Nós, Brasileiros não possuímos muito interesse em educação financeira, até mesmo os adultos possuem dificuldades em controlar seu dinheiro, não analisando onde e qual o motivo de estarmos gastando. E por isso, a educação financeira para crianças tem se tornado um tema mais comum em escolas particulares e públicas.

Educação financeira

Mas como se ensina para a criança como controlar seu dinheiro se nem mesmo seus pais fazem isso?

O primeiro passo deve começar em casa, os pais precisam ter maior controle do seu dinheiro, devem mostrar para os filhos como economizar e que comprar coisas desnecessárias tem consequências.

Se você é mãe ou pai e quer que seu filho aprenda a lidar melhor com o dinheiro, peça ajuda da escola particular  em que seu filho estuda para estimularem esse novo “cuidado” na vida do aluno.

Uma outra, boa e velha dica é que você estipule um valor de mesada para seu filho, dessa forma, ele deverá comprar com o próprio dinheiro o que desejar, como brinquedos e doces, também ajudará ele a entender que para comprar coisas mais caras é preciso juntar dinheiro e que dessa forma não deverá comprar coisas desnecessárias. Outra dica para os pequenos entenderem o valor do dinheiro é a recompensa, crie tarefas para eles, coisas simples, como jogar o lixo, ou guardar seus brinquedos e compense eles com dinheiro, dessa forma a criança entende a relação do dinheiro com o trabalho.

Ensine a diferença de lazer e consumo,mostre que para se divertir não necessariamente se precisa gastar dinheiro, isso fará com que ele perceba que a alegria não está relacionada a fazer compras e gastar dinheiro.

Mostre o valor das coisas, ajude seu filho a entender quanto custa um lanche na escola e um lanche que ele leva de casa, ou um filme visto em casa com pipoca e refrigerante e um filme assistido no cinema.

São pequenas atitudes do seu dia a dia, as mais poderosas no aprendizado do seu filho sobre finanças. Agora, mãos à obra!

Escrito por: Jacqueline Gonçalo

Sharing is caring!

(Visited 31 times, 1 visits today)