É algo difícil de se imaginar nos dias atuais, mas já existe um projeto no Senado que pretende proibir a comercialização de veículos movidos à gasolina e diesel no Brasil a partir de 2030.

veículos movidos à gasolina e diesel

O Projeto de Lei do Senado Nº 304/2017, aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) nesta última quarta-feira (12), quer proibir a venda de carros a diesel e gasolina no Brasil em 2030. Na próxima etapa, o projeto será votado pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado.

O projeto ainda prevê a proibição de circulação de qualquer veículo movido a motor de combustão a partir de 2040. Regra essa que poderia dar muita dor de cabeça e prejuízos para os proprietários de veículos com esses motores.

Se tratando de Brasil, é difícil acreditar que em apenas 10 anos seja possível modificar um mercado que atualmente é de quase 100% de veículos à combustão. Quando se fala de veículos à combustão estão incluídos aí os motores que funcionam com etanol.

Se isso virasse lei, as pessoas que possuem veículos com 10 anos de uso seriam obrigadas a descartarem seus veículos, tendo assim prejuízos incalculáveis.

Atualmente o preço dos veículos elétricos está longe do alcance da maioria dos brasileiros e os postos de abastecimentos para tais veículos são quase inexistentes. Se a lei for aprovada conforme proposta, é bem provável que tenha que ser revista e os prazos reconsiderados.

Temos exemplos de como as coisas são no Brasil, muitas obras da Copa do Mundo não foram entregues dentro do prazo. Se dependermos do poder público é bem provável que o mercado de carros elétricos ainda demore bastante tempo para ser realidade, com todos os veículos sendo vendidos apenas com motores desse tipo.

O Brasil está muito atrás de países europeus que já aprovaram iniciativas que visam diminuir a emissão de gases no meio ambiente. Acredito que por aqui ainda veremos por muito tempo veículos movidos à gasolina e diesel rodando pelas ruas do Brasil.

Sharing is caring!

(Visited 24 times, 1 visits today)