Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Ensino Superior (page 2 of 5)

Divulgado o Resultado do Vestibular UNEMAT 2013/2

Vestibular 2013/2

Vestibular 2013/2

A Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT antecipou a divulgação do resultado dos aprovados no vestibular 2013/2, inicialmente a previsão de divulgação era a partir do dia 19/07/2013.

Hoje dia 15/07/2013 a relação dos aprovados em cada curso já pode ser consultada no site da instituição.

A consulta pode ser realizada após a escolha do Polo de Vaga e escolha do curso em que o candidato prestou o vestibular.

A consulta pode ser realizada diretamente através do site da instituição no link abaixo:

Resultado do vestibular UNEMAT 2013/2

Resultado do Vestibular 2013/2 da UNEMAT deve ser divulgado a partir do dia 19 de julho

UNEMAT

   O resultado final será divulgado no endereço eletrônico www.unemat.br/vestibular, através de listagem em ordem alfabética dos candidatos aprovados no limite de vagas oferecidas, conforme item 2.1, a partir do dia 19/07/2013.

     Para saber a classificação, o candidato deverá acessar o endereço eletrônico www.unemat.br/vestibular utilizando o número da inscrição e número do CPF.
O resultado do Concurso Vestibular 2013/2 terá validade para ingresso do candidato na UNEMAT, no período letivo acadêmico de 2013/2.

     A Assessoria de Gestão de Concursos e Vestibulares compromete-se a fornecer os resultados à imprensa, não se responsabilizando, porém, pela sua publicação.

É bom que os candidatos fiquem atentos para não perderem o período de matrículas.

Para este vestibular a novidade é a abertura de novos cursos de Direito nos Campis de Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda.

Fonte: http://vestibular.unemat.br/20132/documentos/20132/vest2013_2_edital_01_abertura.pdf

Unemat Campus de Alta Floresta Abre Seletivo para Professores

seletivo para professores

seletivo para professores

Foi publicado o edital com vagas disponíveis para professores dos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Direito e Engenharia Florestal.

O período de inscrições será: 08/07/2013 a 19/07/2013.

As vagas são para diversas áreas de formação, Agronomia, Biologia, Engenharia Florestal, Pedagogia/com especialização em educação especial, Física ou Químia, Matemática, Física ou áreas afins, Letras, Filosofia, Direito, e Economia, Direito ou Administração.

A remuneração para 20 horas semanais é de:

R$ 1.837,17 para graduado;

R$ 3.417,11 para mestre;

R$ 4.225,46 para doutor.

O resultado final deve ser publicado a partir de 26/07/2013.

O edital completo está disponível no site da UNEMAT no link abaixo:

http://www.unemat.br/seletivos/docs/prof2013/edital_037_2013_alta_floresta.pdf

Nota do Enade 2012 Ainda Não Foi Divulgada

Enade

Enade

      Já se passaram seis meses da prova do Enade 2012, no entanto, o Boletim de Desempenho com as notas dos participantes ainda não foi liberado. A prova foi realizada no dia 25/12/2012 e a previsão é de que o resultado fosse divulgado até seis meses após a prova. Segue abaixo trecho do Manual do ENADE 2012.

       “O Boletim de Desempenho do Estudante será disponibilizado aos estudantes participantes do Enade 2012 por meio da página da Internet http://portal.inep.gov.br. As formas de acesso eletrônico ao Boletim de Desempenho do Estudante serão divulgadas pela mesma página da Internet e será iniciada após a divulgação oficial dos resultados do Enade 2012, estimada para seis meses após a realização do Exame“.

      Acredito que existe exagero na demora da liberação destes resultados. É inadmissível se esperar 6 meses para saber o resultado de uma prova. Pior é que já se passaram os seis meses previstos e o resultado ainda não saiu.

Isto acaba desestimulando as pessoas que fazem a prova. Muitos já não levam o ENADE a sério. Posso dizer isso porque vivenciei tal fato na faculdade. A nota é para avaliar o desempenho dos alunos e das universidades. A demora é tão grande que muitos nem ao menos lembram de consultar o boletim de desempenho no site no INEP.

Como saber sua nota no ENADE?

Apenas Doutores Poderão Ingressar na Carreira de Professores nas Universidades Federais

O Governo Federal alterou a lei que estava em vigor desde o final do ano de 2012 a qual permitia que professores apenas com a graduação pudessem concorrer a vagas em concursos públicos para o magistério nas insituições federais de ensino.

“A titulação de doutor passa a ser requisito, a partir de agora, para ingresso na carreira do magistério superior. É o que determina medida provisória editada pelo governo federal, alterando a Lei nº 12.772, de 28 de dezembro de 2012, que dispõe sobre a estruturação do Plano de Carreiras e Cargos de Magistério Federal. Os concursos públicos terão como requisito de ingresso o título de doutor na área pretendida.

Abaixo o texto retirado do site do MEC:

“O texto da MP determina que as universidades federais poderão dispensar a exigência do título de doutor, quando se tratar de áreas de conhecimento ou localidade com grave carência de detentores de titulação acadêmica de doutor. Neste caso, poderão ser aceitos mestres, profissionais com especialização ou diploma de graduação. A decisão será fundamentada pelos conselhos superiores das universidades.

As alterações nos requisitos de acesso a cargos públicos realizadas pela MP não produzem efeito para os concursos cujo edital tenha sido publicado até 15 de maio deste ano.

O texto da MP foi publicado na edição do Diário Oficial da União desta quarta-feira, 15″.

Fonte: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=18673:titulo-de-doutor-passa-a-ser-exigido-para-novos-professores-&catid=212&Itemid=86

A falta de coerência com as iniciativas do Governo foi o principal motivo para a mudança e exigência de Doutorado. Como pode aceitar graduados ministrando aulas em universidades federais no momento em que o Governo incentiva a pós-graduação e até concede bolsas para estudo no exterior?

Alta Floresta-MT pode Virar um Polo de Ensino

 

Educação

     Atualmente Alta Floresta-MT conta com um Campus da Universidade do Estado de Mato Grosso – UNEMAT, onde atualmente são oferecidos 3 cursos de graduação regulares, Agronomia, Ciências Biológicas e Engenharia Florestal. Para o mês de agosto de 2013 está previsto o início do curso de Direito no Campus. Além disso, o Campus de Alta Floresta oferece uma turma única de Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo, uma turma de Licenciatura Parceladas em História e dois cursos de pós-graduação em nível de mestrado. Sendo Mestrado Acadêmico em Biodiversidade e Agroecossistemas Amazônicos, e Mestrado Acadêmico em Genética e Melhoramento de Plantas (Multicampus).

      Está confirmada a construção de um Campus  do IFMT em Alta Floresta, a prefeitura do município já fez a doação da área para a construção, restando agora o Governo Federal viabilizar a construção da estrutura física necessária.

      Também está prevista a construção de uma unidade do SENAI em Alta Floresta.

      Também existe a possibilidade da criação de um Campus da UFMT em Alta Floresta, o Deputado Federal Nilson Leitão possui o PROJETO DE LEI N.o 4.521, DE 2012 que está tramitando na Cãmara dos Deputados, e prevê a instalação do Campus em Alta Floresta.

      Com certeza é uma oportunidade de crescimento para o município que atrairá estudantes de toda a região, aquecimento do comércio e criação de empregos.

Vestibular Unemat 2013/2

Vestibular Unemat

O vestibular da UNEMAT 2013/2 foi divulgado, as provas serão realizadas no dia 26/05/2013, sendo que desta vez as provas acontecerão apenas em um dia, no período da manhã das 08:00 às 12:00 horas e no período da tarde das 15:00 as 19:00 horas.

As inscrições serão do dia 18/03/2013 até o dia 22/04/2013.

O valor da taxa de inscrição está fixado em R$ 90,00

Para este vestibular a novidade é a abertura de 3 novos cursos de Direito, nos campis de Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda.

O edital completo pode ser acessado atraveś do endereço seguinte endereço http://vestibular.unemat.br/20132/?page=20132

Fonte: http://www.novoportal.unemat.br/

Curso de Direito na Unemat de Alta Floresta-MT

É o que está sendo divulgado na mídia nos útlimos dias, o curso já estava sendo esperado desde o ano passado, quando foram anunciados 9 novos cursos na UNEMAT, no entanto, os cursos de Direito nos Campis de Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda não tinham sido implantados ainda pois se aguardava o aval da OAB Federal.

Com a implantação do curso de Direito na Unemat em Alta Floresta-MT, os moradores da cidade e região passam a ter mais uma opção de curso gratuito, pois apesar do Campus da Unemat já estar instalado no município desde o ano de 1992, apenas 3 cursos são oferecidos, Agronomia, Ciências Biológicas e Engenharia Florestal. Em 2013 o campus passa a oferecer também uma turma especial de jornalismo com turma única que terá início  ainda em fevereiro de 2013. Com a implantação do curso de Direito, serão 4 cursos regulares e mais o curso de Jornalismo.

Aqueles que aguardavam ansiosamente por esta notícia já podem se preparar para o vestibular que deve ocorrer no meio do ano, ao que tudo indica desta vez o curso será implantado com certeza.

Nível Superior: qual curso escolher?

Nível superior

Esta é a dúvida de muitos jovens ao terminarem o ensino médio, é claro que muitos já sabem muito bem o que querem, alguns se espelham nos pais e querem ter a mesma profissão e outros conseguem se identificar com a profissão antes mesmo de começar a estudar. Para aqueles que não sabem o que fazer, a melhor sugestão é buscar informações sobre o curso pretendido. Quais serão as disciplinas estudadas e qual será a área de atuação depois de formado. Isso para não ter surpresas durante os estudos e acabar abandonando por não gostar da profissão.

Muitos ficam indecisos e acabam prestando vestibular para os cursos com maior procura, engenharia, direito, administração, etc. Outros escolhem o curso por falta de opções, nos dois casos é preciso ter consciência de que a partir do momento que entramos na faculdade precisamos ter interesse pelas disciplinas mesmo que sejam chatas, ou certamente não conseguiremos alcançar a média para aprovação. Mesmo que façamos um curso apenas por fazer, mas conseguimos chegar ao final, devemos honrar a profissão. É verdade que muitos abandonam logo no início, e outros acabam gostando e vão até o final.

Seja como for, quem conclui um curso de graduação precisa passar por todas as etapas necessárias, disciplinas gerais, específicas, estágio, monografia, etc. Já é difícil para quem sabe que está fazendo o curso certo, imagine passar 4 ou 5 anos estudando e no final descobrir que aquilo não era nada daquilo que você queria.

É tempo e dinheiro perdido, com tanta informação disponível na internet não há motivos para ter dúvidas sobre o curso.

Unemat Pode ter Mais Dois Campi: tudo depende de aumento do orçamento

Apesar de sair na mídia que a Uninova seria incorporada pela Unemat já no início de 2013, a proposta ainda não havia passado pelo CONSUNI, onde deveria ser aprovada. No entanto, agora o Conselho Universitário da Unemat aprovou não só a incorporação da Uninova, mas também da Uned de Diamantino. Mas para que isto se torne realidade será preciso que sejam garantidos recursos financeiros e a convocação de aprovados em concurso público e ainda a realização de concurso público para professores. Abaixo a notícia na integra:

O Conselho Universitário  (Consuni) da Universidade do Estado de Mato Grosso aprovou a criação de dois novos campi nos municípios de Nova Mutum e Diamantino. A aprovação foi condicionada a implantação dos mesmos com a aprovação de emenda constitucional que está em tramitação na Assembléia Legislativa que garante um percentual que varia de 2.1 a 2.5 percentuais da receita corrente líquida do Estado a partir de 2013 até 2017.

A aprovação com a ressalva da incorporação das instituições de ensino superior Uninova (de Mutum) e Uned (Diamantino) foi por unanimidade dos conselheiros.  Com a aprovação a Unemat passaria a oferecer 56 cursos de graduação presenciais em 13 campi, sendo três em Nova Mutum (Administração, Ciências Contábeis e Agronomia) e quatro em Diamantino (Direito, Administração, Enfermagem e Educação Física).

O reitor da Unemat, professor Adriano Silva, destacou que a Unemat está sempre disposta a discutir a expansão da oferta do Ensino Superior Público em Mato Grosso, e que entende legítimo a reivindicação dos municípios pela presença da instituição, mas lembra que o projeto de expansão passa por entraves financeiros e orçamentários. “Temos que garantir a qualidade do ensino, pesquisa e extensão prestados pela Unemat, e não temos como atender todas as reivindicações sem um orçamento que faça frente as nossas despesas de custeio, manutenção e investimentos”, afirmou.

Segundo ele, o posicionamento dos conselheiros em vincular a expansão e a abertura de novos campi e cursos ao aumento da receita da instituição demonstra o comprometimento do corpo docente, técnico administrativo e dos gestores com a qualidade dos serviços prestados a população, ao mesmo tempo que mostra o interesse e comprometimento com a consolidação do Estado de Mato Grosso.  “A vinculação orçamentária da Unemat a receita do Estado vai garantir tranqüilidade no planejamento e execução das ações,garantindo a autonomia da universidade, o que é uma conquista história para a instituição”, diz.

Além da condicionante orçamentária, os conselheiros ainda colocaram como ressalva a implantação dos novos campi e cursos a autorização para a realização de concursos públicos e a posse dos aprovados em concursos para atender a demanda da instituição.

A implantação dos novos campi vai depender agora da aprovação e publicação da emenda constitucional requerida pelo Conselho Universitário que está em discussão na Assembléia Legislativa.

Fonte: http://www.novoportal.unemat.br/

« Older posts Newer posts »
Administração e Sucesso