Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Dia: 18 de agosto de 2013

Congestionamento nas Capitais

Congestionamento

O congestionamento do trânsito nas grandes cidades não é nenhuma novidade para quem mora lá. Eu não moro lá, a única capital que visitei até hoje foi a capital mato grossense Cuiabá. Nunca andei de carro lá, sempre que passei por lá foi de ônibus, mas nunca passei por um congestionamento. Ou melhor, nunca tinha passado por um antes. É conhecido que a capital de Mato Grosso Cuiabá será uma das sedes da Copa do Mundo de 2014 e que estão ocorrendo várias obras para melhorar o trânsito da cidade. Fato é que a menos de um ano para a Copa ainda falta muita coisa a ser feita.

As obras estão ocasionando transtornos para a população, para os comerciantes e até mesmo para quem vem de fora da capital. Nesta minha última passagem por Cuiabá não consegui passagem em Várzea Grande e precisei ir até a rodoviária de Cuiabá. Este percurso entre as duas rodoviárias é realizada perfeitamente em trinta minutos, mas desta vez para minha surpresa a viagem, isso mesmo foi uma verdadeira viagem, pois durou nada menos do que uma hora e trinta minutos o percurso. Certamente teria perdido o ônibus para fazer conexão por causa da demora exagerada. De qualquer forma acabei perdendo porque o mesmo já estava lotado.

O ônibus passou por Cuiabá justamente no horário de pico, quando as pessoas estão saindo do trabalho para ir para casa, filas de ônibus coletivos, pontos de ônibus lotados, esta era a cena que se podia observar. Ruas interditadas, obras na pista, desvios e o grande fluxo de veículos resultaram em um congestionamento imenso para uma cidade que não está entre as maiores capitais do país em se tratando de população.

A promessa é de que o trânsito vai melhorar após a conclusão das obras para a Copa, espero que seja verdade mesmo, pois se sem a Copa já está um caos, imaginem quando os turistas chegarem à capital. Certamente não vão gostar de ficarem horas perdendo tempo no trânsito.

Mestres e Doutores para Garis

Mestres e Doutores

Recentemente uma reportagem me chamou a atenção, pessoas com nível superior, mestres e até doutores se inscreveram para o concurso de garis da prefeitura da cidade do Rio de Janeiro.

Uma notícia muito surpreendente realmente, em um momento em que o Brasil está investindo pesado na formação de mestres e de doutores, inclusive oferecendo bolsas para quem quer estudar no exterior, pois segundo levantamentos o número de mestres e de doutores no Brasil ainda é muito pequeno em relação aos países desenvolvidos e existe a necessidade de formar cada vez mais mestres e doutores.

Mas como pode isto, uns dizem que o Brasil precisa de mais mestres e doutores, por outro lado mestres e doutores formados se inscrevem para trabalhar de gari? Certamente que a desculpa é de que não conseguem emprego, mas será que realmente não existe emprego para mestres e doutores no Brasil? Não acredito nesta teoria. Existe uma grande demanda por professores mestres e doutores nas universidades estaduais e federais brasileiras e por que não falar das instituições privadas também. Pessoas qualificadas certamente conseguem emprego mais facilmente. No entanto, o fato de possuir mestrado e doutorado por si só não quer dizer que a pessoa tem vaga garantida. É preciso mostrar que possui capacidade.

Como dizia anteriormente as universidades possuem forte demanda por mestres e doutores, mas para ser professor é preciso ter capacidade de passar para os alunos aquilo que sabe e, sobretudo é preciso gostar daquilo que faz.

Talvez grandes centros como o Rio de Janeiro estejam saturados de mestres e doutores, mas certamente existem lugares onde existe escassez até mesmo de pessoas com nível superior. O principal problema é que na maioria das vezes as pessoas não querem sair dos grandes centros para trabalhar nas cidades do interior do Brasil.

Mesmo que prefiram continuar no Rio de Janeiro, não acredito que não existe uma ocupação melhor do que o serviço de gari para estas pessoas, como citei no início, além de mestres e doutores, milhares de pessoas com nível superior também se inscreveram para o concurso. Se o salário fosse vantajoso até dava para entender, mas os selecionados devem ganhar aproximadamente um salário mínimo e, além disso, o grau de instrução que eles possuem de nada servirá para a seleção, pois o que será avaliado é a capacidade física e não a intelectual.

O Brasil forma milhares de mestres e doutores todos os anos e precisa aumentar estes números para suprir a demanda. Mas certamente que está demanda não é para preencher vagas de gari.

Administração e Sucesso