável, mas sim ocorreu falta de planejamento.

A primeira coisa que as pessoas fazem quando vão abrir uma empresa é calcular quanto é que elas vão ganhar com isso, é lógico que ninguém abre uma empresa só para enfeite. No entanto é preciso fazer um planejamento detalhado para saber se o seu negócio é viável, talvez seu produto é excelente, mas o local que você pretende se instalar não possui clientes suficientes para tornar seu negócio viável. Por isso mesmo que é preciso conhecer bem o seu público alvo, qual será o segmento de mercado que você quer atingir, idade, sexo, região, comportamento e perfil psicográfico. Para obter estes dados é fundamental realizar uma pesquisa, assim você terá os dados em mãos e poderá analisar a viabilidade ou não de seu negócio.

O SEBRAE possui um excelente material que ensina como elaborar um plano de negócios para a sua empresa.

Outro erro  que as pessoas comentem é não ter limites para gastar, por isso vão a falência rapidinho, se o lucro do mês foi de R$ 1.000,00, eu não posso retirar R$ 3.000,00 da empresa. Por mais que os lucros sejam altos, não é interessante ter um salário muito alto. O correto é que o salário do dono seja o menor possível, assim a capacidade de investimento da empresa aumentará e consequentemente no futuro você poderá usufruir dos lucros da empresa. Por outro lado se você não quer esperar, pode ser que você nem venha a ter lucros realmente, pois toda empresa tem um tempo que levará para recuperar o seu capital investido, só depois que esse período terminar que realmente a empresa vai gerar lucros.

O Brasil e seu Planejamento para a Copa do Mundo

Depois de 64 anos o Brasil vai sediar a Copa do Mundo novamente, a nossa seleção tem a  oportunidade de conquistar o título mundial jogando em casa, e minimizar o vexame da Copa de 50 quando o Brasil perdeu para o Uruguai com o Maracanã lotado.

Por outro lado existe uma preocupação que o Brasil de outro vexame, desta vez nem se fala muito se vamos ou não ganhar a Copa, mas sim se o Brasil vai conseguir deixar tudo pronto até o início da competição. Os problemas são muitos, a menos de 3 anos e meio para o início da competição tem estádio que ainda não saiu do papel, o Brasil não tinha nenhum estádio com condições para receber jogos da Copa, aqueles que não foram demolidos vão passar por reformas imensas, mas isso não é dos maiores problemas. Recentemente foi publicado um estudo mostrando a precaridade dos aeroportos brasileiros, todos os principais aeroportos precisam de melhorias, mas até agora quase nada foi feito.

As grandes cidades brasileiras tem congestionamento todos os dias, sem falar de quando chove que várias ruas ficam alagadas, desse jeito não tem como receber milhões de turistas para assistir a Copa. O Brasil precisa se mexer rápido ou vai fazer feio, os investimentos para viabilizar a Copa são altíssimos, como investir em obras se o Brasil não dá conta nem de manter os serviços básicos que a população necessita, educação de qualidade, saúde, habitação, infra-estrutura de transportes. A saúde está um caos, as pessoas constroem casas em cima de lixões, as estradas são péssimas, os portos ficam muito distantes, uma rodovia que poderia diminuir a distância entre o principal produtor de grãos e o porto, foi planejada a mais de 30 anos e até hoje não foi asfaltada, o prazo de conclusão é para dezembro de 2011, eu só acredito vendo. Um país do tamanho do Brasil não possui trens para transporte de passageiros em grande quantidade de um estado para outro e com rapidez.

Pode ser que o Brasil consiga cumprir suas metas para a Copa do Mundo, mas se olharmos para outros programas do Governo como o PAC, veremos que muita coisa está atrasada, ou paralisada, então fica a dúvida, ou o Brasil leva a sério o seu planejamento, ou está fadado a dar mais um vexame na Copa do Mundo.

Administração do Brasil

A cada dia que passa o governo aumenta a sua eficiência em arrecadação de impostos, melhorando o sistema de fiscalização. Recordes em arrecadação de impostos. Houve recorde em arreacadação de impostos e o Governo não abre mão dos mesmos, as vezes sim, mas apenas temporariamente, como ocorrereu com o CID da gasolina. Como aconteceu com a CPMF que era provisória, mas durou dez anos, foi derrubada, mas o Governo queria que fosse prorrogada. Não conseguiu a prorrogação, mas aumentou a alíquota do IOF, ou seja, tirou de um lado e colocou no outro.
Por que será que o povo brasileiro precisa pagar tantos impostos assim?
Metade do valor da gasolina é imposto, um veículo sem impostos custaria R$ 15.000,00 no máximo sem os impostos.
Cada vez mais recordes em arrecadação e aumento de impostos.
Apesar do aumento de arrecadação, existe um aumento de despesas por parte do Governo, desde o início do Governo Lula segundo pesquisa realizada, foram contratados 127 mil servidores por meio de concurso, isso gera um aumento significativo de despesas, pois os salários no setor público são bem superiores do que o privado, e os servidores não podem ser demitidos sem um motivo bem grave.
É certo que foram criados novos postos de trabalho, principalmente com o aumento de instituições de ensino superior federais, mas quem sustenta toda esta estrutura, todos estes gastos é o povo com o pagamento de impostos.
O que precisa é um melhor administração dos recursos federais.
O povo sabe que não se livrará dos impostos, mas quer educação de qualidade, saúde, segurança pública, etc. Afinal esses serviços que são “gratuitos”, não tem nada de gratuito, o povo paga, e paga caro para isso, mas não tem um serviço de qualidade.

Pobre, Rico e Pobre Novamente

Existem muitos casos em que pessoas que começaram praticamente do nada, ficaram ricas, famosas e depois por não saber administrar a riqueza, ou por problemas do mercado financeiro acabaram ficando pobres novamente. Isso acontece muitas vezes quando ocorre a sucessão nas empresas, os sucessores demitem as pessoas que conhecem a empresa, acreditando que não são importantes, e acabam levando a empresa para a falência. Isso acontece porque as pessoas não se preparam para administrar a empresa. Mas o que dizer de uma pessoa que era pobre, de repente ganhou na loteria e ficou milionário. Essa pessoa por mais ignorante que seja não teria motivos para voltar a ser pobre novamente, pois não tem empresa para administrar, basta deixar o dinheiro na poupança e curtir a vida. O incrível é que isso acontece, recentemente tivemos o caso de um homem inglês que ganhou aproximadamente 26 milhões de reais e gastou tudo em apenas 8 anos e que agora quer recuperar seu emprego de lixeiro novamente. Sem falar dos vários brasileiros que já ganharam na Mega-sena e ficaram pobres novamente, recordo de um que era borracheiro e voltou a ser borracheiro depois de ficar pobre outra vez. Por mais que a euforia de ter em mãos tanto dinheiro de repente possa ser difícil de administrar, é difícil de acreditar como que uma pessoa pode acabar com uma fortuna gastando todo o dinheiro em drogas, prostitutas, jogos, coisas sem necessidade, e ainda dizer que não se arrepende do que fez. Nem precisa de tantos milhões assim, se uma pessoa que sabe administrar seu dinheiro tiver em mãos apenas um milhão, ela pode multiplicar esse dinheiro fazendo a utilização correta, os investimentos certos. O que adianta gastar tudo hoje e chegar na velhice pobre e miserável, aproveitar a vida não é só fazer festa, o correto é construir para aproveitar no futuro, é certo que não sabemos se vamos chegar na velhice, mas devemos nos preparar para ela.

Administração e Sucesso
Assign a menu in the Left Menu options.
Assign a menu in the Right Menu options.