Essa é uma questão que deve ser levada em consideração na hora de iniciar uma faculdade, ou qualquer outro curso profissionalizante, é verdade que muitas vezes não temos escolha, existem poucas alternativas de cursos, ou ainda aquele que gostaríamos de fazer não está ao alcance de nosso poder aquisitivo. Muitas vezes nos vemos obrigados a fazer um curso que não faríamos se pudessemos escolher, mas até aí o problema é pequeno.

O verdadeiro problema começa na hora que inicia-se o curso e percebe-se que realmente aquilo não era mesmo o que a pessoa queria, neste caso é melhor desistir enquanto não perdeu muito tempo e dinheiro quando for uma instituição privada, se você insiste e vai até o fim, as chances de você não utilizar aquele curso para nada são muito grandes, pior ainda se você insistir em trabalhar em algo você não gosta. A consequência é que seus serviços serão de baixa qualidade e você não estará feliz com aquilo que faz.

Por outro lado se você não gosta do curso, quando você iniciar pode ser que passe a gostar, e o curso apesar de não ser exatamente aquele que você desejava pode se tornar a sua profissão, não importa a profissão que você escolhe, não existe profissão ruim, se você gosta daquilo que faz isso é que importa. No entanto por mais que você goste da profissão é importante saber qual será o seu salário, talvez o salário faça você deixar de gostar da profissão, da mesma maneira que existem profissões não muito boas com salários excelentes, a escolha é sua, escolha a que escolher faça bem feito o seu trabalho.

Sharing is caring!

(Visited 39 times, 1 visits today)