Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Dia: 8 de fevereiro de 2011

Vergonha Nacional: saláriozinho minúsculo

Mais uma vez acompanhamos uma série de discussões para que consigam aprovar o novo salário mínimo, afinal ele já estava pré-fixado pelo Governo anterior em R$ 540,00, mas o atual Governo concedeu mais um aumento de incríveis R$ 5,00 totalizando R$ 35,00 de aumento elevando o salário para R$ 545,00. A oposição quer mais, porém dizem que não é possível dar um aumento maior. Vejamos no ano de 2010 o INPC -Índice Nacional de Preços ao Consumidor foi de 6,4652 %, se aplicarmos esse aumento ao salário mínimo de R$ 510,00 teremos um salário de aproximadamente R$ 543,00. Portanto o salário mínimo não teria nenhum aumento real.

É uma vergonha que para aprovar aumentos exorbitantes de 100% para os políticos é fácil e em caráter de urgência, enquanto que aqueles que realmente precisam dessa miséria de salário mínimo para sobreviver precisam ficar esperando meses para no fim ter aumentos de salário pífios como esse, se realmente for aprovado é uma vergonha.

Será que alguém consegue viver com dignidade com um salário desses? Enquanto o povo faz malabarismo para passar o mês com esse salário, a nossa presidente tem um cabeleireiro particular que cobra apenas R$ 300,00 cada vez. Isso realmente é uma vergonha.

Tipos de Ações

As ações de uma empresa podem ser ordinárias ou preferenciais.

Ações ordinárias: a principal característica da ação ordinária é que quem a possui tem direito a voto em assembléias, portanto pode participar das decisões da empresa, decidir o seu futuro. As ações ordinárias não dão direito preferencial para o seu titular na hora de receber os dividendos.

Ações preferenciais: ao contrário da ação ordinária, a ação preferencial geralmente não dá direito de voto em assembleias, porém quem a possuí tem prioridade na hora de receber os dividendos, ou em caso de fechamento da empresa.

Administração e Sucesso