Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Mês: fevereiro 2020

Governo não reajusta Tabela de Imposto de Renda

Mais uma vez o governo deixou de reajustar a tabela de Imposto de Renda. Pelo quinto ano consecutivo não houve aumento, nem ao menos a correção pela inflação. A defasagem da tabela já ultrapassa os 100%.

declaração de ir 2019

O atual governo durante a campanha prometeu que iria reajustar a tabela, isentando milhões de brasileiros e reduzindo os valores de outra grande parte. Seria bom demais se isso fosse verdade, mas até agora não passou de promessa, coisa comum no mundo da política. “Prometo antes de ser eleito e depois não cumpro nada”. Assim quem ganha R$ 1.903,99 continua pagando o imposto.

A falta de correção na tabela faz com que os trabalhadores paguem cada vez mais impostos, reduzindo os seus salários de maneira drástica. A situação dos servidores públicos é ainda mais complicada. Eles têm o imposto retido diretamente na fonte, ou seja, são obrigados a pagar os valores mês a mês, descontados de seus salários. Para piorar ainda mais a situação, recentemente foi aprovado o aumento da alíquota previdenciária.

Com isso os servidores públicos serão obrigados a pagarem não mais os 11%, mas sim 14% todos os meses para supostamente terem direito a aposentadoria. Esse aumento foi aprovado na esfera federal, mas já começou a ser implantado pelos estados e os municípios também devem aderir.

Sempre com a velha desculpa de que o sistema previdenciário está defasado, que não há recursos suficientes para garantir aposentadorias no futuro. Qual a garantia de que as reformas vão garanti-las? Nenhuma.

Vemos que a situação está cada vez mais difícil para quem trabalha e paga seus impostos, enquanto deputados, senadores e demais, cada vez tem mais privilégios.

As reformas da previdência, trabalhista e administrativa do governo só tem um objetivo, reduzir despesas. A única maneira de reduzir despesas é gastando menos, quem vai pagar a conta é o trabalhador, não existe reforma que irá beneficiar os pobres, isso é uma grande ilusão.

Veículos movidos à gasolina e diesel proibidos no Brasil?

É algo difícil de se imaginar nos dias atuais, mas já existe um projeto no Senado que pretende proibir a comercialização de veículos movidos à gasolina e diesel no Brasil a partir de 2030.

veículos movidos à gasolina e diesel

O Projeto de Lei do Senado Nº 304/2017, aprovado pela Comissão de Constituição de Justiça (CCJ) nesta última quarta-feira (12), quer proibir a venda de carros a diesel e gasolina no Brasil em 2030. Na próxima etapa, o projeto será votado pela Comissão de Meio Ambiente (CMA) do Senado.

O projeto ainda prevê a proibição de circulação de qualquer veículo movido a motor de combustão a partir de 2040. Regra essa que poderia dar muita dor de cabeça e prejuízos para os proprietários de veículos com esses motores.

Se tratando de Brasil, é difícil acreditar que em apenas 10 anos seja possível modificar um mercado que atualmente é de quase 100% de veículos à combustão. Quando se fala de veículos à combustão estão incluídos aí os motores que funcionam com etanol.

Se isso virasse lei, as pessoas que possuem veículos com 10 anos de uso seriam obrigadas a descartarem seus veículos, tendo assim prejuízos incalculáveis.

Atualmente o preço dos veículos elétricos está longe do alcance da maioria dos brasileiros e os postos de abastecimentos para tais veículos são quase inexistentes. Se a lei for aprovada conforme proposta, é bem provável que tenha que ser revista e os prazos reconsiderados.

Temos exemplos de como as coisas são no Brasil, muitas obras da Copa do Mundo não foram entregues dentro do prazo. Se dependermos do poder público é bem provável que o mercado de carros elétricos ainda demore bastante tempo para ser realidade, com todos os veículos sendo vendidos apenas com motores desse tipo.

O Brasil está muito atrás de países europeus que já aprovaram iniciativas que visam diminuir a emissão de gases no meio ambiente. Acredito que por aqui ainda veremos por muito tempo veículos movidos à gasolina e diesel rodando pelas ruas do Brasil.

Como encurtar links para divulgação?

Quando você está divulgando um produto, um livro, ou qualquer outra coisa nas redes sociais. É preciso criar não apenas imagens e textos amigáveis, mas o link também deve ser chamativo, ou você irá deixar as pessoas com medo de clicarem nele e também pode ter problemas ao postar em redes sociais como o Facebook e Instagram.

Vamos ver a seguir uma maneira simples, muito fácil de como encurtar links para suas postagens. Existem muitas opções, mas vou apresentar aqui a que achei a melhor entre todas.

Entre no site a seguir: https://bitly.com/

Na tela inicial copie e cole o link desejado na caixa conforme a imagem a seguir, depois clique em Shorten.

Como encurtar links

Agora basta copiar o link encurtado em qualquer um dos locais indicados a seguir:

Como encurtar links

Note a diferença dos links antes e depois do encurtamento. https://www.amazon.com.br/Assassinato-beira-mar-Detetive-Scott-Livro-ebook/dp/B07V52Q9M9/ref=sr_1_1?qid=1580993411&refinements=p_27%3AS%C3%A9rgio+Fragoso&s=digital-text&sr=1-1&text=S%C3%A9rgio+Fragoso

https://amzn.to/2SrkMKl

Viu só como o link encurtado ficou bonito e muito mais chamativo. Super simples, não é mesmo?

Administração e Sucesso