Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Category: Informática (page 1 of 13)

Como fazer uma capa de livro com o Canva

Se você está precisando fazer a capa de um livro (e-book) e dispõe de poucos recursos financeiros ou não tem prática em utilizar programas como o Photoshop, então uma saída é utilizar o Canva.

Lá você encontra modelos prontos e fáceis de serem editados. Vamos ver a seguir um exemplo de como utilizar o Canva.

Na página inicial do site você tem logo na primeira opção a sua esquerda o design da capa de um livro, você pode clicar na indicação como a seguir.

Ou clicar diretamente sobre a opção Capa de livro

Agora à sua esquerda serão apresentados todos os layouts existentes. Role a barra para baixo para ver todos os modelos existentes. Após escolher clique sobre ele conforme a indicação.

Agora a capa escolhida ficará na área editável do Canva. Você poderá editar o nome do autor, título do livro, fontes e cores da capa.

Note que clicando sobre uma área editável ela ficará selecionada. No exemplo a seguir você pode mudar a cor de fundo da área do título e até mesmo girar para que o título mudo de posição.

Para modificar a fonte ou a cor do título clique sobre a área de maneira que o título seja selecionado conforma a imagem a seguir. Assim as opções de cores, fontes e outras opções ficarão disponíveis na barra de ferramentas conforme a marcação a seguir.

Também é possível alterar plano de fundo e cores da capa utilizando as opções apresentadas na tela a sua esquerda. Note que as opções aparecem conforme a área é selecionada.

Depois de fazer todas as clique sobre a opção baixar na tela superior a sua direita. Escolha o formato e clique para salvar o arquivo em seu computador.

7

Use a sua criatividade e crie capas incríveis. Com essas pequenas dicas você terá uma noção de como utilizar todos os recursos disponíveis.

Como fazer um fluxograma utilizando o Canva

Vamos ver neste post como criar um fluxograma utilizando a ferramenta on line Canva. A seguir temos a tela inicial onde é possível criar os fluxogramas. Digite na sua barra de endereços do navegados de internet https://www.canva.com/pt_br/graficos/fluxograma/ ou clique em recursos, depois em Gráficos e depois procure por Fluxogramas

1

Ou clique diretamente no local indicado Comece a criar um fluxograma

2

Agora você terá na tela a sua esquerda todos os modelos disponíveis no Canva. Note que os modelos gratuitos estão marcados com a palavra Grátis, aqueles modelos que não possuem a marcação basta passar o cursor do mouse sobre ele para ver o símbolo $ que indica que aquele modelo não está disponível gratuitamente.

3

Escolha o modelo que mais lhe agrada entre os disponíveis, faça isso deslizando a barra para ver os outros modelos disponíveis.

4

Depois de escolher o modelo e clicar sobre o mesmo ele será apresentado na sua tela principal. Agora você poderá editar os campos de acordo com sua preferência. Basta clicar no interior dos quadros e digitar o conteúdo desejado.

5

Depois de editar todos os locais e seu fluxograma estiver pronto clique em baixar, escolha o formato conforme a indicação e salve o arquivo em seu computador conforme a indicação a seguir.

6

Caso queira alterar o modelo do fluxograma basta escolher outro que o atual será substituído. As funcionalidades do Canva são muitas. Esta é apenas uma pequena explicação de como utilizar estes recursos.

Quais os benefícios da automação para as empresas?

Uma empresa que tem uma concorrência direta, necessita ter uma alta produção do seu produto e que seja de qualidade. O profissional que possui o curso superior de tecnologia em automação industrial poderá ajudar nessa eficiência na produção.

businessman-3075827_1920

Através da automação, empresários passaram a ter excelentes resultados nas linhas de produção industrial e encontraram um meio de resolver esses problemas. Veja alguns benefícios da automação:

1- Aumento na produtividade

Com a automação muitos trabalhos manuais podem ser feitos por máquinas. Além de trabalharem sozinhas, com maior precisão e velocidade, as máquinas podem trabalhar por mais tempo que humanos. Você tem maior produção, menor custo de produção, maior qualidade. O consumidor preza cada vez mais pela qualidade, custo e cuidados ambientais, como mostra estudos, poder investir no que o consumidor procura sem gerar mais despesas a empresa é o caminho para ser competitivo em um mercado cada vez mais agressivo.

2- Melhor produto final

Como as máquinas não ficam cansadas, a produção não irá cair a qualidade. A única preocupação que se deve ter é com a calibragem e manutenção para um produto final de qualidade. O computador faz esse trabalho de análise de qualidade por você com sensores, sistemas de controle e alertas contínuos, a automação fornece as ferramentas para quem quer recolher indicadores e ter a chance de estudar como melhorar seus processos.

3- Menor custo

O principal fator para a redução de custos se deve principalmente ao menor desperdício de material e a menor quantidade de mão de obra para produzir. Uma máquina apenas precisa de revisão e energia elétrica para funcionar, seus gastos são pontuais e seu custo benefício promovido pela quantidade produzida e velocidade de produção ajuda na diminuição dos custos por produto.

4- Segurança

É possível monitorar 24h por dia, 7 dias por semana, qualquer complexo industrial. Com alertas sonoros ou luminosos e sensores em processos industriais, podemos monitorar e avisar sobre qualquer irregularidade. Isso pode ser feito desde problemas na produção até alertas de perigo aos funcionários, diminuindo riscos e fatalidades.

A automação é essencial para qualquer empresa e para isso é necessário ter um profissional que possui o curso superior de tecnologia em automação industrial.

Escrito por: Jacqueline Gonçalo

Inserir numeração de páginas no Word 2010

Assista a este vídeo e veja como é muito simples inserir numeração de páginas no Word 2010

Como numerar páginas no Word 2010

Numerar páginas no Word é uma coisa tão simples que parece até mesmo ser desnecessário criar um tutorial para explicar como fazer isso. Mas basta uma pesquisa rápida na internet para ver que existem muitos tutoriais explicando isso e a razão é que muita gente não sabe mesmo como fazer isso da maneira adequada.

Como numerar páginas no Word 2010

O problema geralmente acontece quando a pessoa precisa numerar apenas algumas páginas, começando a partir da introdução de um trabalho acadêmico, onde as primeiras páginas não devem ser numeradas. Esse é o caso mais comum e é o que será abordado a seguir.

Neste exemplo suponho que você já tem o trabalho pronto. Posicione o mouse no final da página anterior a qual você deseja numerar. Depois no Menu Layout clique em Quebras e depois em Próxima Página conforme a imagem a seguir.

Note que o cursor foi para a página seguinte, pois foi inserida uma quebra de página. Agora dê dois cliques sobre o Cabeçalho no local indicado pela seta e depois desmarque a opção Vincular ao Anterior conforme a indicação a seguir. Isso impedirá que os números apareçam nas páginas anteriores.

Na sequência no Menu Inserir clique em Número de Página, depois escolha o local onde a numeração será inserida, neste exemplo será no início da página. Basta clicar nas opções de acordo com as setas indicativas na figura abaixo.

Depois de inserida a numeração você pode escolher qual é o número em que a numeração se inicia. Clique em Número de Página novamente e depois em Formatar Números de Página.

Na janela que se abrirá marque a opção iniciar em conforme a seguir e escolha o número que deseja conforma imagem.

Pronto! Você já conseguiu numerar seu trabalho sem ter que fazer malabarismos ou até mesmo imprimir o arquivo em duas etapas para que a numeração não apareça nas primeiras páginas.

Veja outras postagens aqui: http://administracaoesucesso.com/2010/10/31/numerar-paginas-no-word-2007/



 

Como transformar seu HD de notebook em HD externo?

Seu notebook estragou e você está com uma sucata nas mãos, o que fazer?

Hard_disk_Western_Digital_WD1000_1_28dark129

Você pode tentar vender algumas peças como o carregador, a tela, o leitor de CD/DVD, a até mesmo o HD se este ainda estiver funcionando perfeitamente.

O HD mesmo que esteja com problemas pode ser útil para você, para isso basta transformá-lo em um HD externo. Mas como fazer isso se ele está com problemas?

Mesmo quando o HD não funciona mais ele ainda pode ser utilizado como HD externo. Para isso retire o HD de seu notebook como muito cuidado, caso não saiba como fazer isso peça para alguém que entende do assunto. O HD é uma peça muito sensível e pode ser inutilizada facilmente. Não a deixe cair ou sofrer uma pancada.

Após retirar o HD certifique-se do tamanho dele e compre uma Case para que possa colocá-lo. Coloque seu HD na Case e pronto. Agora basta conectar seu HD externo a outro computador e salvar os arquivos que estavam dentro dele. Isso se você tiver interesse em formatá-lo. Após a formatação você poderá utilizá-lo normalmente para salvar seus arquivos e levar facilmente para onde quiser.

Também poderá conectá-lo a uma TV com entrada USB e assistir a seus filmes com toda a comodidade.

Você encontrará Cases a partir de R$ 50,00, enquanto um HD externo não é vendido por menos de R$ 200,00, ou seja, você recicla seu computador e ainda faz economia.

É difícil publicar um livro?

Será que é difícil publicar um livro?

Talvez uns dez anos atrás a resposta para esta pergunta pudesse ser um sonoro sim, mas as coisas mudaram muito nos últimos anos e publicar um livro no Brasil agora é uma tarefa relativamente fácil e não custa muito dinheiro.

É difícil publicar um livro?

Qualquer um consegue publicar um livro?

Sim. Perfeitamente isso está ao alcance de qualquer pessoa que tenha interesse, pois hoje em dia já não é necessário conseguir um contrato com uma editora para ter seu livro publicado e à venda.

Então é só escrever qualquer coisa e pronto, estou rico?

A resposta é não.  Hoje está muito fácil publicar um livro, por isso mesmo eu digo que milhares de novos livros são lançados todos os meses, isso aumenta muito a concorrência e conseguir alguém que leia seu livro é uma tarefa muito difícil. Muita conteúdo sem qualidade é publicado e muito livro excelente às vezes se perde nesse mar de publicações. Portanto, qualquer um consegue publicar um livro, mas apenas uma minoria conseguirá ter algum retorno. Mas se a intenção é ter um livro na estante para dizer que você é escritor e tem um livro publicado, então já valeu o esforço.

Mas se é tão fácil assim, de que maneira eu faço para publicar um livro?

No Brasil o Clube de Autores é a plataforma para publicação de livros de maneira independente mais famosa. Lá você pode fazer o upload de um arquivo pronto, inserir os dados, configurar a capa e em poucos minutos seu livro estará disponível para a venda na internet. Hoje os livros em formato digital do Clube podem ser distribuídos em lojas parceiras se o autor autorizar. Recentemente o Clube de Autores anunciou que essa parceria será estendida aos livros impressos. A promessa é que os livros sejam vendidos nos sites das maiores lojas brasileiras, quando um livro for vendido o pedido será enviado e o livro será impresso, ou seja, não haverá estoque de livros.

Veja aqui como vender seu livro no Clube de Autores: http://administracaoesucesso.com/2016/05/14/como-publicar-seu-livro/

A outra opção é a Amazon. Na Amazon você pode deixar seu livro à venda em formato digital ou impresso sem custo algum, o único problema é que os livros impressos ainda são produzidos nos Estados Unidos e o frete custa caro e a demora na entrega é outro problema.

Veja aqui como publicar seu livro na Amazon: http://administracaoesucesso.com/2016/03/06/como-vender-seu-livro-na-amazon/

Como observamos a desculpa de que é difícil publicar um livro já não cola mais. Mas se tornar famoso e ganhar dinheiro vendendo livros aí já é outra história. Isso realmente é muito difícil, você precisa escrever muito bem para se destacar e ainda investir muito em divulgação, pois de nada adianta ter um livro excelente se ninguém sabe que ele existe.

Como numerar as páginas do trabalho acadêmico

Você sabe como numerar as páginas do trabalho acadêmico utilizando o Word?

Muita gente fica perdido na hora de fazer isso e acaba inventando um monte de coisas complicadas, imprimindo o arquivo em duas partes, colocando uma caixa de texto em cima do local onde não quer exibir a numeração, quando na verdade não precisa de nada disso. Basta utilizar os próprios recursos do Word como vou ensinar a seguir.

Quando você simplesmente numera o trabalho a numeração é inserida no documento inteiro, mas em um trabalho acadêmico o correto é que a numeração de páginas seja inserida a partir da introdução.

Faça o seguinte, posicione o mouse no final da página anterior a introdução do seu trabalho, em seguida clique no menu Layout de Página e depois clique em Quebras e depois em Próxima Página como vemos na figura a seguir:

Numerar as páginas do trabalho

O seu documento foi dividido em duas partes, na próxima página clique sobre o cabeçalho para ativar as ferramentas de cabeçalho, agora clique na opção Vincular ao anterior para que fique desmarcada, assim quando a numeração for inserida ela não aparecerá nas páginas anteriores, veja a seguir:

Agora no menu inserir clique em Número de Página, escolha onde pretende inserir a numeração que pode ser no início da página conforme esta nesta demonstração e que geralmente é a forma padrão.

Clique mais uma vez em Número de Página e depois em Formatar Números de Página, selecione a opção iniciar em e coloque o numero que pretende para a primeira página numerada, número 7, 8 ou 9 por exemplo. Depois clique em OK. Conforme as imagens a seguir:

Pronto! Agora clique do cabeçalho e a numeração já deve estar inserida, vá até a próxima página e verifique se está correto, se não aparecer dê enter até chegar na próxima página.

Este método é infalível, algumas pessoas disseram que não funcionou, mas certamente é porque tentaram isso de várias maneiras e o documento já estava cheio de formatações que atrapalharam a numeração correta. Viu como é fácil numerar as páginas do trabalho acadêmico.

Mais dúvidas sobre o Word? Compre o ebook completo na Amazon por R$ 3,99: Microsoft Word 2013

Amazon lança marketplace no Brasil

A partir de hoje dia 12/04/2017 a Amazon permite que terceiros, pessoas físicas ou empresas vendam seus livros diretamente no site da empresa.

1280px-Amazon_logo_plain.svg_

Para vender os livros é necessário criar uma conta no site, informar número de CPF, ou CNPJ, cadastrar um cartão de crédito válido, informar uma conta bancária e em seguida cadastrar os livros que pretende vender.

É possível vender livros novos ou usados em bom estado. Desta maneira pessoas comuns podem colocar à venda livros raros e empresas poderão vender seus livros através do site da Amazon utilizando o serviço fornecido pela empresa.

Como funciona:

Você pode escolher entre dois planos, o “Plano de Vendas Profissional permite vender um número ilimitado de itens pagando uma mensalidade de R$ 19,00. O Plano de Vendas Individual não possui mensalidade, mas possui uma tarifa de R$ 2,00 por item vendido. Para ambos é aplicada uma uma comissão de 10% sobre cada transação, com o valor mínimo de R$ 2 por item.”

Após se cadastrar crie um inventário cadastrando seus produtos, são aceitos apenas livros, quadrinhos, revistas, etc na Amazon do Brasil.

Existem duas maneiras de vender um produto, a primeira é encontrando um produto que já está à venda na Amazon, assim basta encontrá-lo e depois informar os dados necessários. A segunda opção é cadastrando um produto desde o início fornecendo todos os dados, ISBN, Código de barras e SKU e a descrição do produto.

Depois de publicar as suas ofertas elas aparecerão na página do produto da Amazon e você poderá ver vários preços se houverem livros novos e usados à venda.

Quando alguém comprar seu produto você receberá um e-mail com as informações necessárias para enviar o produto para o cliente.

A Amazon deposito seu pagamento quinzenalmente e avisa quando fizer o depósito.

Todas as informações sobre o marketplace da Amazon você encontra no site no link a seguir: https://services.amazon.com.br/venda-na-amazon/beneficios.html

Como inserir imagens no Google Maps?

Ao fazer uma rápida pesquisa no Google Maps nos deparamos com as imagens de satélite e e também do Street View onde é possível ver tudo o que foi fotografado nas cidades onde o veículo do Google passou. No entanto também podemos encontrar muitas imagens fornecidas pelos próprios usuários do Google Maps. Essas imagens ajudam as pessoas a encontrarem lugares e podem influenciar na hora de escolher um ponto turístico, por exemplo.

Qualquer usuário logado no Google pode inserir locais e imagens no Google Maps. Lógico que você não vai sair por aí enchendo o mapa de fotos que não foram tiradas por você, isso não é correto.

Então vamos ver como fazer. Faça login no Google Maps e em seguida digite a cidade ou local que você deseja encontrar no mapa. Se for a cidade basta aproximar o mapa para que você possa ver os locais já inseridos e as fotos existentes.

1

Observe as marcações já existentes no mapa, neste caso destaquei algumas em vermelho.

2

Ao clicar sobre uma área já existente você terá as informações disponíveis na sua tela à esquerda. Você terá o nome do local, poderá sugerir uma mudança se o local estiver marcado incorretamente. Depois de clicar em inserir mudança arraste o alfinete até o local correto, clique em corrigir endereço e depois confirme a alteração. Mais abaixo estão as fotos do local, clique sobre ela para ver as outras se existirem. se você acredita que a foto está desatualizada ou quer acrescentar mais alguma, um pouco mais abaixo clique em adicionar foto.

3

Você terá três opções, fazer upload, utilizar suas fotos do Google + ou ainda diretamente do celular, depois de escolher clique em selecionar e uma mensagem de agradecimento aparecerá. Logo sua imagem estará disponível no mapa.

4

No entanto, você também encontrará lugares sem fotos, você pode contribuir sendo o primeiro a adicionar uma foto do local.

5

Se você encontrou um lugar que ainda não está destacado é possível inseri-lo no mapa. Clique sobre o local e depois com o botão direito do mouse clique em “adicionar um lugar ausente” o alfinete será inserido e depois basta informar os dados na sua tela à esquerda. Depois de terminar clique em enviar. Depois de algum tempo você receberá um e-mail informado que o local foi inserido, então você poderá inserir fotos como nos outros locais que já existiam.

6

Muito simples e você ainda ajuda muitas pessoas a encontrarem locais interessantes no Google Maps.

 

Older posts