Administração e Sucesso

Assuntos sobre administração, economia, política, atualidades, educação, dicas para Word, Excel e muito mais

Como numerar páginas a partir da introdução: Word 2013

Aprenda aqui como numerar páginas a partir da introdução: Word 2013

Numerar as páginas de um trabalho acadêmico ou outro texto qualquer sem numerar as primeiras páginas é uma coisa que dá muita dor de cabeça para muita gente. Muitos não sabem como fazer isso. Uma prova é que os artigos com recordes de visualização aqui no Blog são os que tratam deste assunto.

Como numerar páginas a partir da introdução: Word 2013

Word 2013

A numeração de páginas no Word 2013 é basicamente igual ao Word 2010, o que muda é praticamente o visual do programa, mas a forma de fazer é a mesma.

Posicione o mouse na última linha da página anterior de onde pretende inserir a numeração. Agora no menu Layout de Página clique em Quebras e depois em Próxima Página. Agora que o documento foi dividido em duas partes clique no Cabeçalho da próxima página que é aquela que você pretende inserir a numeração. Com as ferramentas de Cabeçalho ativadas desmarque a opção Vincular ao Anterior de maneira que o cabeçalho seja desvinculado da página anterior. Isto supondo que a numeração será inserida no Cabeçalho, caso seja inserida no Rodapé o procedimento terá que ser realizado no Rodapé do documento. Ao desvincular o cabeçalho o Rodapé ainda continuará vinculado

Agora no menu inserir clique em Número de Página, escolha onde pretende inserir a numeração que pode ser no início da página conforme esta demonstração.

Novamente clique em Número de Página e depois em Formatar Números de Página, selecione a opção iniciar em e coloque o numero que pretende para a primeira página numerada, número 7, por exemplo. Depois clique em OK.

Agora clique duas vezes fora do Cabeçalho, a numeração não deve aparecer nas páginas anteriores. Nas próximas páginas a numeração deve ficar visível e em sequência, caso isso não aconteça é porque algo deu errado.

Para visualizar possíveis erros clique na opção mostrar tudo, assim você pode descobrir, por exemplo, se inseriu mais de uma quebra de página no documento. A cada quebra de página inserida a numeração será interrompida.

Veja aqui como numerar páginas no Word 2010

Como inserir música no PowerPoint

Aprenda aqui como inserir música no PowerPoint

Esta explicação é baseada no Microsoft PowerPoint 2010, se você utiliza uma versão diferente pode ser que existam maneiras diferentes de utilizar as mesmas funções. No entanto, as versões do PowerPoint costumam ser bastante parecidas.

Para inserir áudio, ou seja, uma música na sua apresentação do PowerPoint faça o seguinte. No Menu Inserir clique em Áudio, escolha a opção áudio do arquivo. Na caixa que abrirá escolha a música e clique em inserir.

Inserir música no powerpoint

Áudio no PowerPoint

Note que um ícone foi inserido na sua apresentação. Agora é preciso configurar a sua música. Com o ícone de som selecionado como na imagem abaixo, clique no Menu reprodução que ficou visível.

2

Escolha a maneira que você prefere que a música seja executada. Conforme a imagem a seguir escolha a opção Automaticamente, assim ao começar a apresentação a música será executada automaticamente. Se escolher a opção Ao Clicar, a música só será executada quando você der um clique no ícone e der play.

Se sua apresentação for muito grande a música pode ser executada novamente. Para isso marque a opção Repetir até parar. Assim ao terminar a música ela será iniciada novamente.
Conforme a imagem a seguir escolha o volume da música entre as opções baixo, médio e alto.

3

Para que o ícone da música não apareça durante a apresentação, marque a opção Ocultar durante a apresentação conforme vemos na imagem a seguir:

4

Pronto, a música foi inserida em sua apresentação.

Após digitar todo o texto e inserir todas as imagens você pode incrementar sua apresentação de slides ainda mais. Veja esta e outras explicações no e-book que acabei de publicar e que pode ser baixado gratuitamente aqui no Blog.

Clique no link a seguir e faça o download gratuito do e-book: Informática Básica: powerpoint, movie maker, picture manager e paint

E-book Informática Básica

E-book Informática Básica

Acabei de publicar meu 4º e-book com o título: Informática Básica: powerpoint, movie maker, picture manager e paint

Este e-book será disponibilizado gratuitamente, ou seja, qualquer pessoa poderá fazer o download desde que siga as instruções a seguir:

Clique na imagem a seguir, digite seus dados e clique em confirmar, após receber o e-mail no endereço cadastrado clique no link recebido para confirmar a sua inscrição. Após a confirmação você terá acesso ao link para baixar o e-book. Clique no link e depois faça o download. É totalmente grátis!

E-book Informática básica

Caso não consiga fazer o download entre em contato pelo e-mail: fragososergio@globomail.com

Não esqueça de curtir nossa página no Facebook

Governo modifica seguro desemprego outra vez

A Medida Provisória que estava em vigor desde o dia 28 de fevereiro já não está mais valendo.

Governo modifica seguro desemprego

Seguro desemprego

A Lei 13.134 sancionada pela presidente dita as novas regras para o acesso ao seguro desemprego.

A presidente vetou alguns pontos da Medida Provisória 665 que dificultou o acesso ao seguro desemprego. A princípio seria necessário ter 18 meses de trabalho consecutivo para ter direito ao benefício. Com a aprovação da nova regra agora é preciso ter 12 meses de trabalho consecutivo para ter direito ao primeiro pedido.

Para o segundo pedido era necessário ter no mínimo 12 meses de trabalho, o novo texto aprovado diz que agora é preciso ter apenas 9 meses de trabalho consecutivo.

Para o terceiro pedido é necessário ter pelo menos 6 meses de trabalho.

Anteriormente a medida provisória eram necessários 6 meses para qualquer pedido.

Entre a vigência da Medida Provisória e a sua sanção pela presidente muita gente pode ter ficado sem o benefício por causa das regras vigentes. Agora que as regras foram alteradas novamente o Governo estuda formas de verificar as pessoas que tiveram o pedido negado a fim de não prejudicá-las.

Aqueles que fizeram o pedido durante este período devem ficar atentos, pois mesmo que remota ainda existe a possibilidade de conseguir o benefício. O Governo estuda pagar de forma retroativa aqueles que tiveram o benefício negado.

O ajuste no seguro desemprego faz parte do ajuste fiscal do Governo, apenas com estas mudanças o Governo pretende conseguir uma economia de aproximadamente 15 bilhões por ano.

A questão é a seguinte, o Governo vai fazer uma grande economia, por outro lado muitos desempregados vão ficar sem o auxílio e consequentemente sem estes 15 bilhões para gastarem com supermercado, roupas, transporte, etc.

O resultado disso pode não ser muito favorável para a economia brasileira que já está mal das pernas.

Além do seguro-desemprego outros ajustes em benefícios salariais podem ser aplicados pelo Governo, vamos aguardar para ver no que isso vai dar.

Como pesquisar no Google?

Pode até parecer brincadeira o título como pesquisar no Google.

No entanto, mesmo que a maioria das pessoas saibam como utilizar a pesquisa, são poucos que utilizam todos os recursos que a pesquisa do Google oferece.

Como podemos ver a seguir pode-se pesquisar na Web, imagens, vídeos, livros, notícias, clicando em mais podemos pesquisar em mapas, shopping e aplicativos.  Para refinarmos nossa pesquisa basta selecionar um destes itens.

Como pesquisar no google?

Pesquisas no google

Podemos ainda refinar mais a nossa pesquisa, no último item clique em ferramentas de pesquisa, agora você pode escolher em pesquisar qualquer país ou apenas no Brasil. Em qualquer idioma ou apenas páginas em português. Em qualquer data ou escolher a última hora, última semana, último mês, último ano. Todos os resultados ou ao pé da letra. E por último você pode definir um local para ser pesquisado.

Ferramentas de pesquisa do google

Na pesquisa por imagens é a mesma coisa, escolha uma palavra a pesquisar, depois clique em ferramentas de pesquisa. Agora você pode escolher tamanho, cor, tipo, tempo e o mais importante de todos, direitos de uso. Você pode pesquisar imagens sem filtros de licença, marcadas para reutilização com modificação, marcadas para reutilização, marcadas para reutilização não comercial com modificação e marcadas para reutilização não comercial. Direitos de uso permite que você encontre imagens que podem ser utilizadas livremente sem a autorização do proprietário.

Pesquisa de imagens no google

Na hora de pesquisar vídeos faça a mesma coisa, clique em ferramentas de pesquisa e você poderá escolher apenas páginas em português, ou apenas no Brasil.  Vídeos curtos, médios ou longos. Data de publicação. Qualidade do vídeo. Com legenda ou todos. E por último qual é a fonte do vídeo.

Pesquisa de vídeos no google

Da mesma maneira a pesquisa por notícias pode ser refinada, a pesquisa por livros e aplicativos também.

Agora supondo que você tem filhos e quer impedir o acesso a conteúdo explicito e violento. Na opção configurações no canto superior à sua direita no ícone engrenagem clique em configurações de pesquisa e depois ative o SafeSearch. Ou selecione diretamente o ícone que aparece na engrenagem clicando em Ativar SafeSearch.

O problema deste recurso é que ele pode ser desativado a qualquer hora, se seu filho for esperto isso vai acontecer rapidamente.

Como bloquear conteúdo explicito no google

Pronto, viu como a pesquisa do Google tem muito mais coisa do que estamos acostumados a ver. Agora boas pesquisas.

Como economizar o consumo de dados móveis no celular

Atualmente com a popularidade dos smartphones qualquer pessoa pode ter acesso a internet. No entanto, com as novas regras impostas pelas operadoras após atingir o limite contratado você tem a conexão interrompida e para continuar acessando a internet precisa contratar um pacote adicional de dados.

Consumo de dados móveis

Wi-Fi

As operadoras não oferecem um controle de consumo diário, logo é praticamente impossível saber quanto você já gastou. A menos que você fique o tempo todo conferindo como está o seu uso de dados. No Android você pode entrar em Configurações/Uso de dados e conferir quanto você já gastou do plano contratado, porém o número não é exato.

Supondo que você tenha um plano de 500 MB, isso quer dizer que você pode gastar pouco mais de 16 MB por dia, ou seja, quase nada.

Agora vamos ver algumas coisas que você pode fazer para que sua internet dure o mês inteiro.

Você tem o costume de deixar seus filhos jogarem no seu celular? Então antes de fazer isso desative os dados móveis do celular. Os jogos pedem acesso à internet para compartilhar resultados, recordes, assistir vídeos. Tudo isso pode acabar com o seu plano de dados em poucas horas.

Quer baixar um jogo ou outro aplicativo? Nunca faça isso usando seu plano de dados, procure uma rede Wi-Fi para fazer o download.

Seus aplicativos possuem atualização disponível? Só faça a atualização quando tiver acesso a uma rede Wi-Fi. Mesmo assim fique de olho, se a rede Wi-Fi cair a atualização pode continuar usando seu plano de dados. Para garantir que isso não vai acontecer desligue os dados móveis.

Gosta de assistir vídeos no YouTube? Então não assista quando estiver utilizando seus dados móveis.

Gosta de ficar o tempo todo com o Facebook logado? Não faça isso, só entre no Facebook no máximo uma vez por dia e saia o mais rápido possível. O Facebook é um dos aplicativos que mais consomem seus dados.

Você recebe muito conteúdo no WhatsApp como vídeos, por exemplo. Deixe a curiosidade de lado, antes de abrir verifique quantos minutos tem o vídeo. Se o vídeo tiver mais de um minuto só abra quando estiver conectado a uma rede Wi-Fi.

Resumindo, infelizmente a única maneira de seu plano de dados durar o mês inteiro é não usufruindo do acesso a internet como você gostaria. Se você utilizar sem cautela é provável que fique desconectado antes de completar dez dias de uso.

Se você quer internet ilimitada o único jeito é contratando um plano que garanta este serviço, ou seja, pagando caro por isso.

Quanto custa publicar um e-book

Você sabe quanto custa publicar um e-book?

Vamos ver a seguir quais são os principais custos que você terá ao se tornar um autor independente.

Quanto custa publicar um e-book

E-book

Este artigo tem a intenção de mostrar os custos para aquelas pessoas que pretendem fazer um serviço mais profissional e publicar o e-book de maneira independente, ou seja, sem o intermédio de uma editora. Você também pode publicar através de uma editora e vender seu livro impresso, porém o custo será bem alto e ainda terá que convencê-los de que o seu livro tem chance de vendas.

Voltando ao nosso assunto. Tudo começa quando você tem o livro pronto, nesta hora você precisa decidir se quer publicar um e-book sem qualquer critério ou de acordo com as normas vigentes no Brasil. Se pretende publicá-lo de qualquer maneira é só fazer o texto, uma capa e disponibilizá-lo na internet. No entanto, se a intenção é ser mais profissional e ser reconhecido como autor a coisa é um pouco mais complicada.

Como disse anteriormente estamos falando de publicação independente, você é o autor e o editor. Para fazer um cadastro de editor na Agência Brasileira do ISBN siga as instruções do Manual do Editor e depois faça seu cadastro no site da Agência Brasileira do ISBN.

Na hora de fazer o cadastro de editor você já deve ter o livro pronto, pois é obrigatório publicar um livro no ato do cadastro. Você deverá enviar uma cópia do seu CPF e a folha de rosto do seu livro de acordo com as especificações contidas no site.

De acordo com a tabela vigente o cadastro de editor custa R$ 235,00, ao informar os dados do seu primeiro livro também terá que pagar o valor de R$ 16,00 pelo número do ISBN. O ISBN é um número que identifica o autor, editor e o livro e não existem dois números iguais. Toda vez que for publicar um livro você deve solicitar o número do ISBN, porém o cadastro de editor é feito uma única vez, ou seja, você irá pagar o valor apenas no ato do cadastro de editor.

Após o pagamento dentro de cinco dias úteis você receberá os dados do seu cadastro e o número do ISBN no e-mail cadastrado. Agora com os dados em mãos você já pode solicitar a ficha catalográfica para o seu e-book. A ficha catalográfica contém as principais informações do livro, porém muitos não colocam ela no livro. A menos que você seja um bibliotecário, caso contrário você terá que contratar o serviço de alguém para fazer a ficha. Uma ficha catalográfica custa em média R$ 100,00, podendo custar até mais do que isso. Lembrando que esta é uma atribuição exclusiva de um bibliotecário formado.

Mas para que tudo isso? Para que você seja mais profissional. Após concluir o seu e-book envie uma cópia no formato pdf salvo em CDrom para a Fundação Biblioteca Nacional, assim você cumpre a Lei Nacional do Depósito Legal e terá uma cópia do seu trabalho guardada na Fundação Biblioteca Nacional. Sem o cadastro de editor, o número do ISBN e o envio da cópia é como se o seu livro não existisse.

Estamos supondo que o seu livro já está pronto, porém você pode contratar um revisor para o seu texto, diagramação e elaboração da capa. Juntando todos estes custos o seu e-book vai ficar bastante caro. Porém, isso é opção sua. Se vai distribuir o e-book gratuitamente na internet ou não está confiante nas vendas talvez não seja interessante gastar tanto assim. Uma capa profissional custa em média R$ 500,00, uma revisão pode custar em média R$ 1,00 por lauda e diagramação em torno de R$ 2,00 por lauda. Se o livro for extenso pode custar caro.

Vamos supor que seu e-book tem apenas 100 páginas. Cadastro de editor R$ 235,00, ISBN R$ 16,00, Ficha catalográfica R$ 100,00, Diagramação R$ 200,00 e Revisão R$ 100,00. Total de R$ 651,00.

Lembrando que o cadastro de editor só é pago uma vez, logo seu segundo e-book custaria R$ 416,00. Considerando que você fez tudo, capa, diagramação e revisão por conta própria seu e-book sairia por R$ 351,00 na primeira vez e na publicação do segundo e-book sairia por apenas R$ 116,00.

Você pode reduzir os custos drasticamente fazendo tudo sozinho, porém algumas coisas não tem como fugir. Só lembrando que fazendo tudo sozinho você irá dar sua cara a tapa, o livro pode não ficar atraente ao público e os erros podem passar despercebidos.

Porém você pode publicar o seu e-book até mesmo sem cadastro de editor, sem ISBN e sem ficha catalográfica no site do Clube de Autores, porém se quiser vender em algumas livrarias vai precisar o ISBN e consequentemente do cadastro de editor. Outro detalhe, se você pretende lançar seu livro digital também no formato impresso o Clube de Autores vende por demanda, ou seja, você pode publicar o livro lá de graça. No entanto, o ISBN é único, ou seja, para o livro impresso você precisa pedir outro ISBN, outra ficha catalográfica e ainda precisa de um código de barras para colocar na capa do livro. Seu custo vai aumentar bastante. Um código de barras em formato PNG custa R$ 27,00.

Como vimos, publicar um livro digital (e-book) custa dinheiro mesmo que você decida pela publicação independente, isso sem levar em consideração as horas que você passou escrevendo, o computador que utiliza, internet, entre outras coisas que estão incluídas nos custos.

Agora que você já tem uma ideia de quanto custa publicar um e-book, mãos a obra.

WhatsApp: o exagero pode ser prejudicial

O WhatsApp é um aplicativo fantástico que permite a comunicação rápida entre as pessoas.

É possível enviar vídeos, fotos, notícias e agora até ligações podem ser feitas através do aplicativo. Alguns dizem que não vivem sem o WhatsApp, eu porém até pouco tempo não tinha o aplicativo e não penso desta maneira. O WhatsApp é sim muito bom, você pode tirar uma foto ou fazer um vídeo e enviá-lo rapidamente para todos os seu s contatos. Pode conversar com as pessoas mesmo estando em outras cidades, pode inclusive fazer pequenas discussões dentro de um grupo para decidir sobre determinados assuntos, como no trabalho, por exemplo.

WhatsApp

WhatsApp

Bom, já vimos as vantagens. Agora vamos ver os problemas do WhatsApp.

Existem pessoas que compartilham tudo o que vêem pela frente, logo se você é amigo de uma pessoa dessas e têm vários amigos iguais a este, fatalmente receberá uma enxurrada de mensagens diariamente. Dependendo do seu tempo você nem ao menos conseguirá ler todas as mensagens recebidas.

O aplicativo serve para troca de mensagens entre as pessoas que estão longe, porém muitos utilizam para conversar quando estão a poucos metros de distância, ou seja, substituem a conversa por mensagens.

Existem pessoas que não possuem controle, não podem ver a luz piscar que imediatamente precisam olhar e ler a mensagem recebida. Existem até mesmo empresas que estão reclamando do uso exagerado do WhatsApp, ou seja, as pessoas deixam o cliente esperando porque estão no WhatsApp. Ou ainda, enquanto fazem o atendimento continuam prestando atenção no aplicativo e lendo as mensagens. A empresa pode colocar isso dentro das regras e impedir que o funcionário utilize o celular durante o expediente, principalmente se afetar o desempenho da empresa.

O WhatsApp é uma ferramenta muito útil e como tudo nesta vida precisa ser utilizado com inteligência e cautela. Existem pessoas viciadas em WhatsApp, e isso realmente é um problema. Mas para aqueles que utilizem de maneira adequada não existe problema algum.

E você, tem controle sobre o uso do WhatsApp ou já ficou viciado no aplicativo?

Como inserir cabeçalho e rodapé

Veja aqui como inserir cabeçalho e rodapé no Word 2010

Principalmente quando vamos fazer um documento timbrado de uma empresa ou de um órgão público surge a necessidade de colocar um cabeçalho e um rodapé no documento. Isso é mais fácil do que parece e existem duas maneiras de se fazer.

A primeira maneira é dando dois cliques no cabeçalho do documento, ao dar dois clique as opções de cabeçalho aparecem automaticamente. A segunda opção é através do menu inserir clique em cabeçalho e conforme a figura abaixo escolha um dos modelos já existentes.

Como inserir cabeçalho e rodapé

Cabeçalho e rodapé

Caso você queira fazer um cabeçalho diferente dos modelos já existentes também é possível.

Escolha a primeira opção “Em Branco” após você pode usar sua criatividade para inserir o que preferir no cabeçalho.

Você pode digitar uma frase, colocar uma figura, colocar a logomarca de uma empresa para que apareça em todos os documentos impressos, etc.

Agora vamos supor que você está fazendo um documento e não quer que o cabeçalho apareça na primeira página, pois esta é a capa do trabalho. Note que ao inserir o cabeçalho em uma página automaticamente ele irá aparecer em todas as outras.

Para impedir que o cabeçalho apareça nas páginas indesejadas, vá até o final, última linha da página onde você não quer que apareça o cabeçalho, Menu Layout de Página, Quebras, Próxima Página.

Agora dê dois cliques no cabeçalho da próxima página que é onde você quer que o cabeçalho comece a aparecer.

Agora desmarque a opção Vincular ao anterior que está em destaque conforme na imagem a seguir, clique fora do cabeçalho e pronto, o cabeçalho não aparece mais na página anterior.

2

Da mesma maneira a explicação serve para o rodapé de um documento, basta clicar no rodapé e inserir os dados seguindo a mesma explicação.

Como utilizar pincel de formatação e realce do texto

Aprenda aqui como utilizar o pincel de formatação e realce do texto no Word 2010

A ferramenta Pincel de formatação serve para aplicar um estilo de formatação à outra parte do texto, ou seja, você não precisa repetir sempre o mesmo processo. Você pode copiar negrito, sublinhado, itálico, fonte, etc. Para utilizar o pincel de formatação selecione a parte do texto que pretende copiar a formatação, depois com o Mouse, no Menu Página Inicial clique em Pincel de formatação.

Note que o mouse ficou em forma de pincel, agora passe o mouse sobre o texto que pretende formatar, ou posicione o mouse à esquerda do texto até a seta aparecer e dê um clique. Se quiser formatar vários itens dê dois cliques sobre a ferramenta Pincel de formatação, assim ela continuará ativa, clicando apenas uma vez ela desaparece após a primeira utilização. Como podemos ver nas imagens abaixo:

Pincel de formatação e realce do texto

Pincel de formatação

pincel de formatação

Já o realce do texto é útil quando pretendemos destacar uma parte do texto, para uma posterior revisão, por exemplo. Selecione a parte do texto que pretende realçar, depois no Menu página inicial clique sobre a ferramenta conforme a imagem a seguir, escolha a cor do realce e clique sobre ela:

realce do texto

Quando quiser excluir o Realce, clique na opção sem cores, ou em interromper realce.

Curta nossa página no Facebook

Quer receber novidades, assine nossa lista de e-mail. Utilize o formulário na lateral do blog para fazer o cadastro.

« Older posts
%d blogueiros gostam disto: