Cesta Básica

      Alguns querem negar, mas é obvio que a inflação não esta totalmente sob controle. Prova disso é que recentemente a presidente Dilma anunciou a isenção de impostos de alguns produtos da cesta básica, isto como tentativa de conter a inflação. Outra ação foi a redução das tarifas de energia elétrica, no entanto, os combustíveis tiveram alta nos preços. Apesar de dizerem que o reajuste seria modesto, na prática é bem diferente. Pois as pessoas não compram apenas um litro, elas precisam encher o tanque do veículo e no final das contas um pequeno aumento tem grande reflexo no final do mês.

      Apesar disso, o mais preocupante mesmo é a alta nos preços dos alimentos. Temos o caso do Tomate que virou até piada na internet. A explicação para os preços exorbitantes praticados é o clima. Como o clima não foi favorável a produção diminui e consequentemente os preços aumentaram. Só que na minha opinião exageradamente. Embora possa ser encontrado por R$ 6,00 ou R$ 7,00 o quilo, já vi tomate sendo vendido por R$ 13,00 o quilo.

      A carne também está com o preço bem salgado, o pão francês sendo vendido a R$ 8,00 o quilo. Recentemente os remédios também foram reajustados.

      Sinceramente não acredito que os preços vão cair de forma significativa com as medidas do Governo.

Também não sei como é que alguém pode sobreviver e sustentar sua família com um salário mínimo quando uma cesta básica custa aproximadamente R$ 385,00 em São Paulo.

      É certo que a inflação está aí em quase todos os lugares, basta pesquisar e comparar os preços que você verá que seu poder de compra está menor. O problema é que o reajuste no salário muitas vezes não é nem ao menos suficiente para cobrir estes gastos extras.

No entanto, também é certo que a inflação atual está longe dos patamares dos anos 80 e início dos anos 90, mas o medo da volta da inflação sempre existirá, principalmente para aqueles que vivenciaram aquela época.

É possível viver com apenas um salário mínimo?

Sharing is caring!

(Visited 110 times, 1 visits today)