privatização dos correios

Você é a favor ou contra a privatização dos Correios?

Existem duas frentes, uma a favor e uma contra a privatização da estatal.

Os que apoiam a privatização dizem que a empresa não é ineficiente, que acumula dívidas e que não consegue atender ao mercado da maneira que o cidadão precisa.

Quem é contra teme principalmente o que pode acontecer com uma possível privatização. Atualmente os Correios entregam encomendas de diversos tipos, cartas e envelopes em todas as cidades do Brasil. Existem algumas restrições, endereços em que o usuário precisa retirar o objeto diretamente na agência, mas mesmo assim o serviço existe. Fica a dúvida se uma empresa que almeja apenas lucros irá manter o serviço de entregas nestas cidades e localidades onde as operações não são viáveis financeiramente.

Hoje quando você precisa enviar alguma coisa, um envelope, um livro, um presente para qualquer lugar do Brasil, basta ir nos Correios e depois acompanhar o andamento da entrega através do sistema de rastreamento. Mas e se esse serviço deixar de ser oferecido em muitos lugares? Como é que as pessoas vão fazer para enviar suas coisas? Não estou falando de grandes empresas, pois quando compramos alguma coisa na internet, muitas vezes ela já é entregue por uma transportadora.

Eu mesmo fico preocupado, sou escritor e de vez em quando preciso enviar livros vendidos para clientes de várias regiões do país, também envio marcadores em envelopes que custam apenas R$ 1,30 a remessa. Se esse serviço acabar, não faça a mínima ideia de qual será a outra alternativa.

Pode ser que seja apenas um receio sem sentido, que a privatização venha apenas para melhorar um serviço que já existe, mas só saberemos disso quando finalmente acontecer. A verdade é que isso ainda vai demorar muito tempo para acontecer, essa notícia de privatização vem se arrastando ao longo dos anos e agora ganhou força no governo. Mesmo assim ainda deve demorar alguns anos até sair do papel, isso se for aprovada.

Sharing is caring!

(Visited 25 times, 1 visits today)