O efeito do Coronavírus na economia pode ser mais devastador do que o próprio número de vítimas.

A pandemia de Covid-19 (Coronavírus) está transformando o mundo em um verdadeiro caos. Em menos de 3 meses a doença que surgiu na China se espalhou para quase todos os países do planeta. Talvez isso pudesse ser evitado se a China tivesse reconhecido a gravidade da situação e fechado suas fronteiras, principalmente aeroportos para voos internacionais, antes que a doença fosse espalhada, disseminada para outros países.

Coronavírus

Hoje a China pode ser considerada um país que está com a situação sob controle, mesmo sendo o país com maior registro de casos até o momento. Com mais de 81.000 casos confirmados, hoje a China tem pouco mais de 5.500 casos ativos e apenas 3.261 casos fatais. Números absurdamente baixos considerando que a China é o país mais populoso do mundo com quase 1.4 bilhão de habitantes.

A economia chinesa também foi afetada pelo surto de Covid-19, assim como todos os países onde o número de casos é alarmante. Voos estão sendo cancelados pelo mundo inteiro, fronteiras estão sendo fechadas, comércios e indústrias estão reduzindo as atividades ou paralisando totalmente.

Só que nem tudo pode parar, a produção de alimentos, remédios, combustíveis, entre outros produtos não parar de ser produzidos, muito menos de serem distribuídos. Supermercados e atacadistas não podem fechar totalmente suas portas, mas devem tomar atitudes a fim de evitar excesso de aglomeração em seus ambientes. O transporte por via terrestre também não pode parar, principalmente num país como o Brasil, onde a maioria das cidades dependem exclusivamente de caminhões para que os insumos básicos cheguem até a população.

Os efeitos na economia já podem ser sentidos, empresas estão dando férias para empregados, outras estão fechando momentaneamente as portas obedecendo a decretos dos governos. Eventos de nível mundial estão sendo cancelados por toda aparte. Campeonatos de futebol e qualquer outro esporte estão sendo adiados.

Os reflexos de tudo o que está acontecendo vão impactar fortemente a economia mundial. Calcula-se que serão necessários alguns meses até que as coisas comecem a se normalizar. O mundo já passou por pandemias muito piores do que a atual, mas foi em uma época em que não haviam remédios e nem meios para evitar que a doença causasse milhões de mortes, a Peste negra que dizimou cerca de 1/3 da população do continente europeu (entre 25 e 75 milhões de pessoas) na Idade média e a gripe espanhola que matou entre 50 e 100 milhões de pessoas entre 1918 e 1919.

Números como esses não devem acontecer com o Covid-19, mesmo assim seu efeito será devastador na economia mundial e na vida de muitas pessoas.

Acompanhe o site criado pela Microsoft e veja a situação mundial, dados do números de casos e mortes por Coronavírus