Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: Copa do Mundo (page 2 of 2)

Estádios Novos ou Novos Problemas?

      Praticamente todos os estádios para a realização da Copa do Mundo no Brasil em 2014 estão sendo totalmente reconstruídos. Algumas excessões como a construção de um estádio novo em São Paulo, e as reformas de outros como a Arena da Baixada em Curitiba, e o Beira Rio em Porto Alegre. A verdade é que alguns destes estádios são realmente muito utilizados e tem total condições de serem mantidos. Mesmo que tenham sido erguidos com dinheiro público, o que não é correto na minha opinião em um país onde falta educação, saúde, transporte, habitação, etc.

      Por outro lado existem estádios sendo erguidos onde não existe público suficiente para uma média razoável por jogo. Ou melhor dizendo, os times de futebol local não empolgam o torcedor, pois não participam nem ao menos da primeira divisão do futebol brasileiro. Estes estádios terão muito mais dificuldades para serem mantidos sem prejuízos para os cofres públicos.

      Todos os estádios que serão utilizados na Copa das Confederações do Brasil deveriam ter sido entregues em dezembro de 2012, mas como todos sabem apenas 1 estádio foi entregue na data prevista, o Estádio Castelão no Ceará. O estádio do Maracanã deve ser entregue bem próximo da competição.

      Já para a Copa do Mundo cogitaram até em mudar a abertura do mundial de São Paulo para Brasília, caso o Estádio que está sendo construído não fique pronto a tempo. Este é apenas um problema, outro problema é que os estádios estão custando mais do que o previsto inicialmente.

      Os estádios vão ser entregues fora do prazo, mas serão entregues. A preocupação é com a qualidade destas obras depois dos últimos acontecimentos. O estádio do Maracanã já passou por enchente antes mesmo de sua inauguração. Já o Mineirão alagou com a chuva às vésperas de sua reinauguração. No entanto, estes problemas são prejudiciais apenas para os jogos. O que não podem ocorrer são problemas estruturais como aconteceram com o Estádio Engenhão. Um estádio com apenas 6 anos e foi interditado por falta de segurança.

 

Copa do Mundo é Prioridade, Vidas de Pessoas Não

Todos os anos é a mesma história, começam as chuvas de verão e as enchentes e deslizamentos de terra matam e deixam desabrigados milhares de pessoas no Brasil. O problema está aí, todo ano praticamente é a mesma coisa, e nada ou praticamente nada é feito para evitar que novas tragédias aconteçam. Como principal exemplo, temos a tragédia na região serrana do Rio de Janeiro, as cidades de Teresópolis e Nova Friburgo no Rio de Janeiro foram devastadas por deslizamentos de terra. Anos se passaram e as famílias desabrigadas ainda não receberam as moradias prometidas pelo poder público. Além disso, pouco foi feito para evitar que novas tragédias ocorram, várias desculpas e pouco de concreto foi feito. Verbas foram liberadas, mas pouco foi investido, a demora nos processos de licitação e os desvios de verbas deixam na mão as pessoas que precisam de ajuda urgente, principalmente porque ainda vivem em áreas de risco por não ter aonde ir.

Vi esses dias o exemplo da cidade de Londres na Inglaterra que já sofreu com inundações. O Governo simplesmente investiu bilhões na construção de um sistema contra inundações e desde então nunca mais ocorreram inundações, e olha que já se passaram décadas.

No Brasil é diferente, investem-se bilhões na construção de estádios, mas para salvar vidas não existe dinheiro, ou são investidas migalhas. As obras dos estádios também sofrem atrasos, mas a cobrança é tão grande que logo o problema é resolvido, pois os estádios têm prazo para serem entregues, para não prejudicar a realização da Copa no Brasil. Se os estádios não ficarem prontos a Copa não pode ser realizada um mês ou um ano depois. No entanto, as obras para socorrer os desabrigados no Brasil também tem prazo, a diferença é que nunca são respeitados.

O Brasil e seu Planejamento para a Copa do Mundo

Depois de 64 anos o Brasil vai sediar a Copa do Mundo novamente, a nossa seleção tem a  oportunidade de conquistar o título mundial jogando em casa, e minimizar o vexame da Copa de 50 quando o Brasil perdeu para o Uruguai com o Maracanã lotado.

Por outro lado existe uma preocupação que o Brasil de outro vexame, desta vez nem se fala muito se vamos ou não ganhar a Copa, mas sim se o Brasil vai conseguir deixar tudo pronto até o início da competição. Os problemas são muitos, a menos de 3 anos e meio para o início da competição tem estádio que ainda não saiu do papel, o Brasil não tinha nenhum estádio com condições para receber jogos da Copa, aqueles que não foram demolidos vão passar por reformas imensas, mas isso não é dos maiores problemas. Recentemente foi publicado um estudo mostrando a precaridade dos aeroportos brasileiros, todos os principais aeroportos precisam de melhorias, mas até agora quase nada foi feito.

As grandes cidades brasileiras tem congestionamento todos os dias, sem falar de quando chove que várias ruas ficam alagadas, desse jeito não tem como receber milhões de turistas para assistir a Copa. O Brasil precisa se mexer rápido ou vai fazer feio, os investimentos para viabilizar a Copa são altíssimos, como investir em obras se o Brasil não dá conta nem de manter os serviços básicos que a população necessita, educação de qualidade, saúde, habitação, infra-estrutura de transportes. A saúde está um caos, as pessoas constroem casas em cima de lixões, as estradas são péssimas, os portos ficam muito distantes, uma rodovia que poderia diminuir a distância entre o principal produtor de grãos e o porto, foi planejada a mais de 30 anos e até hoje não foi asfaltada, o prazo de conclusão é para dezembro de 2011, eu só acredito vendo. Um país do tamanho do Brasil não possui trens para transporte de passageiros em grande quantidade de um estado para outro e com rapidez.

Pode ser que o Brasil consiga cumprir suas metas para a Copa do Mundo, mas se olharmos para outros programas do Governo como o PAC, veremos que muita coisa está atrasada, ou paralisada, então fica a dúvida, ou o Brasil leva a sério o seu planejamento, ou está fadado a dar mais um vexame na Copa do Mundo.

Newer posts »
Administração e Sucesso