Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: HD externo

Como transformar seu HD de notebook em HD externo?

Seu notebook estragou e você está com uma sucata nas mãos, o que fazer?

Hard_disk_Western_Digital_WD1000_1_28dark129

Você pode tentar vender algumas peças como o carregador, a tela, o leitor de CD/DVD, a até mesmo o HD se este ainda estiver funcionando perfeitamente.

O HD mesmo que esteja com problemas pode ser útil para você, para isso basta transformá-lo em um HD externo. Mas como fazer isso se ele está com problemas?

Mesmo quando o HD não funciona mais ele ainda pode ser utilizado como HD externo. Para isso retire o HD de seu notebook como muito cuidado, caso não saiba como fazer isso peça para alguém que entende do assunto. O HD é uma peça muito sensível e pode ser inutilizada facilmente. Não a deixe cair ou sofrer uma pancada.

Após retirar o HD certifique-se do tamanho dele e compre uma Case para que possa colocá-lo. Coloque seu HD na Case e pronto. Agora basta conectar seu HD externo a outro computador e salvar os arquivos que estavam dentro dele. Isso se você tiver interesse em formatá-lo. Após a formatação você poderá utilizá-lo normalmente para salvar seus arquivos e levar facilmente para onde quiser.

Também poderá conectá-lo a uma TV com entrada USB e assistir a seus filmes com toda a comodidade.

Você encontrará Cases a partir de R$ 50,00, enquanto um HD externo não é vendido por menos de R$ 200,00, ou seja, você recicla seu computador e ainda faz economia.

Como nunca perder seus arquivos digitais?

Já ouvi muitas pessoas reclamando que perderam seus arquivos digitais depois de um problema com o local onde estavam armazenados os arquivos.

Como nunca perder seus arquivos digitais?

E isso realmente pode acontecer com qualquer pessoa. O Pen drive pode queimar, quebrar, cair na água ou até mesmo ser extraviado ou perdido. O computador ou notebook pode dar problema e você ficar na mão. Seu HD externo pode ser roubado.

Mas então não existe uma maneira totalmente segura para salvar e proteger meus arquivos?

A resposta é que existe sim. Basta que você tome um pouco mais de cuidado quando pretende armazenar arquivos importantíssimos. Já imaginou na possibilidade de um escritor estar escrevendo um livro com aproximadamente 50 mil palavras e 300 páginas e depois de concluir ele sai para ir ao supermercado e quando retorna encontra sua casa arrombada e descobre que seu notebook foi levado.

Já imaginou o desespero dele? Definitivamente não acredito que isso aconteça com algum escritor que leva a profissão à sério. Quantos dias ele demoraria para rescrever toda a história? Conseguiria repetir fielmente toda a história com as mesmas frases? Dificilmente.

Aqui estão as sugestões.

Salve o trabalho a cada cinco ou dez minutos utilizando as teclas Ctrl + B no Word para evitar problemas em uma possível queda de energia. Após finalizar o trabalho do dia salve o arquivo no PC e também em um Pen drive ou em um HD externo.  Para garantir que não correrá nenhum risco envio o material em anexo para seu próprio e-mail. Pense ainda em imprimir uma cópia se isso não lhe custar muito caro. Fazendo isso as chances de perder o arquivo são quase inexistentes.

Lógico que você não irá fazer isso com todos os seus arquivos, mas apenas com aqueles que são de extrema importância como no exemplo acima.

Não dê sopa para o azar. Você está com pressa e por isso não salva o arquivo com as alterações em outro lugar.  Dessa maneira de nada adiantará o arquivo que está salvo em outro lugar. O Pen Drive, o HD externo e o e-mail são de fácil acesso.  Mas toda vez que o arquivo for atualizado é necessário enviar uma cópia para substituir o arquivo antigo.

Assim você corre menos riscos e dificilmente irá perder seus arquivos digitais mais importantes.

Administração e Sucesso