Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Mês: julho 2012

Desinteresse Pela Política

Vote Certo

Uma das coisas mais comuns que ouço falar é a seguinte frase. “Eu odeio política” No entanto, vivemos em um país democrático e que de dois em dois anos precisa eleger seus representantes no âmbito municipal, estadual e federal. As pessoas muitas vezes se deixam influenciar pela opinião dos outros ou ainda costumam votar no candidato que está liderando as pesquisas. Não votam porque acreditam que este ou aquele será melhor, mas apenas por obrigação. Como sabemos, o voto no Brasil é obrigatório e se não fosse certamente a grande maioria das pessoas não votaria.

Esse desinteresse pela política deve-se ao fato do povo brasileiro estar cansado de tanta corrupção. Porém, periódicamente surgem denúncias contra os políticos e muitas delas são gravíssimas. Mesmo assim a maioria volta a ser eleito pelos brasileiros, ou seja, o povo não tem memória ou não acredita que pode mudar esta situação elegendo pessoas que nunca estiveram no poder.

Dizer que não conhece o candidato e o seu passado sujo já não cola mais. A mídia está aí divulgando os fatos e o próprio eleitor pode obter informações a respeito do candidato acessando a internet.

Infelizmente o povo dá muito mais importância para coisas inúteis, se perguntarmos quem foram os 5 últimos presidentes do Brasil, muita gente não saberá responder, mas se perguntarmos o que aconteceu em uma novela exibida 20 anos atrás, garanto que muita gente saberá responder.

Além da falta de informação, a falta de instrução pode ser outro fator que influência na eleição de pessoas incorretas, segundo levantamento divulgado recentemente, mais da metade dois eleitores matogrossenses não concluiu o ensino fundamental.

Sustentabilidade: como implantá-la?

O mundo em nossas mãos

A sustentabilidade está na moda, é um assunto que ouvimos falar todos os dias, mas pouco está realmente sendo feito para sua verdadeira implantação. Desde o século passado este assunto é pauta de reuniões como a Eco 92 e agora novamente foi o assunto da Rio + 20. Duas décadas se passaram e muita coisa discutida a vinte anos atrás ainda não foi implantada. Os países ponham o crescimento em primeiro lugar, as empresas ponham o lucro em primeiro lugar e assim vão empurrando a situação até o dia que der.

Os poderosos realmente podem mais e dificilmente irão realizar ações que reflitam negativamente no resulta de seus negócios. Mas então o que podemos fazer? A questão mais difícil é mudar a cultura das pessoas, não é de uma hora para a outra que alguém vai mudar suas atitudes. É preciso que cada um entenda que todos somos responsáveis pela sustentabilidade de nosso planeta. Com atitudes simples podemos mudar muita coisa. O principal problema do mundo atual é que consumimos muito mais do que precisamos para sobreviver.

Podemos auxiliar a implantar a sustentabilidade comprando apenas os alimentos que vamos consumir, não jogando comida no lixo, não tomando banhos de hora com o chuveiro aberto, não escovando os dentes com a torneira aberta, não lavando louças com a torneira aberta o tempo todo, trocando torneiras com defeito, não jogando lixo nas ruas e calçadas, comprando apenas roupas que vamos utilizar e quando não forem mais úteis doá-las para os necessitados, trocando aparelhos elétricos por outros que consomem menos energia, dando destino adequado para o lixo eletrônico, não ponhando fogo nas folhas do fundo do quintal, etc.

Eu poderia prolongar esta lista ainda muito mais, como podemos perceber estas ações dependem apenas de nós mesmos, não precisa de intervenção do Governo e muito menos de campanhas de concientização.

Se cada um fizer a sua parte teremos um mundo sustentável.

Sugestão de leitura: http://www.ideiasustentavel.com.br/ – Ricardo Voltolini

Leia Também: Você contribui para a sustentabilidade do planeta?

Gastos com Campanha: fora de lógica

gastos com campanha política

Gastos da eleição

A justiça eleitoral limita os gastos com a campanha eleitoral para evitar gastos exagerados e acima do patrimônio declarado.

Até ai tudo bem, mas vamos comparar a eleição com uma empresa. Para abrir uma empresa fazemos um investimento, dependendo do tamanho da empresa este investimento pode ser bastante alto. No entanto, deve existir um planejamento para avaliar a viabilidade do negócio e quanto tempo irá levar para o negócio começar a dar retorno, ou seja, lucro.

Agora como que pode um candidato gastar por exemplo, R$ 2.000.000,00 (dois milhões de reais) com uma campanha a prefeito? Vamos supor que ele consiga se eleger, digamos que o salário do prefeito seja de R$ 20.000,00 mensais, logo durante o mandato de 4 anos, 48 meses, o prefeito irá receber em salários R$ 960.000,00, ou seja, menos da metade do que gastou para conseguir se eleger. Teoricamente é prejuízo na certa, mas ninguém é maluco de entrar num barco furado destes. Para eleger um candidato os partidos fazem coligações e os empresários investem na campanha esperando receber algo em troca durante o mandato. Aliás, se não for desta maneira, a solução será desviar verbas públicas para cobrir os gastos da campanha política.

O cargo público não é uma empresa que dá lucros, o ganho será apenas o salário recebido mensalmente, portanto, o investimento deveria ser de acordo com o retorno previsto.

Na minha opinião a justiça deveria proibir que os gastos com a campanha política para prefeito, vereador, deputado, senador, governador e presidente fossem maiores do que os salários recebidos durante o mandato. Isso poderia diminuir um pouco da corrupção que assola nosso país.

As doações para campanha realizadas por empresas deveriam ser proibidas, estas empresas que fazem grandes doações para campanhas presidenciais, por exemplo, são as mesmas que frequentemente vencem as grandes licitações em nosso país. Afinal, qual é o interesse das empresas em financiar as campanhas? Vocês acreditam que elas simplesmente gostam dos candidatos e tem dinheiro sobrando para investir em campanhas. Certamente não.

Salário Mínimo de 2013 pode ser de R$ 667,00

Salário Mínimo

A LDO aprovada prevê um salário mínimo de R$ 667,00 para o ano de 2013. Aproximadamente 7,3% de aumento, ou seja, R$ 45,00 a mais para o trabalhador. Seria um aumento significativo se não existisse inflação, pois a inflação estimada para o ano de 2012 é de quase 5%. Isso quer dizer que o aumento do salário mínimo é praticamente só a correção da inflação, de ganho real os trabalhadores terão apenas 2% aproximadamente.

Aqueles que não recebem apenas um salário mínimo conseguem perceber facilmente os reflexos da inflação, mas quem realmente sente na pele é aquele que recebe um salário apenas, a ilusão de que o poder aquisitivo aumentou é logo desfeita ao percorrer as prateleiras do supermercado e ver que praticamente tudo é reajustado quando o novo salário entra em vigor.

Segundo o DIEESE, o salário mínimo brasileiro deveria ser de mais de R$ 2.300,00, para ser capaz de suprir todas as necessidades do trabalhador, para garantir as despesas familiares com alimentação, moradia, saúde, transportes, educação, vestuário, higiene, lazer e previdência. Portanto, deveria ser mais de 3 vezes o valor atual, ou seja, o salário mínimo brasileiro é inconstitucional e eu propriamente não acredito que um dia estará de acordo com a Constituição Federal.

Apesar dos incentivos fiscais, iPad produzido no Brasil tem o mesmo preço do produzido no exteiror

iPad

Quem esperava preços mais acessíveis para os iPads brasileiros se decepcionou, o fato é que o Governo concedeu incentivos fiscais para que a Foxconn instalasse uma fábrica para produzir os produtos da Apple no país. No entanto, os iPads já estão sendo fabricados no Brasil e estão sendo vendidos pelo mesmo preço dos produzidos fora do país.

O Governo diz que o aumento da concorrência é que irá forçar a redução dos preços, pois várias empresas já tem autorização para produzir tablets no Brasil e outras estão buscando obter a autorização.

O consumidor tem todo o direito de se sentir lesado, pois é inadimissível que um produto que vem de outro país tenha o mesmo custo daquele que é fabricado no Brasil e sobretudo por uma empresa que recebeu incentivos fiscais para se instalar.

Existia uma expectativa de que o preço poderia cair em até 30%, mas pelo visto isto não passou de especulação , pois segundo o Ministério da Ciência e Tecnologia – MCTI, a lei que reduziu o IPI e autorizou a insençaõ de PIS e COFINS não dis nada em relação aos preços.

Simplesmente um desrespeito com o consumidor brasileiro.

UNEMAT Divulga Vestibular para Turmas Especiais: Alta Floresta terá turma especial de jornalismo

Vestibular

São 500 vagas para os cursos da Unemat, sendo 150 para História, Matemática e Química, ofertadas na modalidade Parceladas no núcleo pedagógico de Matupá; e outras 350 para turmas fora de sede, sendo: Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo em Alta Floresta, Matemática em Brasnorte, Computação em Sinop, Letras e Administração em Sorriso e Letras em Tapurah. O valor da taxa de inscrição está fixado em R$ 90.

O Curso de Formação de Oficiais do Corpo de Bombeiros oferece 06 vagas, sendo 05 para candidatos do sexo masculino e 01 do sexo feminino. Já para a Polícia Militar são 30 vagas, das quais 27 são para homens e 3 para mulheres. A taxa de inscrição é de R$ 120.

Inscrição- As inscrições devem ser efetuadas via internet, no endereço eletrônico ww.unemat.br/vestibular, no período compreendido entre 24 de julho e 7 de agosto. O pagamento da taxa de inscrição deverá ser efetivado até o dia 08/08, observado o horário normal de expediente bancário.

Podem solicitar isenção de pagamento da taxa de inscrição candidatos com renda familiar inferior a dois salários mínimos, doadores regulares de sangue, ou no caso específico do vestibular da Unemat, os Profissionais Técnicos da Educação Superior. Para pleitear, o candidato deverá fazer a inscrição somente no período de 24/07 a 26/07 e após protocolar os documentos comprobatórios.

As provas do vestibular serão realizadas nos dias 16 e 17 de setembro. No domingo (16.09) haverá provas de Física, Biologia, Matemática, Geografia e Língua Estrangeira e na segunda-feira (17.09), Química, História, Língua Portuguesa, Literatura e Redação. O resultado das provas será divulgado no dia 14/11 e o período letivo das turmas especiais terá início logo após essa data.

O vestibular será realizado em 10 cidades, dentre as quais o candidato poderá optar no ato da inscrição: Alta Floresta, Barra do Garças, Brasnorte, Cáceres, Cuiabá, Matupá, Sinop, Sorriso, Tangará da Serra e Tapurah.

Fonte: http://www.novoportal.unemat.br/?pg=noticia7385/Unemat%20divulga%20edital%20do%20Vestibular%20para%20turmas%20especiais%20e%20CFO/MT

O Caos da Saúde no Brasil

Saúde

Um país que está gastando bilhões com as obras para a Copa do Mundo e Olimpíadas investe migalhas na saúde de sua população. Recentemente vi uma reportagem sobre a situação lastimável dos hospitais universitários no Brasil. Hospitais sem médicos, sem medicamentos, sem higiene, sem condições de realizar cirurgias agendadas, em fim, um verdadeiro caos.

O Governo agiu rápido e liberou 101,5 milhões para 45 hospitais universitários do país, dividindo em partes iguais são pouco mais de 2 milhões por hospital. Uma quantia insignificante para um país que está investindo bilhões para viabilizar a Copa do Mundo de 2014. Tem estádio que deve custar perto de 1 bilhão de reais.

As obras para a Copa são prioridade, possuem prazo e os recursos serão viabilizados a qualquer custo para cumprir o acordo com a FIFA. Já a saúde pode ficar em segundo plano, os recursos só são liberados quando o caos está instalado. Sendo assim o Governo faz economia e sobra mais para investir na Copa. Concordo que as obras de infraestrutura nas cidades sede vão trazer melhorias para a qualidade de vida da populção local. O problema é este, apenas para a população local, a população do interior não ganha nada com a Copa. E os estádios, quantos hospitais e escolas poderiam ser construídos com o dinheiro de um único estádio.

Sempre fui um crítico ao Governo Lula por causa dessa história de que o país esta em ordem “a casa está arrumada”, e o Governo Dilma segue pelo mesmo caminho. É hipocrisia dizer que o país está bem quando na verdade está uma bagunça. A corrupção continua em destaque, a saúde, a educação, a segurança deixam a desejar. E mesmo assim a mídia diz que a aprovação do Governo está em alta.

A saúde pública é dever do Estado, mas os prazos para investimento são empurrados até onde é possível, pena que a saúde não é apenas um evento mundial como a Copa do Mundo.

Como Fazer Vídeos no Windows Live Movie Maker?

Vídeos no Windows Live Movie Maker

Movie Maker

Com a popularização das câmeras digitais, muitas pessoas possuem milhares de fotos em seus computadores. Muitas vezes não se sabe o que fazer com elas. Aqui vai uma dica, pegue suas melhores fotos e transforme em um belo vídeo cheio de efeitos, animações, fundo musical, título, legenda, etc.

Se você possui o Windows 7 procure um programa chamado Windows Live Movie Maker, caso ela não esteja instalado é só procurar na internet e baixá-lo.

Após encontrá-lo, abra o Windows Live Movie Maker, clique no botão adicionar vídeos e fotos, abrirá uma janela para que você possa procurar as fotos ou vídeos que você pretende utilizar.  Encontrando as fotos é possível selecionar todas as fotos utilizando Ctrl + A, ou selecionando apenas as desejadas segurando a tecla Ctrl e clicando sobre as fotos. Após selecionar as fotos clique em abrir, o programa irá carregar todas as fotos. Se você pretende colocar um título no seu vídeo, basta clicar sobre a primeira foto da lista e depois no Menu início, Título (adicionar título ao filme), então é possível digitar o nome do filme na caixa de texto que se abre. Clicando fora da caixa de texto é possível mudar o plano de fundo da cor desejada e escolher um tipo de exibição personalizado no Menu formato.

Em cada foto inserida é possível colocar um efeito diferente, basta clicar em cima da foto e no Menu animação escolher o efeito desejado, também é possível colocar títulos no meio do vídeo segundo a mesma explicação citada anteriormente e ainda colocar legendas nas fotos, para isto basta clicar sobre a foto e no Menu início, clicar em legenda, se abrirá uma caixa de texto onde é possível, por exemplo, colocar um nome na foto.

Além da animação existem os efeitos visuais onde é possível deixar a foto em preto e branco, por exemplo, para isto é só clicar na foto e no Menu efeitos visuais escolher o modelo desejado.

Após inserir todas as fotos e todos os efeitos desejados vá no Menu início, clique em adicionar uma música, procure a música desejada no seu arquivo do computador e selecione a música e depois clique em abrir, é possível inserir várias músicas se o vídeo for extenso, mas se o vídeo for pequeno a quantidade de imagens deve ser compatível com o tamanho da música. Para não cortar um pedaço da música, insira mais fotos, ou aumento o tempo de exibição das imagens. Para aumentar o tempo de exibição das imagens clique em cima da foto e no Menu editar, clique em duração e aumente o tempo que cada foto é exibida, 5, 6, 7, 10 segundos, da mesma maneira é possível reduzir o tempo para apenas 1 segundo.

Ao fim do vídeo é possível inserir os créditos, para isto basta clicar na última foto e no Menu início, créditos, abrirá uma caixa de texto para digitar os créditos, por exemplo, os autores do vídeo, créditos das imagens, músicas utilizadas.

Se você não conseguiu terminar o vídeo e pretende continuar em outro momento, vá em Arquivo e salvar projeto. Detalhe, você pode continuar o que estava fazendo em outro momento, basta abrir o programa e em Abrir projeto procurar o seu arquivo e carregá-lo, mas todas as imagens e músicas utilizadas não devem ser removidas das pastas de onde foram utilizadas, caso você faça isto estragará o seu vídeo. Apenas quando o seu vídeo estiver pronto é que tudo o que você fez ficará salvo no arquivo, quando terminar clique no Menu arquivo, Salvar filme, escolhe a resolução desejada escolha um nome e clique em salvar. Dependendo do tamanho vai demorar um pouco. Após terminar é possível salvar o vídeo em um DVD e assistir no DVD player ou ainda publicá-lo no YouTube, mas para isto a música utilizada não deve possuir direitos autorais.

 Veja também: Como fazer vídeos no Windows Movie Maker? Para Windows XP

Veja um vídeo feito com o Windows Live Movie Maker aqui

Assista esta explicação em vídeo se preferir abaixo:

Administração e Sucesso