Há muito tempo que ouvimos falar que agora é a vez do Brasil, que agora o Brasil vai crescer. Primeiro foi a auto-suficiência em petróleo, o Brasil se tornou auto-suficente em petróleo, mas eu que tenho veículo não vi nenhuma melhoria para a população, os combustíveis continuaram com preços altos, a mesma coisa com o gás de cozinha. Mais recentemente foi a descoberta do Pré-sal, foi uma descoberta fantástica segundo nosso ex-presidente, mas até agora o que vimos foram apenas brigas para ver quem vai ficar com a maior fatia dos hoyalties, sendo que se o petróleo é brasileiro, todos os Estados deveriam receber uma parte, e não apenas os Estados litorâneos. Dizem que a produção de petróleo vai aumentar significativamente, mas será que isso vai melhorar em alguma coisa a vida dos brasileiros.

Recentemente o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo de Futebol, dizem que isso vai trazer muitos investimentos para o país, e que as cidades sede vão ser transformadas e receberão grandes investimento em infra-estrutura e mobilidade urbana. Primeiramente o Brasil corre o risco de passar vergonha se não conseguir concluir os estádios e aumentar a capacidade dos aeroportos, hotéis e acabar com os Km de congestionamento do trânsito, principalmente em dias de jogos.

O problema é que o Brasil não poderia se dar ao luxo de gastar bilhões para realizar um evento desses, quando a sua infra-estrutura rodoviária, hidroviária, ferroviária penam por falta de investimento pesados. Vemos o caso de Mato Grosso que é o maior produtor de grãos do Brasil, mas precisa escoar sua produção para o Sul e Sudeste, pois a BR 163 projetada e aberta nos anos 70 ainda não teve seu asfaltamento concluído, e olha que já estamos em 2011, dizem que será concluída em dezembro deste ano, só acredito vendo. Faltam estradas, ferrovias, hidrovias, aeroportos, hospitais, escolas, professores, etc.

O Brasil tem muito ainda a evoluir e tem condições para isso, o problema é que aqueles que governam o país não sabem como administrá-lo.

Sharing is caring!

(Visited 18 times, 1 visits today)