Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Facebook

Quando a tecnologia vira um mal

A tecnologia a cada dia nos apresenta novidades que podem facilitar a nossa vida, no entanto, o mau uso pode virar um problema.

Quando a tecnologia vira um mal

Tecnologia

Redes sociais: As redes sociais conectam pessoas facilmente, qualquer um pode se cadastrar com algumas exceções de idade. No entanto, existem tantas redes sociais no mundo que é preciso de muito tempo e disposição para manter todas elas com conteúdo atualizado. Supondo que você tem três perfis já difícil de fazer isso, mas imagina que você tenha muito mais. Facebook, Twitter, Google Plus, Instagram, LinkedIn, Flickr, WhatsApp, Badoo, entre outras.

A tendência é que o conteúdo postado seja o mesmo em todas elas, então qual a razão de ter tantos perfis na internet. Produzir conteúdo diferenciado para cada uma delas pode tomar todo o seu tempo.  Deixamos de dar os parabéns pessoalmente, compartilhamos um monte de coisas sem sentido, compartilhamos noticias sem conferir se realmente são verídicas e ainda temos uma infinidade de amigos que são apenas virtuais, isso porque nunca realmente nos encontramos com eles.

Dependência do celular: Hoje os Smartphones fazem o trabalho de despertador, relógio, calculadora, bloco de anotações, correio, tocador de músicas, computador entre outras coisas, e ainda fazem ligações. Quando não estamos com o smartphone na mão é como se estivéssemos completamente incapacitados. É como se uma parte das pessoas tivesse sido arrancada. Não conversamos com as pessoas, mas em compensação trocamos mensagens o tempo todo mesmo estando muitas vezes no mesmo local.

Internet: Qualquer coisa, ou praticamente tudo o que pesquisamos encontraremos na internet. Isso nos deixa muito dependentes, sempre que buscamos alguma informação recorremos à internet. Porém, nem tudo está disponível na internet, isso sem falar que em algumas ocasiões podemos ficar sem o acesso. Ou por problemas de conexão, ou simplesmente por estarmos em um local sem cobertura.

O Google nos socorre o tempo todo, mas esquecemos que aquilo que está na internet é conteúdo que foi produzido por pessoas iguais a nós, algumas com maior conhecimento, outras nem tanto. Muita coisa útil pode ser encontrada na internet, mas precisamos discernir o útil do inútil. Os livros impressos muitas vezes ficam de lado e quando somos obrigados a consultá-los muitas vezes evitamos por preguiça, afinal o copiar e colar é muito mais fácil e rápido que virou uma mania. Além disso, quase sempre esquecemos que aquilo foi feito por alguém e esquecemos de citá-los em nossos trabalhos.

Como publicar vídeos no Facebook

A plataforma mais popular para publicar vídeos ainda é o YouTube, mas o Facebook está de olho neste mercado. O Facebook fez algumas alterações para entrar na briga pela exibição de vídeos. Uma das principais alterações é que os vídeos publicados no YouTube e compartilhados no Facebook não são exibidos automaticamente, para vê-los é preciso clicar sobre o vídeo. Já os vídeos que são publicados diretamente no Facebook são visualizados automaticamente.

Fiz um teste com um de meus vídeos, o que foi publicado apenas no YouTube e compartilhado no Facebook conseguiu apenas 25 visualizações, o que foi publicado diretamente no Facebook obteve 80 visualizações e alcance de 250 pessoas. Isso prova simplesmente que os vídeos que são publicados diretamente no Facebook ganham mais destaque do que o concorrente.

Vamos ver agora como publicar vídeos no Facebook

Clique na opção Foto/Vídeo

como publicar vídeos no Facebook

Publicar vídeos no Facebook

Depois em Carregar Fotos/vídeos e escolha o vídeo em seu computador

2Depois digite alguma coisa para descrever seu vídeo e clique em publicar como na próxima imagem
Continue reading

Quantas redes sociais você tem?

Existem tantas redes sociais que precisamos escolher de qual participar

Redes sociais

Redes sociais

Hoje em dia existem quase uma infinidade de redes sociais pelo mundo afora. Algumas muito famosas como o Facebook, o Twitter, o YouTube, WhatsApp, Instagram e Google +. Outras menos conhecidas como o Pinterest, Flickr, Tumblr, Reddit, entre outras.

Existem pessoas que se cadastram em todas as redes sociais que aparecem pela frente, basta alguém enviar um convite, mas será que alguém consegue ficar ativo em todas as redes sociais que se cadastra? Dificilmente a resposta vai ser sim. Isso porque o conteúdo que será publicado precisa primeiramente ser criado, ou seja, ou você cria muito conteúdo ou fatalmente terá que republicar a mesma coisa em todos os lugares. A mesma irá acontecer com as redes sociais onde você publica fotos e com as redes sociais onde você publica vídeos.

Ou você publica conteúdo original ou simplesmente ficará compartilhando coisas que os outros criaram. Se você tem capacidade para publicar muito conteúdo e tempo suficiente para isso, então é melhor possuir um site e não apenas participar das redes sociais. Assim o conteúdo publicado e compartilhado nas redes sociais será de sua autoria e ainda é possível conseguir algum rendimento com ele.

Hoje em dia é muito fácil fazer um site ou blog gratuitamente na internet, utilize o Blogger ou o WordPress para isso. Utilize o Blogger se pretende inserir anúncios em sei Site/Blog, utilize o WordPress.com se pretende apenas publicar conteúdo sem gerar renda. Se pretende conseguir alguma renda utilize o WordPress.org e contrate um serviço de hospedagem.

Se consegue escrever muito mesmo, pense em transformar isto em um livro. Ficar o tempo todo publicando coisas sem sentido em redes sociais além de ser tempo perdido, não lhe dará retorno algum.

E você, em quantas redes sociais tem cadastro? Em quantas consegue permanecer ativo?

Facebook fez alteração em páginas de fãs

O Facebook anunciou uma alteração nas curtidas das páginas de fãs

Após o anúncio de que uma alteração nas curtidas das páginas seria implantada com um novo tipo de contagem, excluindo páginas inativas do total, finalmente os donos de páginas perceberam a alteração.

Para aqueles que não estavam preparados foi um verdadeiro choque, de repente o número de fãs foi reduzido.

A princípio pode parecer ruim, pois perder fãs é ruim mesmo, porém, as páginas mostravam um número que não era a realidade. De agora em diante as páginas mostram apenas as pessoas que curtiram as páginas e mantém o perfil do Facebook ativo.

Curtidas de páginas do Facebook

Quem acessa as informações da página vê a seguinte mensagem: “Recentemente atualizamos a forma como medimos o número de pessoas que curtiram sua Página. As Páginas poderão observar uma redução das curtidas após 12 de março quando removermos as curtidas de contas do Facebook inativas”.

Os perfis inativos podem ser computados novamente caso os usuários tornem o Facebook ativo outra vez.

Com esta mudança os donos de páginas podem se basear em números que mostram a realidade, ao fazer uma campanha ou qualquer outra atividade saberão exatamente quantas pessoas são fãs e estão ativos.

Hoje foi o fim do Orkut

Fim do Orkut

Fim do Orkut

Como foi anunciado pelo Google, hoje 30 de setembro de 2014 o Orkut terminou oficialmente.

Apesar de muitos já terem anunciado seu fim, ele ainda estava funcionando, mas a partir de hoje ele realmente acabou.

O Brasil era o país com maior número de usuários ativos, no auge do Orkut era assim e atualmente ainda era o país com mais usuários.

Já a algum tempo que nem se ouvia mais falar no Orkut, o que por si só demonstra a sua perda de popularidade para outras redes sociais como o Facebook, Twitter e até mesmo a Google +.

Apesar de muitos serem contra o seu fim, era inevitável sua descontinuação. O Google desistiu do Orkut a algum tempo, principalmente depois de lançar o Google +, desde então incentivava os usuários a criar uma conta na rede social. Até mesmo deu a opção para os usuários de migrar as fotos do Orkut para o Google +.

Infelizmente nada sobrevive ao fracasso. Assim foi com o MSN, Hotmail e agora com o Orkut. É difícil se manter entre os melhores e mais populares. Hoje o Facebook é a maior rede social do mundo, porém, nada garante que isso será a realidade daqui a 10 anos, por exemplo. A inovação é primordial, a menos que não apareça outra rede social mais atraente, o risco de perder a liderança sempre será uma hipótese a levar em consideração.

 

Você é viciado em redes sociais?

Você é viciado em redes sociais

Redes sociais

Nós seres humanos temos vícios de todos os tipos e se tratando de redes sociais não seria diferente. Algumas pessoas não conseguem se controlar e sem perceber ficam viciadas em redes sociais também.

Isso pode prejudicar tanto a vida social e amorosa, quanto ao seu desempenho no trabalho pode ser pior ainda.

Mas como saber se você é um viciado em redes sociais, vamos ver alguns pontos que podem dizer se você é um deles. Como parâmetro vamos utilizar o Facebook que é a maior rede social da atualidade.

  • Ao ligar seu computador, tablet, notebook ou celular, a primeira coisa que você faz é acessar o Facebook para ver se tem alguma novidade;
  • Quando está trabalhando ou fazendo alguma coisa no computador fica o tempo todo logado no Facebook para ver as novidades;
  • Curte, comenta, ou compartilha tudo o que vê pela frente;
  • Não consegue ficar muito tempo sem acessar o Facebook;
  • Ficar nervoso quando por algum motivo não pode acessar a rede social;
  • Evita ir para lugares onde não é possível ter acesso a internet;
  • Mesmo quando tem visita ou simplesmente está conversando com alguém não consegue parar de olhar para o celular que está em sua mão e conectado;
  • Fica preocupado porque o tempo está passando e ainda não publicou nada hoje.

Essas são apenas algumas atitudes de pessoas viciadas. No trabalho algumas empresas costumam proibir o acesso ou limitar por algum tempo o acesso as redes sociais, no entanto, para pessoas que sabem os limites não precisa nada disso. Apenas para os viciados mesmo.

Permitir o Uso das Redes Sociais no Trabalho, ou Não?

O uso das redes sociais já faz parte da vida das pessoas, tanto é que muitas vezes elas acabam misturando as coisas e prejudicando os afazeres do dia-a-dia e do trabalho. Ninguém tem a necessidade de ficar horas e horas navegando pelas redes sociais, mas algumas pessoas acabam viciando e ficando muito tempo apenas fazendo isso.

Hoje em dia a moda é Facebook, é mais fácil perguntar quem não tem do que perguntar quem é que tem Facebook. Mas também existem muitas outras atividades que podem tomar o tempo de uma pessoa, uma bem atraente são os vídeos do Youtube, se uma pessoa se prender a algum tipo de assunto é arriscado ficar horas assistindo a filmes.

Este tipo de situação atrapalha as atividades de uma pessoa no dia-adia e na empresa pode diminuir a produtividade do funcionário. Mas quando permitir e quando proibir o uso das redes sociais no trabalho? Proibir pode deixar os funcionários frustrados e de mal humor. Liberar geral pode prejudicar o desempenho dos funcionários e consequentemente ocasionar prejuízos para a empresa. Mas então o que fazer? Uma solução é o bloqueio temporário das redes sociais, neste caso apenas por determinado horário é possível acessar as redes sociais, no restante do horário de trabalho elas ficam bloqueadas.

A empresa precisa tomar cuidado para não prejudicar a produtividade de seus próprios funcionários ao fazer isso, talvez não seja necessário bloquear o Youtube por exemplo, pois os acessos diários são em pequena quantidade na empresa, ao bloquear este recurso o funcionário pode ficar impedido de pesquisar sobre um assunto que poderia ser importante para o seu trabalho. Outro cuidado que precisa ser tomado é na hora de bloquear as palavras que podem ser pesquisadas no Google. Pode ocorrer de uma palavra pesquisada ser bloqueada sem necessidade e assim impedir o funcionário de fazer a pesquisa.

Também existem empresas onde tudo isso é desnecessário, os funcionários sabem dos limites e a utilização das redes sociais é permitido o tempo todo, não é porque é permitido o tempo todo que eu preciso ficar o tempo todo conectado no Facebook, por exemplo.

Como é que pode uma empresa que possui página no Facebook não permitir que seus funcionários possam acessá-la?

Último Dia do MSN

MSN: é o fim      Hoje 30/04/2013 é o último dia para quem quer migrar do MSN para o Skype, no entanto a migração é obrigatória. Quem tentar utilizar o serviço após esta data não conseguirá. Fica a dúvida como será o procedimento para aqueles que não fizerem a migração até esta data.

      Para aqueles que pretendem migrar para o Skype, basta baixar a versão mais atual do Skype e entrar com o mesmo login e senha do MSN que todos os contatos serão migrados para o novo serviço.

      Muita gente está reclamando do fim do serviço, mas o MSN perdeu espaço nos últimos anos principalmente para o bate-papo do Facebook. Esta é uma tentativa da Microsoft voltar a ser uma das líderes neste mercado.

      Vamos ver se realmente a aposta vai dar certo. Afinal eles pagaram um preço considerável alto pela aquisição do Skype e precisam ter o retorno do investimento.

MSN: por que motivo ele vai acabar?

Fim do MSN

      Tem muita gente reclamando que o serviço vai acabar, outros ainda duvidam que isto seja verdade. Mas não tem jeito, é verdade mesmo. Quem quer continuar utilizando o serviço de mensagens deve baixar a versão mais atual do Skype, depois entrar com o mesmo usuário e senhas do MSN que todos os contatos serão transferidos do MSN para o Skype. Ou seja, não é apenas uma opção, é uma mudança obrigatória. Da mesma forma que acontece com o Hotmail, todos devem migrar para o Outlook, quem não atualizou será automaticamente migrado para o outro serviço.

      Mas por que isto esta acontecendo com o MSN? Existem dois motivos. O primeiro é que a Microsoft comprou o Skype que tem funções parecidas com as do MSN, mas fornece recursos a mais. O segundo é que a utilização do MSN caiu exageradamente e como qualquer outro serviço que é pouco utilizado, a solução é acabar com o produto e tentar lançar outro mais atrativo. Neste caso a Microsoft deu a opção para que todos os usuários do MSN migrassem para o Skype.

      Mas por que o MSN deixou de ser utililizado por muitos usuários? A resposta é simples. Para utilizar o MSN era preciso ter o programa instalado no computador, abrir o programa e entrar com usuário e senha para ver quem estava on-line e bater papo. Porém o Facebook oferece este mesmo serviço sem a necessidade de instalação de qualquer programa no computador. Como hoje em dia quase todos os internautas possuem Facebook, as conversas e troca de mensagens acontecem diretamente no Facebook.

      A mesma coisa acontecia com o Hotmail e acontece com o Outlook, é possível bater papo diretamente da caixa de entrada com as pessoas que estão on-line no facebook. Portanto, o MSN teoricamente deixou de ter utilidade.

      Antigamente quase todos tinham MSN e Orkut, mas isso já é passado. Resta saber se o Facebook conseguirá se manter como está ou terá o mesmo destino de seus antecessores.

Sua Empresa Está nas Redes Sociais?

Redes Sociais

Hoje em dia possuir um site na internet, com detalhes sobre a empresa, catálagos de produtos, preços, locais de venda, contato, etc., já é mais do que obrigação. No entanto, cada vez mais surgem novas maneiras de se comunicar com os clientes, as redes sociais surgiram como um ferramenta importantíssima que não pode ser deixada de lado. Existem muitas redes sociais, entre as mais populares estão o orkut, o Twitter, MSN, Facebook, YouTube e Flickr. Com destaque principalmente para o Facebook que superou o Orkut e já é a rede social com mais usuários no Brasil, além de ser a mais popular no mundo.

No Brasil o Facebook já possui mais de 40 milhões de usuários, grandes empresas de vendas na internet sabem do potencial deste recurso e criaram páginas para as empresas no Facebook, estas páginas possuem milhares de fãs que recebem informações sobre produtos, promoções, novidades sem precisar acessar o site da loja. Em poucos minutos uma informação pode ser compartilhada com milhares de pessoas. No entanto, é preciso tomar cuidado com a imagem da empresa, um cliente insatisfeito pode compartilhar sua insatisfação com outros milhares de usuários.

A opção curtir do Facebook é um ótimo feedback para a empresa avaliar se está agradando o público, além disso os clientes podem fazer comentários que podem servir para melhorar os serviços da empresa.

Criar uma página no Facebook é muito fácil, para atingir mais pessoas em menor tempo é preciso investir um pouco de dinheiro, mas certamente o retorno sobre o investimento será bom se a empresa anunciar produtos ou serviços de qualidade.

Crie uma página no Facebook