Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Tag: comércio

Privatização dos Correios: bom ou ruim?

privatização dos correios

Você é a favor ou contra a privatização dos Correios?

Existem duas frentes, uma a favor e uma contra a privatização da estatal.

Os que apoiam a privatização dizem que a empresa não é ineficiente, que acumula dívidas e que não consegue atender ao mercado da maneira que o cidadão precisa.

Quem é contra teme principalmente o que pode acontecer com uma possível privatização. Atualmente os Correios entregam encomendas de diversos tipos, cartas e envelopes em todas as cidades do Brasil. Existem algumas restrições, endereços em que o usuário precisa retirar o objeto diretamente na agência, mas mesmo assim o serviço existe. Fica a dúvida se uma empresa que almeja apenas lucros irá manter o serviço de entregas nestas cidades e localidades onde as operações não são viáveis financeiramente.

Hoje quando você precisa enviar alguma coisa, um envelope, um livro, um presente para qualquer lugar do Brasil, basta ir nos Correios e depois acompanhar o andamento da entrega através do sistema de rastreamento. Mas e se esse serviço deixar de ser oferecido em muitos lugares? Como é que as pessoas vão fazer para enviar suas coisas? Não estou falando de grandes empresas, pois quando compramos alguma coisa na internet, muitas vezes ela já é entregue por uma transportadora.

Eu mesmo fico preocupado, sou escritor e de vez em quando preciso enviar livros vendidos para clientes de várias regiões do país, também envio marcadores em envelopes que custam apenas R$ 1,30 a remessa. Se esse serviço acabar, não faça a mínima ideia de qual será a outra alternativa.

Pode ser que seja apenas um receio sem sentido, que a privatização venha apenas para melhorar um serviço que já existe, mas só saberemos disso quando finalmente acontecer. A verdade é que isso ainda vai demorar muito tempo para acontecer, essa notícia de privatização vem se arrastando ao longo dos anos e agora ganhou força no governo. Mesmo assim ainda deve demorar alguns anos até sair do papel, isso se for aprovada.

Você gostaria de pagar mais caro ao usar o cartão de crédito?

pagar mais caro com cartão

Cartão de Crédito

Isso mesmo, pagar mais caro simplesmente por pagar a conta no cartão de crédito. Atualmente é proibido usar preços diferenciados para diferentes formas de pagamento. Isso é o que diz a Resolução 34/1989 que ainda está em vigor. Porém o Senado Federal já aprovou uma alteração que permite aos comerciantes a cobrança de preços diferenciados. Agora a alteração também precisa passar pela Câmara dos Deputados.

Mas o que mudaria com isso?

Hoje quando fazemos uma compra e parcelamos no cartão de crédito o preço deve ser o mesmo que pagaríamos caso a compra fosse paga a vista. O projeto prevê que os pagamentos à vista tenham desconto em relação ao pagamento realizado com cartão de crédito. Se você compra a vista é um preço e se paga no cartão é outro. Teoricamente seria vantajoso para o consumidor que poderia pagar menos pelo produto ou serviço adquirido. No entanto, muitas pessoas utilizam o cartão de crédito para praticamente tudo. Desde um lanche na padaria até um compra pequena no supermercado. Se o preço no cartão for mais caro, obviamente que muitas pessoas deixarão de realizar estas pequenas compras no cartão. Nas compras maiores o consumidor será obrigado a utilizar o cartão de crédito e pagar mais caro.

Se a alteração for apenas para o cartão de crédito já trará transtornos para o consumidor, mas se incluir as compras no cartão de débito aí então os consumidores terão que reaprender a utilizar o cartão. Os comerciantes pagam taxas para manter as máquinas de cartão em suas lojas e querem repassar este valor ao consumidor. Na minha opinião isto não é correto, pois os comércios que possuem máquinas de cartão levam vantagem em relação aos que não possuem, hoje em dia é comum ter um cartão de crédito ou de débito na carteira, o fato de não aceitar cartões pode ocasionar a não concretização da venda.

Outro fato que pode ser ocasionado se a alteração incluir os cartões de débito é o fato do consumidor se ver obrigado a andar com a carteira cheia de dinheiro como era antigamente. Obviamente que seria um retrocesso, hoje em dia praticamente tudo pode ser pago com a utilização de cartões. Eu mesmo sou um consumidor que raramente vou ao banco retirar dinheiro vivo, simplesmente porque não preciso.

Mesmo utilizando apenas cartões a violência já é grande, vemos frequentemente as famosas saidinhas de banco, neste caso são poucas pessoas que saem com dinheiro, mas se a alteração for aprovada isso poderá mudar e facilitar ainda mais a vida dos criminosos.

Torço para que isso não seja aprovado, como disse anteriormente seria um retrocesso.

Administração e Sucesso