Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

O tempo ocioso, ele existe sim

Um dia tem 24 horas, 1.440 minutos e 86.400 segundos e mesmo assim tem muita gente que reclama da falta de tempo. Mas quanto tempo ocioso você tem durante o seu dia?

Tempo ocioso

Apenas como exemplo vou falar um pouco sobre minha experiência. Nunca fui uma pessoa de ler pilhas de livros, sempre pegava um livro para ler até o fim quando isso era uma obrigação, raramente fazia isso por simples interesse. Recentemente comecei a escrever romances, logo não é possível ser bom escritor sem que você seja um leitor assíduo. Mas como vou arranjar tempo para escrever, ler livros e ainda me dedicar as outras tarefas do dia a dia? Não sou escritor de profissão, ainda estou longe de obter lucro com a publicação de livros.

Tomando o ano de 2016 como base tenho o seguinte resultado. Até o mês de agosto eu li um total de 15 livros, um total de 2.764 páginas, sendo que um deles eu li 4 vezes, pois é um dos livros que publiquei neste ano. Isso mesmo, enquanto eu li 15 livros eu escrevi outros dois no mesmo período. Tudo isso sem deixar de lado o meu trabalho fixo, compromissos familiares e outras tarefas do dia a dia.

Como isso é possível?

Abandone a televisão, não perca horas assistindo programas que não agregam em nada a sua capacidade intelectual. Assista a filmes que podem lhe dar ideias para escrever novos livros, ou que tenham uma história com fatos relevantes para a sua vida e que podem formar sua opinião sobre determinados assuntos. Sempre que estiver com tempo ocioso tenha disponível um livro em formato impresso ou digital para que possa ser lido.

Crie uma conta no skoob para acompanhar a evolução da sua leitura e ainda criar metas de leitura para saber quantos livros e quantas páginas você já leu.

Como vocês podem perceber o tempo existe sim, o problema é a maneira que lidamos com ele. O tempo ocioso é muito mais prejudicial do que a falta de tempo, muitas vezes a falta de tempo acontece porque postergamos as coisas para a última hora e então não temos mais tempo suficiente para fazer tudo sem correria.

Como publicar seu livro no CreateSpace da Amazon

Vamos ver aqui Como publicar seu livro no CreateSpace da Amazon

Vou falar aqui sobre a minha experiência de publicar livros sobre demanda através do CreateSpace da Amazon

Já falei aqui sobre a publicação de livros sobre demanda através do Clube de Autores, mas a gigante Amazon também disponibiliza aos escritores uma plataforma de publicação sobre demanda que é chamada de CreateSpace.

Quando você publica um livro através do Amazon Kindle Direct Publishing – KDP você também tem a opção de publicar e deixar à venda seu livro de maneira impressa no site da Amazon e em outros sites parceiros da empresa disponibilizando seu livro para o mundo inteiro.

A primeira coisa que você precisa fazer é escrever seu livro, não adianta criar uma conta no CreateSpace se você ainda não escreveu seu livro. Mas vamos supor que seu livro está pronto.

Crie uma conta no CreateSpace

O site é totalmente em inglês, se você não está familiarizado com a língua use um tradutor para navegar no site. Depois de criar sua conta, não é possível utilizar a mesma da Amazon, login e senha podem ser iguais, mas a conta precisa ser criada.

Agora clique em Add New Title para começar, depois digite seu título do livro no espaço como vemos na imagem abaixo,escolha a opção Paperback e depois clique em Get Started, que é uma opção para iniciantes onde você será guiado passo a passo até concluir a publicação.

1

Na tela a seguir você irá começar a fornecer as informações sobre o seu livro, como nome do autor, edição, língua, etc.

2

No exemplo acima o livro já está publicado, mas na primeira vez você poderá concluir cada etapa até avançar para a seguinte, se ficar incompleta o sistema impedirá o avanço. Conforme vemos no menu à sua esquerda existem todas as opções, a próxima é o ISBN. Você pode utilizar um ISBN adquirido no Brasil, mas isso causará algumas restrições na hora de vender seu livro. Portanto, o mais aconselhável é utilizar um ISBN oferecido pelo CreateSpace, principalmente porque ele não terá nenhum custo para você.

No menu Interior você irá fornecer seu livro para ver se está de acordo com as especificações. Escolha o tamanho do livro que pretende publicar e deixe o seu arquivo com as especificações, por exemplo, “6 x 9” equivale à 15,24 x 22,86, as margens devem ser exatamente como a seguir, ou o arquivo será rejeitado. Se houverem fotos com baixa resolução no interior do livro o sistema irá rejeitá-las. Depois de enviar o arquivo o sistema permitirá a visualização e apontará possíveis defeitos antes de você fazer a aprovação.

3

Na opção Cover escolha o tipo de capa, fosca ou brilhante, depois envie uma capa pronta dentro das especificações exigidas, ou utilize um dos modelos disponíveis. Ao enviar uma imagem para a capa certifique-se de que ela tem 300 dpi de qualidade, ou será rejeitada por não apresentar qualidade de impressão.

Após concluir o envio da capa, digitar os detalhes da capa e contracapa, os livros da CreateSpace não possuem orelhas, agora você poderá ver como ficou seu livro.

Nas opções a seguir defina os canais de venda, o preço do seu livro e se deseja disponibilizá-lo no Kindle. Você pode selecionar até 6 canais de venda, mas em alguns deles seu livro demorará algum tempo até aparecer, o preço do seu livro não pode ser menor do que o limite fornecido por eles, quanto maior o preço maior serão os royalties recebidos por você em caso de vendas. Caso você já tenha esse mesmo livro disponibilizado no Kindle informe o sistema e no máximo em três dias o livro impresso irá aparecer como opção de compra ao lado do seu livro digital como Capa Comum.

Como publicar seu livro no CreateSpace da Amazon

Após finalizar todo o processo você poderá visualizar uma prova on line do livro ou encomendar a versão impressa para ver como ficou. Você pode encomendar até 5 unidades e elas virão com a inscrição Proof na última página do livro. Se acredita que não é necessário e está tudo OK finalize a publicação do seu livro.

Caso prefira imprimir algumas cópias antes de disponibilizar para a venda encomende as cópias. Os livros são impressos em Charleston – SC nos Estados Unidos, você tem três opções de entrega e cada uma tem um prazo diferenciado, se você escolher a mais rápida seu livro ficará com um preço muito elevado. Então escolha a primeira opção e informe seus dados pessoais e endereço de entrega. O prazo é de aproximadamente 50 dias.

Fiz o pedido de 5 exemplares do livro acima no dia 16/08/2016 e para a minha surpresa recebi os livros ontem 22/08/2016 pela manhã. Fiquei incrédulo com tamanha rapidez e conferi a postagem e realmente os livros vieram dos Estados Unidos e olha que eu moro no Norte do Estado do Mato Grosso bem distante dos grandes centros.

Eu escolhi a capa brilhante e realmente os livros tem a capa lisa e brilhante, escolhi o papel creme e a leitura e qualidade de impressão são excelentes.

Sobre o preço: meu livro tem 192 páginas e comprando diretamente da minha conta saiu por US$ 3,15 cada mais US$ 3,98 de Shipping que é o custo da entrega. Resumindo, a entrega ficou mais cara do que o custo do livro. Cada livro custou R$ 22,80 na moeda do dia. Assim é possível vender cada exemplar por R$ 30,00, no Clube de Autores em uma compra de apenas 5 exemplares esse valor ficaria bem acima, próximo de R$ 30,00.

Depois de aprovado você poderá comprar quantos exemplares quiser com esse preço por unidade, mas certamente o frete será diferenciado para uma quantia maior de livros.

Portanto, recomendo o CreateSpace a todos que desejam imprimir seus livros de maneira fácil e com qualidade garantida.

Compre aqui meus livros

Planeje sua vida e aposentadoria

Planeje sua vida e aposentadoria, não deixe para quando for tarde demais

As pessoas têm o costume de planejar a festa do final de semana, a viagem de férias no final de ano, a idade que vão casar e ter filhos, mas são poucos aqueles que planejam a vida para chegar a uma velhice tranquila com a conta bancária cheia de dinheiro.

Planeje sua vida e aposentadoria

Mas eu só tenho vinte anos, por que motivo preciso pensar na minha aposentadoria?

Realmente sua aposentadoria está bastante distante, mas suas ações de hoje influenciam na vida que terá daqui a 30 ou 40 anos.

Se tiver a oportunidade faça uma faculdade, hoje em dia é muito mais fácil entrar na universidade e com a formação em alguma área sua carreira pode ser muito mais promissora.

Sempre que possível trabalhe de carteira assinada, só aceite trabalhos sem registro quando isso for a única solução. Se você é autônomo pague o INSS para garantir sua aposentadoria e outros benefícios em casos de doença ou invalidez. Se for possível faça um plano de previdência privada. Pode ser que você consiga uma aposentadoria muito antes do que havia imaginado. Tudo depende de seu poder aquisitivo. Você poupa hoje para gastar na velhice.

Mas por que eu vou deixar de gastar meu dinheiro agora enquanto sou novo para gastá-lo quando eu já estiver velho?

Não estou dizendo que deve passar fome para garantir a aposentadoria, mas sim que deve agir com moderação. Se você gastar tudo o que ganha enquanto é jovem e não tiver nenhuma fonte de renda extra pode ter certeza que sua aposentadoria será miserável. Se você deixar tudo por conta do INSS pode ter uma surpresa desagradável quando chegar a hora de sua aposentadoria. Cada vez está ficando mais difícil conseguir se aposentar, mudam-se as regras dificultando o acesso e a tendência é que cada vez você precise trabalhar mais para conseguir o benefício.

Já se imaginou chegar aos 65 anos aposentado com apenas um salário mínimo de renda e pagando aluguel?

Eu não me imagino nesta situação. Por isso que é preciso planejar sua vida, um dia a velhice irá chegar e talvez seja tarde demais para tentar construir alguma coisa nesta vida.

Assédio moral no trabalho

Assédio moral no trabalho. Talvez você nunca tenha passado por isso, mas certamente já presenciou o fato ou ficou sabendo de alguém que enfrentou o problema.

Assédio moral no trabalho

Primeiramente precisamos entender o que é tratado como assédio moral, não confundam com assédio sexual que é outro problema, mas com características diferentes.

Assédio moral é quando o trabalhador(a) é exposto a situações que de certa forma o humilham ou causam constrangimento durante as suas atividades no trabalho. Esse constrangimento ocorre com frequência e tende a ocasionar a desistência do emprego por parte do trabalhador por não suportar tanta humilhação. Geralmente esses casos acontecem em estruturas hierárquicas onde o superior usa de sua autoridade para constranger o subordinado, mas não necessariamente é uma regra.

O constrangimento ou humilhação geralmente acontece em frente à outras pessoas que trabalham no mesmo setor ou empresa deixando a pessoa totalmente desestabilizada e ridicularizada na frente de seus colegas.

O assédio moral pode ocorrer por algum motivo específico, mas também pode ser um vício do superior imediato que acredita que pode falar o que quiser e na hora que quiser coisas que humilham o funcionário. Como chamar a atenção por ter cometido um erro, por exemplo, fazendo isso de maneira grosseira em frente aos colegas de trabalho.

Se o problema aconteceu apenas uma vez como fato isolado isso não é motivo para ser considerado como assédio moral no trabalho, mas se acontece com frequência então é preciso tomar uma atitude. Se existem testemunhas peça a ajuda e denuncie ao sindicato ou diretamente à justiça do trabalho.

Esses caso só diminuirão se quem sofre assédio moral fazer a denúncia, geralmente a pessoa prefere deixar o emprego por medo de ficar com a “ficha suja” e não conseguir emprego em outra empresa por ter feito uma denúncia. No entanto, essa prática de falar mal de um ex-empregado para outra empresa também é uma atitude que pode ser denunciada à justiça do trabalho.

Como nunca perder seus arquivos digitais?

Já ouvi muitas pessoas reclamando que perderam seus arquivos digitais depois de um problema com o local onde estavam armazenados os arquivos.

Como nunca perder seus arquivos digitais?

E isso realmente pode acontecer com qualquer pessoa. O Pen drive pode queimar, quebrar, cair na água ou até mesmo ser extraviado ou perdido. O computador ou notebook pode dar problema e você ficar na mão. Seu HD externo pode ser roubado.

Mas então não existe uma maneira totalmente segura para salvar e proteger meus arquivos?

A resposta é que existe sim. Basta que você tome um pouco mais de cuidado quando pretende armazenar arquivos importantíssimos. Já imaginou na possibilidade de um escritor estar escrevendo um livro com aproximadamente 50 mil palavras e 300 páginas e depois de concluir ele sai para ir ao supermercado e quando retorna encontra sua casa arrombada e descobre que seu notebook foi levado.

Já imaginou o desespero dele? Definitivamente não acredito que isso aconteça com algum escritor que leva a profissão à sério. Quantos dias ele demoraria para rescrever toda a história? Conseguiria repetir fielmente toda a história com as mesmas frases? Dificilmente.

Aqui estão as sugestões.

Salve o trabalho a cada cinco ou dez minutos utilizando as teclas Ctrl + B no Word para evitar problemas em uma possível queda de energia. Após finalizar o trabalho do dia salve o arquivo no PC e também em um Pen drive ou em um HD externo.  Para garantir que não correrá nenhum risco envio o material em anexo para seu próprio e-mail. Pense ainda em imprimir uma cópia se isso não lhe custar muito caro. Fazendo isso as chances de perder o arquivo são quase inexistentes.

Lógico que você não irá fazer isso com todos os seus arquivos, mas apenas com aqueles que são de extrema importância como no exemplo acima.

Não dê sopa para o azar. Você está com pressa e por isso não salva o arquivo com as alterações em outro lugar.  Dessa maneira de nada adiantará o arquivo que está salvo em outro lugar. O Pen Drive, o HD externo e o e-mail são de fácil acesso.  Mas toda vez que o arquivo for atualizado é necessário enviar uma cópia para substituir o arquivo antigo.

Assim você corre menos riscos e dificilmente irá perder seus arquivos digitais mais importantes.

Cumpra suas promessas

Uma coisa bastante comum é que as pessoas não façam muitas coisas simplesmente por alegarem falta de tempo ou de interesse mesmo

Cumpra suas promessas

No entanto, uma coisa que me irrita muita é quando alguém me diz que vai fazer algo e se compromete com aquilo. Porém, quando chega o dia a pessoa diz que esqueceu.Esqueceu de pagar a dívida que estava pendente.Esqueceu de ir na reunião que estava agendada. Esqueceu de enviar aquele e-mail ou simplesmente de verificar a caixa de e-mail.Esqueceu que deveria dar um recado a certa pessoa.
Esqueceu de ler aquele livro que havia prometido.

Em fim. Ninguém é obrigado a assumir compromissos, mas quando você os assume deve cumpri-los assim como deveria fazer com as suas promessas.

Mas irritante do que não cumprir com a palavra é tentar inventar desculpas para a sua irresponsabilidade.

Se a reunião está marcada para as 13h, chegue antecipado e nunca atrasado. Antes de prometer prazos absurdos avalie primeiramente se terá condições de honrá-los. Se prometeu a alguém que ia ler seu livro, então leia. Não tente enganar a si mesmo mentindo que leu, pois basta poucos minutos de conversa para descobrir que isso é mentira. Você prometeu pagar alguém naquele dia ou mês? Então pague. Muitas vezes as pessoas vendem alguma coisa confiando fielmente que irá receber dentro do prazo. Quando você deixa de pagá-las perderá toda a confiança e o respeito que esta pessoa tinha por você.

Previa da capa de meu novo romance

O livro será publicado ainda no mês de agosto

Sinopse do livro

Nicholas não tinha qualquer intenção de namorar uma garota, pois tinha todas as mulheres que queria na hora que precisasse, mas tudo mudou a partir do momento em que ele viu aquela linda garota de cabelos ruivos naquela tarde.

Quando Nicholas viu aquela moça ele não teve dúvidas de que era a mesma garota que ele havia conhecido ainda na infância, mas ao abordá-la descobre que é outra pessoa, pois tem outro nome. Ela diz que nunca ouviu falar naquele nome e garante que não tem uma irmã gêmea.

Ele não aceita a hipótese de que está enganado apesar de todas as evidências dizerem o contrário. Mesmo sem o total apoio de Chloe ele começa uma investigação e acaba descobrindo a verdade. No entanto, o que parecia ser o fim é na verdade apenas o começo de uma série de descobertas sobre o verdadeiro passado de Chloe.

Em meio as descobertas sobre a vida de Chloe, Nicholas descobre que está totalmente apaixonado. Agora ele precisará provar que a ama de verdade e ainda terá que ajudá-la a desvendar todos os mistérios que fazem parte de seu passado.

previa da capa

 

6 dicas para encontrar emprego nas redes sociais

Se você segue usando as redes sociais apenas para saber de seus amigos e familiares, está perdendo uma grande oportunidade. Aproveite todo o potencial da internet para ampliar sua rede de contatos e buscar novos rumos profissionais.

Mas, atenção. Mais que estar nas redes sociais, você precisa cuidar de seus perfis. Aqui te damos 6 dicas para que não meter os pés pelas mãos e alcançar seu objetivo!

6 dicas para encontrar emprego nas redes sociais

1- Complete seu perfil. De nada adianta manter um perfil em determina rede social se o recrutador não consegue saber nada sobre você. Informe seus dados pessoais como nacionalidade, profissão, idade e e-mail de contato. Muito importante: todas as suas redes sociais devem estar em sintonia! Cuidado para manter a coerência entre as informações que constam em seus vários perfis e em seu currículo vitae. Não vá dizer em uma que é especialista em redes sociais, e em outra que

2- Capriche na foto. Prefira uma foto de perfil que pareça profissional e mostre bem seu rosto. Se for possível, busque um fotógrafo para fazer a sua do LinkedIn. Mesmo em redes como o Facebook, evite publicar fotos comprometedoras ou restrinja sua privacidade.

3- Faça uma limpeza no mural. Revise suas publicações em Facebook e Twitter e apague aquelas que possam ter um conteúdo agressivo, de cunho político ou – imagine! – falando mal de antigos chefes ou da empresa na qual você quer trabalhar. Ah! Não se esqueça de corrigir os erros gramaticais que possa ter cometido.

4- Produza conteúdo. Neste oceano de gente qualificada, você precisa mostrar seu conhecimento e se destacar. Se não quer ter seu próprio blog, opte por plataformas simples e eficientes como o Producer, do beBee, ou o Pulse, do LinkedIn. Ali seus textos terão visibilidade instantânea.

5- Use e abuse de palavras-chave. Observe nas redes sociais quais são as principais palavras relacionadas à profissão que você está buscando. Você pode analisar o perfil dos demais profissionais do setor. Certifique-se de incluí-las em seu perfil e de publicar conteúdo com este vocabulário. Você terá mais chances de ser encontrado pelos filtros dos headhunters.

6- Mexa-se! Entre em grupos profissionais no LinkedIn e colmeias no beBee. Procure as oportunidades disponíveis e se candidate. Mas, vá além e aproveite o melhor das redes sociais: faça contato com representantes de empresas que você admira, profissionais de recursos humanos e headhunters. A chave é fazer networking!

Texto disponibilizado por http://www.bebee.com/

Empréstimo Bradesco online

Empréstimo Pessoal Online

Encontrar o empréstimo sob medida para suas necessidades pode ser mais simples do que você imaginava. O Bradesco coloca à sua disposição uma linha exclusiva de empréstimos e financiamentos que pode ser contratada com apenas alguns cliques. Confira a seguir as opções de créditos online:

* Crédito Pessoal Online: linha de empréstimo exclusiva para correntistas do Banco
– Limite máximo de R$ 1.000
– Parcelas a partir de R$ 5
– Parcelamento em até 24 vezes
– Após a aprovação do crédito, o valor é depositado de imediato na conta-corrente do cliente
– Forma de contratação: através de Internet Banking

* Crédito Pessoal: linha de empréstimo destinado a pessoas físicas, universitários ou aposentados
– Não é necessário comprovar a finalidade do crédito
– Após a aprovação do crédito, o valor é depositado diretamente na conta corrente do cliente
– Pagamento em até 40 parcelas, debitadas automaticamente da conta
– Forma de contratação: pelo Internet Banking (empréstimo online)

LIMITE DE CRÉDITO PESSOAL: linha de empréstimo destinado a correntistas maiores de 18 anos, com limite pré-aprovado
– Parcelas a partir de R$ 5
– Pagamento em até 48 vezes,
– Pagamento mediante débito automático em conta-corrente
– Forma de contratação: pela internet, pelo celular, Fone Fácil ou nas máquinas de autoatendimento

Saiba agora mesmo qual a melhor linha de empréstimo para você: acesse o site do Bradesco e utilize o simulador online. Siga o seguinte procedimento: clique na opção “Simuladores Bradesco” na parte inferior da sua tela e siga as instruções. Você deve indicar o valor desejado, a data de pagamento da primeira prestação e o prazo. O resultado da simulação irá lhe o valor aproximado da parcela, a taxa de juros e o valor total financiado. Dessa forma, fica mais fácil escolher a alternativa que melhor se adapta ao seu orçamento.

Maiores informações podem ser obtidas através da Central de Crédito (0800 273 3486) ou com seu gerente de relacionamento. Obtenha seu crédito da forma mais simples e ágil: peça hoje mesmo um empréstimo online Bradesco e consiga realizar tudo aquilo que você sempre sonhou.

* O texto que você acabou de ler é um Artigo Patrocinado e foi fornecido por https://www.compareemcasa.com.br/

A desilusão da Copa e das Olimpíadas no Brasil

A desilusão da Copa e das Olimpíadas no Brasil é muito maior do que os benefícios que irão ficar para a posteridade

Quando o Brasil foi escolhido para sediar a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 isso foi motivo de muita alegria por parte de muitos brasileiros. Isso porque o Brasil foi sede da Copa do Mundo em 1950 e teria uma nova oportunidade para ganhar o título em casa. Pelas Olimpíadas porque depois de se candidatar a vaga por várias vezes finalmente o país foi escolhido como sede. Até aí tudo bem.

A desilusão da Copa e das Olimpíadas no Brasil

O problema é que o país não tinha condições de sediar uma Copa do Mundo e muito menos uma olimpíada.

Percebemos isso observando que a maioria dos estádios não ficaram prontos dentro do prazo estipulado pela FIFA sendo entregues muito próximo do início do evento e mais ainda porque muitas obras que deveriam ter sido entregues antes da Copa dois anos depois ainda não foram concluídas. Essas obras incluíam reformas em aeroportos, melhorias do tráfego urbano e novos sistemas de transporte. A maior prova disso é o VLT de Cuiabá que até hoje ainda não saiu do papel e não tem data para ser entregue.

Para sediar a Copa os Estados precisaram realizar empréstimos junto ao Governo Federal para fazer estádios e as demais obras. Hoje os estados estão passando por dificuldades financeiras, não apenas por causa da crise que o país enfrente, mas sim por ocasião da Copa do Mundo que já terminou dois anos atrás. O pior de tudo é que nem ao menos ganhar a Copa nossa seleção conseguiu, mas deu o maior vexame da história da seleção brasileira.

Com as Olimpíadas é a mesma coisa. O Estado do Rio de Janeiro está gastando o dinheiro que não tem para concluir todas as obras e mesmo assim corre o risco de não conseguir terminar tudo a tempo. A saúde e a segurança no estado está um caos por falta de investimentos e mesmo assim rios de dinheiro precisam ser destinados para que as obras possam ser concluídas.

Muitos atletas desistiram de participar das Olimpíadas no Rio por medo de doenças como a Zika Vírus e outros estão preocupados com a poluição das águas onde serão realizadas as provas aquáticas.

O pior de tudo é saber que o Estado ficará endividado depois que as Olimpíadas terminarem e não existe comprovação que depois de tudo terminado estas obras serão destinadas para outros fins beneficiando a população que tanto precisa de infra-estrutura e áreas de lazer. Espero que não se tornem em prejuízo como alguns estádios que foram construídos para a Copa do Mundo e que hoje a renda obtida não é suficiente nem ao menos para bancar a manutenção, quem dirá para pagar o valor que foi gasto em sua construção.

« Older posts