Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

O horário de verão é ridículo

Isso mesmo, o horário de verão é ridículo. Para mim é verdadeiramente inútil.

O horário de verão é ridículo

Tenho que acordar uma hora mais cedo, quando ainda está escuro e preciso ficar com a luz acessa por um bom tempo. Por outro lado quando chego do trabalho o sol ainda está longe de se pôr. Então quando eu chego em casa eu tenho tempo para aproveitar o restante do dia numa boa? Nem tanto. Como o relógio está adiantado em uma hora rapidamente serão oito da noite e consequentemente eu terei que dormir no mesmo horário de sempre, pois no dia seguinte preciso acordar antes do dia amanhecer. Logo não se tem benefício, pois terei que dormir uma hora mais cedo. Vou dormir quando ainda não estou com sono e tenho que acordar em um horário que ainda deveria estar dormindo. Esse é o pior transtorno que enfrentamos nos primeiros dias do horário de verão, então quando já estamos começando a acostumar o horário de verão termina.

Mas para que serve o horário de verão afinal?

A principal desculpa é de que gera economia e que diminui os riscos de apagões por prolongar o período de maior consumo de energia durante o dia. Mas de quanto é essa economia em valores? Estamos falando de míseros R$ 147,5 milhões de reais, isso mesmo, a economia estimada pelo governo é de menos de 150 milhões de reais. Isso dividido pela população brasileira daria uma média aproximada de R$ 1,40 por habitante. Sei que não são todos os estados que utilizam o horário de verão, mas esse valor ainda tem que ser dividido por 4 meses que é o período de vigência do horário de verão. Então de qualquer forma pode ser considerado um valor irrisório para algo que causa mais transtornos do que benefícios à população. Eu preferiria que este valor fosse incluído em minha conta de energia.

Com tanta corrupção no governo e mordomias que os políticos possuem será que não conseguiriam economizar bilhões apenas fazendo uma reforma no governo reduzindo gastos e desvios do que penalizar a população por uma coisa tão pequena?

Sharing is caring!

(Visited 339 times, 1 visits today)

2 Comments

  1. Katia Castilho

    19/10/2016 at 09:26

    Adoro o horário de verão; independentemente de qualquer fator econômico talvez fale alto, para mim, o “fator poético”: Acordar antes do sol, a tempo de vê-lo nascer; observar o crepúsculo a caminho de casa (saio tarde da empresa)… tudo isso é, para mim, recuperar um pouco da integração com a natureza, tão perdida no dia-a-dia. Sim, poderia fazer isso espontaneamente, é claro, mas, sinceramente, não fosse a obrigatoriedade, jamais faria – a não ser em férias. O primeiro dia é meio chato quando tenho compromisso cedo. A partir daí, é perfeito. Quanto à economia, acredito que cada centavo que possa ser economizado contra o desperdício é bem vindo. Se esses centavos, em vez de “vindos” são “idos”, isso é outra conversa: uma coisa é criticar a economia; outra, a corrupção.

    • Para mim realmente isso é inútil, pois preciso acordar 5:30h antes do sol nascer e quando ele nasce estou preparando o café e depois tomando o café para estar no trabalho às 07:00h da manhã. Quisera eu ter a disponibilidade para ficar apreciando o nascer do sol. No final da tarde para mim é pior ainda, entro no trabalho às 18:00h quando o sol ainda está longe de se pôr. Muito pelo contrário, fora do horário de verão eu consigo ver o pôr do sol todos os dias. Isso porque o sol se põe antes das 18 horas fora do horário de verão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

shares
Administração e Sucesso