Dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mostram que por dois anos seguidos o Brasil fecha mais empresas do que abre. A pesquisa revela que em 2015, 708,6 mil empresas foram abertas é 713,6 mil fechadas no país. A falência se dá por vários fatores como falta de clientes, valores altos dos impostos, pouco lucro, falta de planejamento e consultoria empresarial, e vários outros problemas.

consultoria empresarial

Um empreendedor deve ter em mente que o negócio pode ou não dar certo e isso depende de muitos fatores, porém, é possível diminuir a probabilidade de falência. Para sobreviver aos primeiros anos no mercado e obter sucesso é preciso ter um bom plano de negócio e uma consultoria empresarial capacitada. Mas muitos empresários não saber ao certo quais os erros podem ser cometidos e como evitá-los.

O planejamento também deve ser feito à longo prazo, pois os empreendedores devem saber lidar com projetos longos e conciliar as metas concretas de curto prazo. Uma empresa deve ser pensada em todos os sentidos. Antes de abrir oficialmente uma empresa, o empreendedor passa meses planejando seu negócio e esse período é importante para que tudo saia corretamente, ou não.

Nesse processo o produto a ser vendido deve ser pensado, ele deve ter um diferencial no mercado, mas tudo deve ser feito na medida certa e deve-se ter em mente que não existe um produto perfeito. Existem muitos consumidores e cada um busca algo de sua necessidade, nesse sentido também é importante focar no público alvo. Conhecer o mercado é importante e assim escolher bem o segmento que pretende atuar.

Muitos donos de empresas não tem um controle financeiro é desconhece os conceitos de finanças para tocar seu negócio. Controle financeiro não é somente saber o fluxo de caixa é os gastos fixos, vai além disso, deve constar o que se pretende alcançar em questões de números, o que já foi produzido, um balanço patrimonial e um orçamento anual.

O otimismo deve ser na medida certa, é importante acreditar na ideia e se arriscar para a abertura de uma empresa, porém não se pode perder o senso da realidade. Por isso voltamos a falar do planejamento, ele é imprescindível para  ter um auto-domínio do negócio é evitar que a falência chegue.

Nunca misture a vida pessoal com a vida profissional, principalmente quando se trata das finanças. Muitos consultores empresariais orientam o empresário a ter um pró-labore, que serve para utilizar retiradas para pagar as contas pessoais dentro do regime tributário de lucro real. Não existe uma fórmula pronta para evitar a falência, mas muitos passos podem ser dados para que o sucesso permaneça e a empresa ganhe destaque no mercado.

Escrito por: Jacqueline Gonçalo

Sharing is caring!

(Visited 44 times, 1 visits today)

Related Post

Dicas Para Melhorar Nossos Relacionamentos na Empr... Clima organizacional Nosso relacionamento com as pessoas muitas vezes não é bom, mas alguns gestos simples e um pouco de boa vontade podem mudar est...
5 lições da Disney sobre atendimento ao cliente Em 2015, a Walt Disney World completa 60 anos de existência e de muito sucesso. Em sua história sempre causou curiosidade em relação ao atendimento e ...
Terceirizar para comercializar: características da... Existem duas formas de terceirização em plena operação no Brasil. São elas: a terceirização de serviços e a de produtos. De modo geral, terceirizar al...