A crise no Brasil é culpa do governo que utilizou meios errados para simular um falso crescimento

O Brasil passa por um momento delicado causado pela crise econômica e pela crise política que se instalou no país.

A crise no Brasil é culpa do Governo

O desemprego já superou a marca de 11 milhões de habitantes alcançando a maior marca dos últimos anos. Empresas fechando as portas e quedas nas vendas são o reflexo de uma política econômica deficitária do atual governo.  A queda nas vendas de veículos é um exemplo de como a crise está instalada no país, apenas nos primeiros quatro meses do ano a queda nas vendas está perto dos 30%.

O governo incentivou a compra de veículos novos com a redução do IPI, também aplicou a redução em alguns eletrodomésticos para incentivar o consumo. No entanto, veículo e geladeira não são itens de primeira necessidade que se troca todos os anos. Como resultado hoje grande parte da população está com a renda comprometida, para não dizer totalmente endividada com prestações que se estendem por anos.

Para iludir a população e manter sua popularidade em alta, o Governo Dilma evitou o reajuste da gasolina e de outros itens até o momento que pode. Mesmo sabendo que chegaria o momento em que os preços precisariam subir.

Como resultado de todos os erros do Governo, logo que assumiu seu segundo mandato Dilma fez tudo àquilo que prometeu não fazer durante o discurso de sua campanha para a reeleição. Como resultado tivemos no ano de 2015 a inflação ultrapassando a marca dos 10%.

O pior de tudo isso é ver o Governo querendo colocar toda a culpa na oposição. No entanto, quem está no poder a mais de 13 anos não é a oposição e sim o PT.

Se Dilma tivesse um pouco de humildade e assumisse todos os erros que cometeu em seu Governo talvez não seria tão duramente criticada, mas colocar a culpa nos outros realmente é mais fácil.

Veja também: Dicas para enfrentar a crise

Curta nossa página no Facebook

Sharing is caring!

(Visited 1.272 times, 1 visits today)