A partir de janeiro de 2015 o salário mínimo foi reajustado em 8,8% elevando assim o valor R$ 724,00 para R$ 788,00.

O reajuste é mais uma vez pouco acima da inflação, pouco mesmo, pois a inflação de 2014 foi acima de 6%. Portanto, o reajuste real é de aproximadamente 2%.

Salário mínimo

Salário Mínimo

O Governo diz que continua com a valorização do salário mínimo, porém a inflação acumulada apenas neste início de ano já corroeu o aumento que o trabalhador recebe.

A energia elétrica sofreu reajuste acima de 20% no início de 2015 e ainda está previsto um novo reajuste para o mês de abril.

Os combustíveis também tiveram reajuste no início do ano. Certo, mas você pode dizer que quem recebe apenas um salário mínimo não possui veículo. Pode ser, mas utiliza transporte público e este utiliza combustível, a alta no preço dos combustíveis pressiona o preço do transporte que pode sofrer reajustes.

Os alimentos também ficam mais caros, a produção tem aumento de custos por decorrência do aumento da energia elétrica, o transporte fica mais caro por causa do preço dos combustíveis, no final das contas o poder de compra do trabalhador pode não sofrer alteração.

Além de ganhar pouco, quem depende do salário mínimo ainda tem que torcer muito para não perder o emprego, esse pode ser uma reflexo do desempenho econômico atual do país. Perder o emprego se tornou uma verdadeira tragédia depois do pacote de mudanças no seguro-desemprego. Principalmente se você está no primeiro emprego e ainda não atingiu 18 meses de trabalho, anteriormente bastava ter apenas 6 meses de carteira assinada para ter direito ao benefício.

O aumento do salário mínimo beneficia muito mais quem recebe vários salários, ou seja, se você ganhar uma ação na justiça e ela for calculada no salário mínimo você pode ser beneficiado. Por outro lado se você tiver que pagar um advogado em salário mínimos você sairá prejudicado.

Veja também: É possível viver com um salário mínimo?

Sharing is caring!

(Visited 141 times, 1 visits today)