Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: empreendedor

Pensando em abrir uma empresa em casa? Veja uma lista de itens imprescindíveis

Cada vez mais pessoas buscam empreender em território nacional. Segundo dados do relatório GEM 2017, do Global Entrepreneurship Monitor em parceria com o Sebrae e com a FGV, a taxa total de empreendedorismo no Brasil em 2017 foi de 36,4%. Isso significa que a cada 100 brasileiros adultos (entre 18 e 64 anos), em média 36 estão à frente de algum negócio próprio, o que resulta em aproximadamente 50 milhões de brasileiros empreendendo em 2017.

O cenário deve continuar em crescimento constante. Não faltam pessoas que buscam oportunidades de iniciar seus próprios negócios. Para quem deseja iniciar os trabalhos na própria empresa e deseja fazer isso em casa inicialmente, alguns itens e equipamentos são essenciais.

Do gás para empresas aos equipamentos eletrônicos: o que é necessário?

A escolha dos equipamentos essenciais para uma empresa em casa depende, basicamente, do nicho de atuação do empreendimento. Para quem pretende fornecer alimentos, como marmitas congeladas, salgados, doces e outros produtos do tipo, a substituição do botijão comum pelos cilindros degás para empresas é uma escolha inteligente e econômica. A aquisição de um forno potente e um fogão industrial, além de um freezer vertical, também entra na lista de prioridades.

Seja qual for o ramo do negócio, a conexão à internet é fundamental, tanto para atender pedidos quanto para divulgação. Um bom notebook, uma impressora e um plano de internet com velocidade boa são indispensáveis. Um smartphone de boa qualidade também faz a diferença, sobretudo para quem trabalhará com entregas.

Se você pretende montar uma loja virtual ou um escritório em casa, além do trio computador, impressora e internet, é preciso criar um espaço de trabalho eficiente, que proporcione conforto e também agilidade nos processos. Móveis com gavetas, prateleiras para armazenamento do estoque, mesa espaçosa e uma cadeira ergonômica são aquisições importantes.

Caso o empreendedor tenha dúvidas sobre exatamente que itens precisa adquirir para o seu negócio, a dica é buscar o auxílio do Sebrae da sua região, que possui um atendimento especializado para micro e pequenos empreendedores.

Escrito por: Bruna Rodrigues

O que você precisa saber antes de abrir sua empresa?

Ser dono do próprio negócio habita o imaginário de muitos brasileiros, porém a falta de planejamento pode acabar prejudicando o empreendimento. Confira o que você precisa saber antes de abrir uma empresa.

O empreendedorismo tornou-se uma tendência e cada vez mais pessoas se interessam por ser donas do próprio negócio. A ideia de ser o próprio patrão é atraente para muitos trabalhadores e os motivam a investir numa empresa própria. Hoje, há meios que facilitam tirar as ideias do papel (como abrir MEI, por exemplo), porém é preciso saber algumas coisas que podem orientar e evitar problemas futuros.

office-3295556_960_720

A princípio, é importante salientar que é sempre mais seguro e motivador para o empresário empreender em áreas que já conhece e gosta. Um empreendimento em algo que se possui pouco domínio pode ser arriscado economicamente. Além disso, estabeleça previamente o capital inicial de sua empresa. É sempre tentador iniciar um empreendimento com fundos dos bancos e recorrer a empréstimos, entretanto isso pode vir a ser o fim do negócio tendo em vista que nos meses iniciais de atividade o lucro pode não ser alto e o gestor pode acabar se endividando o que comprometerá o orçamento.

É sempre preciso, também, organizar os gastos com a empresa tendo em mente todos os recursos que serão necessários – de gastos funcionários a gastos com decoração, por exemplo – para tornar a ideia possível e funcional. Portanto, gaste um bom tempo na estruturação de um plano de ação de sua empresa para converter metas em realidade. Somando isso a um capital de giro para as despesas iniciais referentes ao começo das atividades e ao conhecimento dos custos de empreendimento e mercado de sua área, dificilmente haverão problemas com o orçamento.

A separação entre as finanças pessoais do empresário e as finanças da empresa podem ser de grande ajuda para o empreendimento. A não dissociação de gastos pessoais dos empresariais é sinal de gerenciamento ruim das contas e que pode afetar a lucratividade do negócio. A atuação de um contador profissional que possa orientar e auxiliar sua ideias nesta fase inicial não deve ser descartada.

Já no lado referente à equipe, deve-se ter muita atenção na escolha dos sócios do empreendimento. Não é recomendado fazer parceria com alguém que apenas será capaz de fornecer o capital da maneira mais fácil e rápida. Trabalhe com gente que conheça a área em que pretende empreender tanto em questões conceituais da área quanto em questões mercadológicas. Lembre-se que uma sociedade de negócios é uma soma de conhecimentos e particularidades que devem alavancar a empresa

Além do mais, a contratação de uma equipe competente e da transformação do pequeno empresário em um gestor de fato que será responsável por delegar tarefas e funções é imprescindível, tendo em mente boas estratégias de organização de equipe e tomada de decisões.

Quando todos esses pontos estiverem bem estruturados é obrigatório já ter em vista o perfil de seu cliente. O cliente é a questão determinante em qualquer empreendimento. Conheça bem cada traço da personalidade do cliente em potencial, o que ele gosta, se sua empresa seria capaz de atender as expectativas e necessidades dele. Para isso, é essencial organizar uma pesquisa de mercado detalhada, pois terá influência direta no crescimento do seu negócio.

Escrito por: Rafaela Roque Fernandes

Conheça os 7 passos essenciais para ser um empreendedor de sucesso!

Algumas dicas são essenciais para que se desenvolva um empreendedor de sucesso. Todo empreendimento nasce, basicamente, de um sonho. O novo empresário enxerga e idealiza conquistas, porém, para realizá-las, um caminho com altos e baixos precisa ser enfrentado.

Empreendedor de sucesso

  1.  Seja um bom líder:

 

O líder precisa ser um bom ouvinte e conhecer a imagem que passa. Ouvir os outros também implica em saber que nem sempre as ideias do líder devem ser impostas, escutar conteúdos que possam acrescentar e aprender com os colaboradores é importante. Não criticar abertamente e não perder a cautela para julgar também são boas características. Os elogios feitos motivarão os funcionários.

  1.   Crie algo inovador e que tenha destaque:

A competitividade do mercado não permite que produtos, serviços ou marcas prosperem sem que possuam traços revolucionários. Oferecer recursos que aprimoram alguma necessidade e sempre mantê-los atualizados diante de todas as outras novidades que surgem é ideal para ascender ao sucesso.

  1. Buscar informações sobre o setor e clientes:

O grande empreendedor pesquisa e conhece seu público alvo. Sabe quem são os fornecedores, concorrentes e os que mais se interessam pelos serviços fornecidos. Consulta especialistas que possam lhe interessar. Frequenta feiras e eventos que sejam de sua área ou correlatas. Maior quantidade de informações significa maiores contatos na área de atuação.

  1.  Planejamento é seu segundo nome:

“Onde estou?”. “Onde quero chegar?”. “O que preciso fazer para chegar lá?”. As ações precisam ser repensadas e revistas. As companhias que podem auxiliar no crescimento serão avaliadas e consideradas. A situação econômica é registrada em históricos financeiros. Os planos devem caber no orçamento. Não há problema em reconhecer os erros cometidos durante o planejamento, o que não pode é não corrigi-los.

  1. Persistência e perseverança:

Os jovens empreendedores e as pequenas empresas precisam ter o entendimento que, muitas vezes, estarão sozinhos no âmbito econômico. Não se pode desistir e nem fracassar. Aliás, reconhecer que deslizes não são fracassos é uma habilidade de persistência. A convicção e confiança em seus projetos são presentes em todas as circunstâncias. É de extrema necessidade que se estabeleça metas e se esforce ao máximo para atingi-las.

  1. Qualidade e eficiência:

Quem contrata quer se sentir surpreendido de maneira positiva. O prestador de serviços deve estar ciente de que precisa auxiliar os clientes quando necessário e se manter à disposição para dúvidas e exigências frequentes. Embora as pequenas empresas demonstrem menos recursos, eles podem ser muito bem aproveitados.

  1. Estar contente com os resultados mas ser um eterno insatisfeito:

A rotina produtiva é capaz de ser melhorada. Buscar a perfeição pode ser utopia, porém, essa busca não deve ser deixada de lado. Os projetos não devem estar subordinados à perfeição, eles devem alcançá-la aos poucos e no ritmo da companhia. Antes bem feito do que perfeito.

(LINK VIRTUAL OFFICE http://www.virtualoffice.com.br/conheca-os-7-passos-essenciais-para-ser-um-empreendedor-de-sucesso/)

Este artigo foi escrito por Virtual Office e cedido para publicação aqui no Blog.

Administração e Sucesso