Todos pela empresa

É preciso tomar cuidado para não confundir as coisas. Quando somos contratados para trabalhar em uma organização automaticamente concordamos em dispor de nossos conhecimentos, nossas habilidades para servir a empresa. E não ao contrário, utilizar a empresa para levar vantagens. É uma troca, recebemos o salário em troca dos serviços prestados. Muitas vezes acreditamos que recebemos menos do que deveríamos, neste caso é preciso analisar cada situação. Se você faz apenas aquilo que foi combinado durante a admissão e recebe justamente o combinado como salário, então não há motivo para reclamação. No entanto, se as tarefas impostas vão muito além do combinado e o salário continua o mesmo, aí existe realmente motivo para reclamação. Neste caso a empresa está te explorando.

Existem empresas que percebem a dedicação e capacidade do trabalhador e automáticamente fazem a sua promoção dentro da empresa e consequentemente alteram o seu salário, para melhor é lógico. Mas também existem aqueles funcionários que pensam que só devem fazer aquilo que foi mandado e nada mais. Passam a vida inteira no mesmo emprego e reclamando que ganham pouco, no entanto, não fazem nada para mudar a situação. Não procuram aprender outras funções dentro da empresa, reclamam se precisam ficar dez minutos depois do expediente, etc.

Deve ficar bem claro que a empresa não é obrigada a aumentar o seu salário apenas porque você possui outras qualificações, pode ser que na empresa não exista uma vaga para onde você possa ser promovido. Neste caso a única solução é mudar de emprego se você almeja crescimento profissional.

Geralmente você acredita que ganha pouco, e a empresa acredita que paga muito, isso é normal. Para a empresa um funcionário custa muito mais do que ele recebe a cada mês trabalhado. FGTS, PIS, COFINS, Férias, 13º Salário, INSS são os encargos que incidem sobre o seu salário. No entanto, um funcionário eficiente e dedicado deixa de ser caro e passa a ser um diferencial na empresa.

E você, trabalha pela empresa, ou pensa apenas no salário que vai receber no final do mês?