Todo ano é a mesma coisa, uma discussão enorme para aumentar o salário mínimo, mas por que essa insistência do Governo em não aumentar o Salário Mínimo, na quantia que os trabalhadores querem. A verdade é que o Governo quer conter a inflação, pois quanto maior o salário mínimo, maior será o consumo das pessoas e consequentemente vai aumentar a inflação. Analisando friamente o  aumento do salário mínimo não prejudica ninguém além do Governo, a inflação aumenta e fica mais caro para o Governo manter os aposentados e pensionistas.

No entanto para as indústrias o aumento do salário mínimo não necessariamente aumenta as despesas, pois se as despesas aumentam o produto final também aumenta, e a mesma coisa acontece no comércio e no setor de serviços, como o salário aumenta os produtos e serviços também aumentam no varejo. A arrecadação dos impostos para o Governo também aumenta. A realidade é que neste ano de 2011 o salário teve um aumento real insignificante, o que aconteceu com o salário foi praticamente uma correção da inflação.

Portanto todos os outros setores precisam repassar o aumento para seus funcionários, do contrário o poder de compra deles diminuíra, aumentar 10%, ou 30% o salário mínimo não reflete na realidade um ganho na mesma proporção, já para as empresas o aumento do salário reflete no pagamento de impostos, a carga de impostos para manter um trabalhador legalmente registrado é muito grande, mas a arrecadação do Governo também aumenta. Quem não está feliz com o salário mínimo não precisa ficar esperando que um dia seja possível viver com ele e satisfazer todas suas necessidades, o melhor caminho é se especializar e conseguir um emprego para ganhar 2, 3 5, 7 salários mínimos, é claro que tudo tem seu preço, se você ganha mais também terá que pagar mais impostos ajudando o Governo a manter a economia em estabilidade.